23 fev 2014

Confira as galerias de fotos dos desfiles e vote na escola que merece o título de campeã do Carnaval de Vitória

Publicado às 6:59 | Postado por Daniela Künsch

Foram três dias de desfiles das escolas de samba do Espírito Santo e agora chegou a hora de votar e escolher qual agremiação merece o título de campeã do Carnaval de Vitória 2014. Na quinta-feira (20), as escolas do Grupo Acesso e a Chega Mais, agremiação convidada, deram início à folia. Chegou o Que Faltava, Rosas de Ouro e Tradição Serrana entraram na briga pela disputa por uma vaga no Grupo Especial B. Na sexta-feira (21) foi a vez de Barreiros, Andaraí, Imperatriz do Forte, São Torquato e Novo Império brigarem pelo título do Grupo Especial B na avenida. Neste sábado (22), Unidos de Jucutuquara, Piedade, Boa Vista, Pega no Samba e MUG entraram na passarela do samba dispostas a se tornarem campeãs do Carnaval Capixaba.

Confira abaixo todos detalhes dos desfiles de cada escola e vote nas suas favoritas:

Qual escola fez bonito na avenida e merece subir para o Grupo B?

    Resultados não disponíveis

Total de votantes: 1.154

Qual escola deve subir para o Grupo A do Carnaval de Vitória?

    Resultados não disponíveis

Total de votantes: 1.994

Qual escola merece o título de grande campeã do carnaval capixaba?

    Resultados não disponíveis

Total de votantes: 3.398

GRUPO ESPECIAL – A 

Jucutuquara leva luxo e grandiosidade na abertura dos desfiles do Grupo Especial

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Jucutuquara. Clique aqui.

Com muito brilho, luxo e glamour, a escola de samba Unidos de Jucutuquara deu início ao primeiro dia de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Carnaval de Vitória na noite deste sábado (22).

Com mais de dois mil componentes, a agremiação levou para a avenida o enredo “Oh Bahia Ó”, e contou a história e as lendas da cultura baiana.

A verde, vermelho e branco abusou do luxo e da perfeição nas fantasias. Os cinco carros alegóricos apresentados no desfile chamaram a atenção pela grandiosidade das esculturas e pela riqueza de detalhes.

A escola entrou na avenida empolgando o público já na sua comissão de frente. A animação das arquibancadas continuou durante o passeio da Jucutuquara pela avenida. Mas os foliões foram ao delírio quando a bateria entrou em ação.

Os ritmistas protagonizaram uma roda de capoeira em plena avenida, levantando o público nas arquibancadas e nos camarotes. Destaque para a rainha Tatiana Paysan, que esbanjou simpatia e deu um show à parte em pleno sambódromo.

Além do luxo, a escola apostou em efeitos especiais. No segundo carro alegórico, várias esculturas representavam as baianas preparando os quitutes da culinária local. Um caldeirão chegou a espalhar fumaça pela avenida.

O final da apresentação ficou por conta da ala das baianas, que simbolizavam em suas fantasias a devoção e as oferendas para Iemanjá, um dos principais símbolos da religiosidade da Bahia.

Devido ao grande número de componentes, em determinados momentos a escola precisou correr para não ultrapassar o tempo máximo de desfile e, consequentemente, perder pontos preciosos que podem fazer a diferença no resultado final.

 Sem Campos e debaixo de chuva, Piedade leva o sertão para a avenida

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Piedade. Clique aqui.

Foi debaixo de chuva que a escola de samba Unidos de Piedade entrou na avenida na madrugada deste domingo (23) para cantar o enredo “Do agreste do sertão de Gonzaga à Lampião – Pernambuco – Histórias de luta, do frevo e do São João”.

Mesmo com a chuva, a tradicional escola da Capital não desanimou e empolgou o público com a mistura de samba, frevo e danças típicas do estado pernambucano.

O governador Eduardo Campos, que era esperado pela comunidade para participar do desfile, acabou não aparecendo e desfalcando a agremiação, que esperava tê-lo em um dos carros alegóricos.

Embora não tenha trazido um desfile luxuoso, a Piedade fez uma apresentação emocionante, com fantasias caprichadas e riquezas nos detalhes. A ala representando os moradores do sertão emocionou o público presente nas arquibancadas.

Outro ponto alto da apresentação foi a coreografia e a paradinha da bateria. Embalados pelos ritmos do estado do nordeste, os componentes da bateria conseguiram arrancar aplausos daqueles que acompanhavam o carnaval.

Durante todo o desfile, a escola trouxe para a avenida vários personagens da cultura pernambucana, entre eles, Luiz Gonzaga e Lampião. As cidades de Petrolina e Juazeiro também foram lembradas no enredo.

A chuva deu uma trégua e a Piedade seguiu seu desfile com muito colorido e emoção. A apresentação foi encerrada com um carro alegórico simbolizando o frevo, tradicional ritmo daquele estado.

Ao todo, a escola levou para a avenida mais de 1,6 mil integrantes entre 21 alas e quatro carros alegóricos.

Viviane Araújo rouba a cena e leva público ao delírio durante desfile da Boa Vista

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Boa Vista. Clique aqui.

Espalhando perfume na avenida, a escola de samba Boa Vista levou ao delírio os foliões que estavam presentes na arquibancada e nos camarotes. Principalmente durante a passagem da rainha de bateria do Salgueiro, Viviane Araújo. Vestida com uma roupa dourada, a musa carioca não deixou ninguém parado e foi aplaudida de pé em todo o percurso no sambódromo capixaba na madrugada deste domingo.

O tema escolhido pela única escola de Cariacica foi “Teu Cheiro me dá prazer… Boa Vista espalha o perfume no ar”. A Boa Vista cumpriu a promessa e desfilou como um das favoritas ao título.

Ao todo, foram mais de 1,6 mil componentes e quatro carros alegóricos para contar um pouco sobre a magia do perfume. Para isso, a azul, vermelho e branco fez um passeio na história, passando pela criação do universo, Egito e até chegar ao Brasil.

Um dos carros da escola com efeito especial lançou perfume durante toda a sua passagem pelo Sambão do Povo. O cheiro de perfume exalou por toda a passarela do samba.

A Boa Vista abusou do colorido das fantasias, que, embora sem muito luxo, estavam muito bonitas e criativas. A escola também mostrou ousadia ao desfilar com carros alegóricos de grande porte.

A bateria foi um dos destaques do desfile. Com uma “paradinha” mais demorada, a plateia foi convidada a interagir com os ritmistas e o intérprete Emerson Xumbrega.

Além da musa Viviane Araújo, que esbanjou simpatia na sua apresentação, a Boa Vista trouxe entre os componentes a atriz Elisa Lucinda, que, apesar de morar no Rio de Janeiro, foi criada no município e não esconde seu amor pela escola cariaciquense.

Mistura de samba e rock durante desfile da Pega no Samba

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Pega no Samba. Clique aqui.

A chuva que tinha dado uma trégua na madrugada deste domingo (23) voltou a atingir o Sambão do Povo durante o desfile da escola Pega no Samba, que entrou na avenida para contar os 50 anos do surgimento dos Beatles.

O enredo escolhido foi “Festa, Samba e Rock’n Roll: Uma viagem de Liverpool a Vitória, 50 anos de Beatles”. E durante seu desfile, mesmo com a chuva, os componentes não desanimaram e mostraram muito samba no pé.

Com muita criatividade, a Pega no Samba esbanjou criatividade na composição das suas fantasias. Logo na comissão de frente, o público foi presenteado com uma bela apresentação.

Uma caixa de música percorreu toda a avenida e dentro dela vários integrantes que representavam os Beatles, a banda que marcou uma geração e que até hoje continua sendo lembrada pelos fãs.

Ao todo, foram quatro carros alegóricos. Um deles trouxe uma réplica de um fusca e uma motocicleta, veículos que faziam parte da geração rock’n roll.

O ritmo que embalou uma geração se misturou ao samba e contagiou o público que estava presente nas arquibancadas. A apresentação contou com vários símbolos que lembravam a época do grupo de Liverpool. O desfile foi encerrado com um carro onde os destaques faziam acrobacia em plena avenida.

A escola do bairro Consolação levou para o sambódromo mais de 1,5 mil componentes, divididos em 23 alas.

Luxo e sofisticação deixam a MUG como favorita ao título de bicampeã

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da MUG. Clique aqui.

Já eram quase 7 horas da manhã quando a escola de Samba Mocidade Unida da Glória (MUG) encerrou os desfiles do Carnaval de Vitória na manhã deste domingo. Com o luxo nas fantasias e grandiosidade das alegorias, a agremiação do município da Vila Velha é uma das fortes candidatas ao título de bicampeã.

Atual campeã do carnaval capixaba, a MUG não poupou luxo e sofisticação para apresentar o enredo “Tapetes – Do paraíso mágico ao santuário da Fé: Castelo”. Foram aproximadamente 2,2 mil componentes que cantaram o enredo na ponta da língua e sambaram com muita disposição, mesmo com o dia já claro.

Logo no carro abre-alas, a MUG já mostrou sua grandiosidade com dois carros acoplados e esculturas sofisticadas. As cores vermelho e branco fizeram parte da maioria das fantasias.

Os tapetes voadores, uma das atrações mais esperadas pelo público, vieram representados em um imenso carro alegórico. Com uma mistura de simplicidade e sofisticação a agremiação foi bastante aplaudida durante sua apresentação.

Ao todo, foram cinco carros alegóricos. No terceiro, que representava os tapetes mágicos, a ex-panicat e ex-Garota Ensaio Aryane Steinkopf surgiu como um dos destaques da alegoria.

O novo casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, que estreou este ano na escola, chamou atenção pelo bailado na avenida e pela riqueza da fantasia, cheia de plumas e brilho.

A arquibancada sacudiu com a passagem da bateria da MUG. A rainha Fernanda Figueiredo esbanjou simpatia e charme à frente dos ritmistas.

GRUPO ESPECIAL – B

Barreiros abre segundo dia de desfiles no sambódromo

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Barreiros. Clique aqui.

Foi cantando o amor de mãe e filho que a Unidos de Barreiros entrou na avenida e abriu o segundo dia dos desfiles das escolas de samba do Carnaval de Vitória na noite desta sexta-feira (21). A escola apresentou o enredo “Amor de mãe para filho, por toda a eternidade” e contagiou o público que estava presente na arquibancada.

A agremiação do bairro São Cristovão inovou e trouxe para a avenida a ala das baianas e o casal de mestre-sala e porta-bandeira à frente do carro abre-alas.

Logo no início da apresentação, por problemas técnicos, alguns holofotes foram desligados. No entanto, nem por isso a escola desanimou e continuou com seu brilho na avenida. Somente com quase 30 minutos de apresentação as luzes voltaram ao normal.

Ao todo, foram três carros alegóricos que chamaram atenção pelo tamanho. O primeiro deles, com muitos destaques e pouca roupa.

Para contar o enredo sobre o amor maternal, a Barreiros caprichou nas fantasias e deu um colorido especial no sambódromo.

Destaque ainda para a rainha de bateria, Fabíola Monteiro, escolhida pelos leitores do Folha Vitória como a mais bonita do Carnaval Capixaba, que deu show de simpatia e sensualidade à frente dos ritmistas. O público, claro, aprovou sua evolução e a aplaudiu durante sua passagem pelos camarotes e arquibancadas.

Andaraí desvenda os mistérios da magia na avenida

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Andaraí. Clique aqui.

Com vários personagens místicos, a escola de samba Andaraí entrou na avenida com o enredo “Misticismo, Sentimento, Fé ou fascinação? Andaraí desvenda os mistérios da Magia”. A agremiação foi a segunda a desfilar na madrugada deste sábado, durante o Carnaval de Vitória.

A verde e rosa do bairro Santa Martha entrou na avenida com quatro carros alegóricos, 21 alas e cerca de 1,5 mil componetes. O grande número de componentes deixou o desfile lento.

