FORD ANUNCIA ACORDO COM TRABALHADORES DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

A negociação contempla um Plano de Demissão Incentivada (PDI), requalificação profissional, além de apoio psicológico aos trabalhadores.

 

A Ford anunciou hoje que foi aprovado o acordo coletivo, definido em conjunto com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, para os funcionários afetados pela decisão global da companhia de deixar de atuar no segmento de caminhões na América do Sul, com o consequente encerramento das operações de manufatura na fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

 

Esse foi o resultado de uma ampla e intensa negociação, que visou o melhor para os funcionários impactados por essa decisão. O acordo inclui os seguintes pontos: Plano de Demissão Incentivada (PDI), apoio psicológico, programa de requalificação profissional com cursos realizados em parceria com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e possível antecipação do encerramento das atividades de manufatura, a qual depende da negociação com um potencial comprador.

“Em um momento desafiador como este, a Ford e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC construíram, em conjunto, um resultado benéfico aos funcionários no aspecto econômico e social”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul. “Considero esse processo negocial como exemplar e manteremos de forma contínua o diálogo aberto com todos os envolvidos”.

A compensação financeira oferecida pela Ford será definida com base na combinação de condições empregatícias (mensalistas e horistas), tempo de trabalho e eventual contratação do funcionário por um potencial comprador da unidade de São Bernardo do Campo.

“Foram mais de 40 dias de luta. Durante todo esse tempo, dialogamos intensamente com a empresa, a sociedade e a matriz da Ford nos Estados Unidos”, disse Wagner Santana, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

“Nosso esforço foi incansável. Atingimos nosso objetivo com um acordo importante para os trabalhadores e uma proteção adicional, uma vez que essa negociação independe da venda da fábrica”, adicionou José Quixabeira de Anchieta (Paraíba), coordenador geral do SUR/CSE.

A Ford informa que as conversas com potenciais compradores da fábrica de São Bernardo do Campo continuam.

(434Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *