É Nota 10! Descubra os sambas de enredo antológicos do carnaval capixaba

A lista reúne obras clássicas das agremiações e sambas que tiveram destaque após a retomada do Carnaval Capixaba, que ficou sem competição entre os anos de 1993 a 2001

Hoje o Carnaval Capixaba reúne 14 escolas de samba da Grande Vitória. Desde a retomada dos desfiles, que ficaram sem competição entre os anos de 1993 a 2001, sambas antológicos encantaram o Sambão do Povo. Sem esquecer os clássicos que deixaram seu “ziriguidum” no coração e na mente dos sambistas.

O Samba de Enredo é o único quesito avaliado em uma subdivisão: letra e melodia. Como o samba é uma representação musical do enredo, ele deve possuir riqueza poética e um perfeito entrosamento dos seus versos com os desenhos melódicos. Vários especialistas do gênero dizem inclusive que um grande samba é responsável por até 80% do sucesso do desfile. 

Além disso, o samba deve possuir uma harmonia musical que facilite o canto e a dança dos desfilantes, e claro, realizar um perfeito casamento com todos os segmentos da agremiação: comissão de frente, bateria e mestre-sala e porta bandeira. Tudo isso sem deixar de empolgar o público. Essa vibração pode resultar em duas coisas: um samba nota 10 e a briga pelo título do carnaval.

Para entrar no clima da folia, o Folha Vitória selecionou 10 sambas marcantes do Carnaval Capixaba. Confira a seleção e aproveite para treinar o “samba no pé”.

Top 10 do Carnaval Capixaba

 Novo Império (1978)
Enredo: “O Esplendor da Natureza”
Compositores: Edmar Barbosa Alcântara "Caranguejo" e Wilhiam Ribeiro Carneiro

Refrão
“Faço verso com as estrelas
Sob a luz do luar
Esperando o sol raiar para o dia clarear”

 Pega no Samba (1986/2007)
Enredo: “Tipos Populares de Vitória”
Compositores: Mário do Pega e Jorge Candotti

Refrão
“Quero ver pegar,
Oi, quero ver pegar
Maria Tomba Homem,
Camburão vai te levar”

 Boa Vista (2003)
Enredo: “360° - Vitória uma Viagem em Torno de Ti”
Compositores: Emerson Xumbrega e Cia.

Refrão
“Eu já pesquei
Meu marlin azul.
Da sua casquinha eu provei
Da torta eu gostei,
Por sua moqueca me apaixonei”

 Andaraí (2004)
Enredo: Mármore e granito - A força das Pedras no Espírito Santo
Compositores: Felipe Viana e João Vitor

Refrão
“Vou cantar, vou sonhar
Ver o fogo nascer
Minha pedra lascar
Pode crer”

 Unidos de Jucutuquara (2005)
Enredo: “Quem é você? As máscaras que ocultam também revelam”
Compositor: Ibis Bernardo

Refrão
“Quem é você quero saber
Me diz seu nome por favor
O baile está quase terminando
E com Jucutuquara vou bailando”

 Mocidade Unida da Glória (2005)
Enredo: Grécia: Uma Viagem ao templo dos deuses da mitologia"
Compositores: Dudu Xavier e João Pimenta

Refrão
“Vou sacudir esta cidade
Com a minha Mocidade
Vou com alegria
Vou botar grego no samba (BIS)
No templo da mitologia”

 Mocidade Unida da Glória (2006)
Enredo: ““Quente como o inferno, puro como um anjo, doce como o amor. Quem vai provar? Quem vai querer? Eu sou o Café e o meu banquete é para você”
Compositores: Renilson Rodrigues e Leko do Cavaco

Refrão:
“Bota água pra ferver
Essa noite eu brindo a você
Com o sabor do prazer
Um aroma de enlouquecer
Quem vem de longe já sabe o que é
É o meu café!”

 São Torquato (2012)
Enredo: “Simplesmente Rosa”
Compositores: Leley do Cavaco, Renilson Rodrigues e Gustavo Fernando

Refrão
“Voa minha águia e mostra a garra
Que a comunidade tem no coração
De asas abertas cobrindo o meu manto
O pavilhão vermelho e branco”

 Unidos da Piedade (2013)
Enredo: “Anauê, Anauê, Guanambi Amanajé nas Terras Abençoadas do Espírito Santo”
Compositores: Leley do Cavaco, Renilson Rodrigues e Gustavo Fernando

Refrão
“Voa beija-flor na imensidão
O Espírito Santo é a inspiração
Que ao seu olhar já encantou            
Traduz em versos à Piedade
Tanta beleza, que felicidade”

 Boa Vista (2014)
Enredo: “Teu cheiro me dá prazer... Boa Vista espalha o perfume no ar”
Compositores: Sidney Myngal, Bid do Cavaco, Emerson Xumbrega e Chanel Rigolon

Refrão
“Quem é que espalha o perfume no ar? Sou Eu
Quem é que faz o meu povo sambar? Sou Eu, Sou Eu
É a boa vista, o meu grande amor
A essência do samba chegou”

  Grandes Sambas do Carnaval Capixaba

São Torquato 
1988 – ‘Quimeras”
2012 – “Simplesmente Rosa’

Novo Império
2008 – ‘As bodas de Aranã”
2010 – “Das mãos que forjaram o passado aos cérebros que pensam o futuro: IFES - um Século de Excelência’
2016 –‘Sou Bantu, sou Kimbondo, sou Angola, sou Espírito Santo. Sou Quilombola!’

Boa Vista
2012 – ‘Vida em poesia...A Lira que é Lucinda”

Piedade
2009 – “Sete de Setembro - histórias e memórias da rua que virou samba”

Barreiros
2009 – “Guarapari, o paraíso é aqui”

Unidos de Jucutuquara
1989 – “Rei por um Dia”
1998 – “Retorno: carnaval e alegria estão de volta”
2007 – “Caparaó Capixaba, os encantos da Montanha Encantada
2009 – “Convento da Penha: o relicário de um povo
2014 - Oh, Bahia, ó

MUG
2009 – “Do eldorado Africano ao Berço Selvagem e Fascinante da Vila de São Matheus”
2010 – “Deixei de ser moderna para ser eterna... Brasília! Da profecia de Dom Bosco à realidade de JK”

Seleção Gustavo Fernando e Armando Chafik

Oferecimento