Apesar desse problema, os integrantes esbanjaram empolgação e samba no pé. No primeiro carro alegórico, a Andaraí trouxe vários símbolos da cultura africana.

Destaque também para o luxo das fastasias do casal de mestre-sala e porta-bandeira. Os dois evoluíram na passarela do samba e encantaram o público que acompanhava nas arquibancadas e nos camarotes.

Outro quesito que chamou atenção foi a bateria. Com bastante empolgação, os ritmistas brilharam ao lados das rainhas e musas. Uma passista mirim roubou a cena e mostrou que apesar da idade tinha samba no pé de gente grande.

Com muito verde e rosa, tradicionais cores da escola, a agremiação mostrou em um dos seus carros a história de Adão e Eva, com dois destaques seminus.

A Andaraí encerrou seu desfile com uma ala dos amigos da escola.

Verde e rosa da Imperatriz do Forte colore o sambódromo capixaba

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Imperatriz do Forte. Clique aqui.

Com mais de dois mil componentes, a escola de samba Imperatriz do Forte coloriu de verde e rosa o sambódromo durante o segundo dia dos desfiles do Carnaval de Vitória na madrugada deste sábado. A agremiação apresentou o enredo “Aduanas: Tudo para o Rei, tudo para o Estado, tudo pela Nação”.

A escola do Morro do Romão contagiou o público que estava na arquibancada com seu enredo e trouxe para a avenida grandes carros alegóricos.

Logo na comissão de frente, a agremiação lembrou com bastante criatividade a chegada dos portugueses e, consequentemente, a exploração econômica.

O abre alas, por exemplo, apresentou esculturas trabalhadas e muitos destaques, que, apesar da altura, deixaram o medo de lado e mostraram muito samba no pé.

O verde e rosa, cores marcantes da escola, estava presente na maioria das fantasias, como na ala das baianas e na roupa do casal de mestre-sala e porta-bandeira. O casal, que deixou a Mocidade Unida na Glória (MUG) no ano passado, estreou pela Imperatriz esbanjando simpatia. O público aplaudiu de pé toda a apresentação dos bailarinos.

Um dos pontos marcantes do desfile foi a paradinha da bateria. As beldades à frente dos ritmistas também abusaram do brilho, plumas e samba no pé.

A Imperatriz encerrou sua apresentação com uma ala cheia de crianças e destaques da comunidade no último carro.

São Torquato vence dificuldades para contar as belezas do Espírito Santo

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da São Torquato. Clique aqui.

A escola de samba Independentes de São Torquato enfrentou dificuldades financeiras, mas conseguiu preparar seu desfile e participou do segundo dia do Carnaval de Vitória na madrugada deste sábado.

O enredo foi “Onze Portais Sagrados, divina morada da alegria. Caparaó Capixaba em São Torquato é essência de nossa energia”.

Foi com esse tema que a escola fez uma verdadeira viagem aos municípios capixabas, passando por rios e montanhas até chegar a São Torquato, berço da agremiação vermelho de branco de Vila Velha.

Durante o desfile, os capixabas puderam conhecer um pouco da história do Espírito Santo por meio da “obra de arte da mãe natureza”. Além disso, as fantasias também representavam as matas do Caparaó e a tradição dos índios Puris.

Ao todo, a São Torquato entrou com três carros alegóricos e mais de mil componentes. O abre-alas, em formato de águia, símbolo da escola, apresentou problema durante sua evolução.

Apesar do problema, isso não foi motivo para desanimar. Os integrantes cantaram na ponta da língua o enredo, mas não chegaram a empolgar o público na arquibancada e dos camarotes.

O ponto alto da escola foi a apresentação da bateria, com paradinhas e coreografias. A rainha Eryka Corteletti também chamou atenção com sua coreografia e simpatia.

Além de plumas e penas, a escola de Vila Velha utilizou muita palha nas suas fantasias.

Uma ala formada com a velha guarda da escola encerrou o desfile da penúltima escola do dia.

Novo Império encerra desfiles do Grupo B com homenagem a Chacrinha

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da Novo Império. Clique aqui.

