6/12/2011 às 18h39 - Atualizado em 6/12/2011 às 18h39

Unimed anuncia novo sistema de marcação de consultas pela Internet

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Divulgação
A Unimed Vitória anunciou, nesta terça-feira (6), novo sistema de marcação de consultas. A partir do próximo ano, clientes da cooperativa vão poder marcar suas consultas via Internet e também por uma central de telefone.

Por meio um de software já adquirido, o sistema vai integrar as agendas de médicos cooperados e clínicas credenciadas num único portal. Isso permitirá ao cliente que tiver que marcar uma consulta ir direto ao portal e verificar os médicos com agenda disponível, incluindo dias e horários. O objetivo é oferecer a ele mais opções de profissionais, num só lugar, ampliando as possibilidades e agilizando o atendimento.

O sistema permitirá ao cliente informar onde fica sua casa ou seu trabalho e, por meio de uma interligação com o Google Maps, ele poderá optar pelo consultório mais próximo com horário disponível. Ao final do agendamento, a ideia é que o cliente tenha em mãos o mapa do local onde a consulta foi agendada.

Para os clientes que não utilizam a internet, uma central telefônica poderá ser consultada para apresentar as mesmas possibilidades de agendamento. Segundo o diretor-presidente da Unimed Vitória, Márcio de Oliveira Almeida, o sistema de implantação será gradativo. O primeiro passo do sistema é o cadastramento dos dados de clientes, cooperados e clínicas. Inicialmente o trabalho estimulando a adesão dos médicos incluirá as especialidades que registram maior número de consultas como clínica geral, pediatria e ginecologia.

Serão realizadas campanhas de divulgação do agendamento online com os públicos interno e externo a fim de formar o banco de dados que será base para a nova ferramenta. Com o tempo, o objetivo da cooperativa é conseguir a inclusão da agenda da maior parte dos 2.229 médicos cooperados ao sistema.

“A internet pode trazer uma série de benefícios no que diz respeito à agilidade e à praticidade dos processos administrativos. São medidas positivas para clientes, cooperativa e médicos cooperados. Trata-se de uma mudança cultural e sabemos que é esse nosso desafio, mas os ganhos são muitos e justificam as mudanças”, afirma o diretor-presidente.

Segundo ele, já há serviços online oferecidos que podem agilizar e facilitar a vida do cliente. “Hoje, na maioria das vezes, o usuário precisa ir à loja de atendimento apenas para dar entrada no processo de autorização de uma cirurgia ou de requisição de material. Após essa etapa, é possível acompanhar pela internet o resultado do processo. Mas a maioria dos clientes continua procurando diretamente na loja de atendimento”, explica.

Outro serviço criado na área de agendamento é a confirmação de consultas por SMS. O serviço será utilizado para os agendamentos nas seis unidades ambulatoriais do Cias, que ficam localizadas em Laranjeiras, Vila Velha, Guarapari, Campo Grande e Vitória (Av. Leitão da Silva e Jardim da Penha). Além de auxiliar os clientes, a intenção da cooperativa é reduzir índice de faltas a consultas médicas. Em média, 30% dos pacientes agendados não comparecem à consulta, o que deixa o médico com tempo ocioso e limita a possibilidade de novos atendimentos. Para confirmar ou não a consulta, apenas será necessário responder gratuitamente o SMS com as letras “S” ou “N”, respectivamente.

A Unimed Vitória também se prepara para inaugurar uma nova loja para atendimento ao cliente. A partir do primeiro trimestre de 2012, clientes que precisarem buscar autorizações e realizar perícias vão contar com uma nova estrutura. Além das unidades localizadas na Avenida Nossa Senhora da Penha, em Vitória, e em Guarapari, será aberta uma loja na Avenida Dante Michelini, em Vitória, com equipe para atendimento presencial.

Em 2012, a linha de produtos da cooperativa também deve receber novos integrantes. A Unimed Vitória estuda a criação de um novo plano participativo nacional, com um diferencial: o cliente terá um valor limitado de co-participação. Caso ele precise utilizar serviços e procedimentos além desse valor, ele não terá que arcar com o excedente. “A ideia é permitir que o cliente tenha maior previsibilidade dos gastos com saúde no orçamento, mensalmente”, explica o diretor de Mercado da cooperativa, Luiz Carlos Paier.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014