8/2/2013 às 11h17 - Atualizado em 8/2/2013 às 12h21

Mais de 2 mil vagas de empregos temporários durante a Páscoa no Espírito Santo

Marcia Rodrigues
Redação Folha Vitória

DivulgaçãoA Páscoa ainda nem chegou, mas já movimenta o mercado de trabalho desde junho do ano passado, quando as empresas fabricantes de chocolates começaram as contratações para a área de produção. Até o dia 31 de março, quando se celebra a data, considerada uma das datas mais importantes para o comércio, a Páscoa será responsável pela abertura de 20 mil vagas temporárias entre a produção e a comercialização dos ovos de chocolate, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab). 

“Os trabalhadores temporários são importantes nessa época de grande aumento na demanda. Nesse período é preciso reforçar o trabalho desde a fabricação até a comercialização e exposição dos produtos nos pontos de venda,” afirma o diretor financeiro da Federação do Comércio do Espírito Santo (Fecomércio-ES), Marcus Magalhães. A previsão da entidade para este ano é de um crescimento em torno de 6% no volume de negócios. Em 2012, a produção nacional de ovos de Páscoa chegou a 18 mil toneladas, sendo que o Brasil é o terceiro maior produtor de chocolates do mundo e também o quarto maior consumidor.

No Espírito Santo, cerca de 2.000 postos de trabalho temporário, diretos e indiretos, deverão ser abertos em função da movimentação provocada pela Páscoa na indústria, no comércio e nos serviços, estimam os coordenadores locais do Sistema nacional de Emprego (Sine). Algumas das empresas que já estão contratando via Sine são o supermercado Carone, a Chocolates Garoto, o supermercado Extrabom, as Lojas Americanas, o supermercado Epa e a Cacau Show.

Jadir Péla, secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (Sectti), destaca a importância da data para o mercado de trabalho. “Assim como para as festas de fim de ano, a Páscoa demanda mão-de-obra para o setor produtivo, bem como o de serviços. Este ano estima-se que deverão ser abertos cerca de 2.000 mil postos de trabalho diretos e indiretos via Sine. É um momento importante para a economia, devido a esse aumento das contratações e das vendas que se acentuam, injetando mais dinheiro na economia. Além disso, o trabalho temporário pode ser a porta de entrada para uma contratação efetiva por parte das empresas”.

De acordo com o Sine, os interessados em encontrar uma vaga temporária nessa época podem pesquisar e se candidatar através dos sites www.maisemprego.mte.gov.brwww.es.gov.br ou em qualquer uma das agências do trabalhador mantidas pelo Sistema. A outra alternativa é enviar os currículos diretamente para as empresas.

Somente na Chocolates Garoto, maior empregadora do Estado nesse período, estão abertas mais de cinco mil vagas temporárias em todo o Brasil para colaboradores que queiram atuar como impulsionadores de vendas. Das vagas oferecidas, 200 são para o Espírito Santo. Para concorrer à oportunidade, é preciso ter habilidade para negociação com varejistas, divulgação de produtos e abordagem ao consumidor. Os candidatos também precisam ter o ensino médio completo e idade a partir de 18 anos e já ter atuado na função de impulsionador em ponto de venda será considerado um diferencial. A primeira do processo seletivo é uma triagem dos currículos; sendo pré-selecionado, o candidato passará posteriormente por uma entrevista presencial e dinâmicas de grupo. As inscrições podem ser feitas enviando currículo com o assunto “Garoto/Páscoa – ES” para o e-mail: pascoagaroto2013@cafecomunicacao.com.br. Após a última etapa do processo, a Café Comunicação, empresa encarregada da seleção de candidatos, fará contato com os selecionados. A remuneração inclui salário fixo é compatível com o mercado, alimentação e transporte.  Mais informações no telefone (27) 3319-2768.   

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014