Já eram quase cinco horas da madrugada deste sábado (22) quando a escola de samba Novo Império encerrou seu desfile no sambódromo no segundo dia do Carnaval de Vitória. Mesmo com o horário avançado, os integrantes não desanimaram e mostraram muita animação na avenida.

A escola apresentou o enredo “Se a arte imita a vida, como uma máscara eu posso sonhar, assistam o que uma comédia pode causar” e contou a trajetória de personagens do cinema e da televisão.

Entre os homenageados estava o apresentador de TV Chacrinha. A homenagem veio no terceiro carro da escola, com uma escultura representando o velho guerreiro. Na alegoria, vários abacaxis para lembrar o “troféu” que ele entregava aos calouros reprovados no programa.

Embora não tenha empolgado o público, a escola do bairro Caratoíra deixou a avenida como uma das favoritas para subir para o Grupo Especial do Carnaval de Vitória.

Entre os destaques da escola, a bateria nota 10, que embalou o samba enredo e arrancou aplausos, principalmente nas suas paradinhas. A rainha também abusou do brilho e das plumas na sua fantasia.

GRUPO DE ACESSO 

Nas ondas do rádio, Chega Mais abriu primeiro dia de desfiles com homenagem a Jairo Maia

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Chega Mais. Clique aqui.

A escola de samba Chega Mais abriu o primeiro dia de desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória nesta quinta-feira (20). A agremiação do Morro do Quadro entrou na passarela do samba por volta das 21h30 contando a história do rádio no Brasil.

Mesmo com fantasias simples e sem muito luxo, os foliões esbanjaram simpatia e mostraram que estavam com o samba na ponta da língua. O público compareceu e a maior parte das arquibancadas ficou lotada de foliões que curtem a folia de graça.

Ao todo, a escola entrou na avenida com três carros alegóricos para contar a história de grandes nomes do rádio brasileiro. O radialista Jairo Maia foi um dos homenageados pela agremiação azul e branco.

Além do capixaba, a segunda alegoria trouxe como destaque um morador da comunidade que representava o ex-presidente da República Epitácio Pessoa, que fez a primeira transmissão radiofônica no Brasil.

A Chega Mais coloriu o sambódromo com muitas fantasias nas cores verde e amarelo. Uma ala formada por crianças fantasiadas de anjos e representando Nossa Senhora Aparecida emocionou quem acompanhou a apresentação dos camarotes e arquibancadas.

Apesar da animação e da disposição, a escola desfilou apenas como convidada e não vai disputar o título do carnaval do Grupo de Acesso.

Chegou o que Faltava canta o “sonho de ser campeã”

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Chegou o Que Faltava. Clique aqui.

Segunda escola a entrar no corredor da folia durante o primeiro dia dos desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória, a Chegou o que Faltava animou o público que estava nas arquibancadas com o enredo “Joga-se Búzios, Cartas e Tarô. Traz seu amor de volta em 5 dias”.

A agremiação da Grande Goiabeiras entrou na avenida cantando o “sonho de ser campeã” do carnaval capixaba e retornar ao grupo de elite. Logo na comissão de frente, a escola trouxe para a avenida bastante equilíbrio, já que os integrantes faziam o balé em cima de pernas de pau.

E, se o jogo começou para a Chegou o que Faltava, a agremiação mostrou que entrou na avenida para ganhar, abusando das cores, da animação e do samba na ponta do pé.

Um dos destaques do desfile foi o carro abre-alas, que trouxe mulheres vestidas de noivas para mostrar que com a ajuda do tarô e dos búzios é possível trazer o grande amor em 5 dias, como diz a letra do enredo.

Ao todo, foram três carros alegóricos. No segundo, os destaques surgiram vestidos de bruxa, representando a magia para conquistar uma vaga no Grupo B.

Logo atrás veio uma ala cheia de crianças vestidas de duendes para simbolizar o jardim de magia e buscar sorte e afastar o azar na avenida.

A escola encerrou seu desfile com a promessa de levantar o troféu de campeã do Grupo de Acesso. Destaque para a bateria que contagiou o folião que acompanhou cada batida dos ritmistas. Toda a apresentação durou 47 minutos.

Rosas de Ouro esbanja romantismo na avenida

0627932001392953967

Veja a galeria de fotos da escola de samba Rosas de Ouro. Clique aqui.

A escola de samba Rosas de Ouro foi a terceira a entrar no sambódromo capixaba no primeiro dia dos desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória. A agremiação do bairro Serra Dourada IV fez sua apresentação com o enredo “Entre todas as Rosas a mais Bela Sou Eu” e conseguiu animar o público que estava na arquibancada.

Tradicional escola da Serra, a Rosas de Ouro logo no início mostrou na comissão de frente o bailado dos integrantes que representavam os primeiros imigrantes que chegaram ao Brasil.

Além de muito amor, a Rosa de Ouros abusou das cores nas fantasias, que embora simples, mostraram muita criatividade do carnavalesco para representar o enredo na avenida.

A animação dos integrantes não tinha limites. Durante a passagem da bateria, um dos foliões esbanjou simpatia e animação ao desfilar em uma cadeira de rodas.

Com uma fantasia com muito brilho, o casal de mestre-sala e porta-bandeira foi bastante elogiado na avenida. No entanto, os dois devem perder importantes pontos por problemas na fantasia. A evolução deles foi prejudicada após ele ter que parar a evolução para arrumar a bota que caiu. A alegoria da cabeça da porta-bandeira também não resistiu e precisou ser recolocada com a ajuda do pessoal da harmonia.

Ao todo, foram três carros alegóricos. O último que encerrou a apresentação foi marcado pela beleza das rainhas da polenta, que vieram direto do município de Venda Nova do Imigrante, região serrana do Espírito Santo.

O enredo homenageou ainda a carnavalesca Rosa Magalhães, do Rio de Janeiro. “Rosa com sua arte fez uma nação feliz”, diz parte do enredo para lembrar a conquista do tricampeonato para a escola de samba Imperatriz Leopoldinense.

Tradição Serrana encerra desfiles do Grupo de Acesso

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Tradição Serrana. Clique aqui.

Depois de quase 40 minutos de apagão no Sambão do Povo, a escola de samba Tradição Serrana encerrou o primeiro dia de desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória 2014. Com muita alegria e irreverência, a agremiação entrou na avenida para relembrar os antigos carnavais de Vitória.

A comissão de frente encantou o público com os integrantes vestidos de palhaço e fazendo brincadeiras em plena avenida.

Para contar a saudosa folia nas ruas da Capital, a Tradição Serrana não poupou animação entre os foliões, que cantaram o samba-enredo na ponta da língua.

E mesmo passando de 1 hora da madrugada, a animação era grande e o público só foi embora após a escola encerrar sua apresentação.

Um dos destaques da escola foi a rainha de bateria. Ela evoluiu no corredor da folia, esbanjando simpatia e interagindo com os ritmistas.

A escola entrou com apenas dois carros alegóricos. Entre eles, um que representava os carnavais realizados no Centro de Vitória. Uma réplica do relógio da Praça Oito foi levada para avenida pela escola, que terminou sua passagem pouco antes das 2 horas da madrugada.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
21 fev 2014

Qual escola fez bonito na avenida na noite desta quinta-feira e merece subir para o Grupo B?

Publicado às 2:02 | Postado por Daniela Künsch

Quatro escolas abriram os desfiles do Carnaval de Vitória na noite desta quinta-feira. Três agremiações lutam por uma vaga no Grupo B. São elas: Chegou o que Faltava, Rosas de Ouro e Tradição Serrana. Confira os destaques de cada escola, confira as galerias de fotos e vote na sua preferida!

Qual escola fez bonito na avenida e merece subir para o Grupo B?

    Resultados não disponíveis

Total de votantes: 1.154

Carnaval de Vitória 2014: Nas ondas do rádio, Chega Mais abre primeiro dia de desfiles com homenagem a Jairo Maia

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Chega Mais. Clique aqui.

A escola de samba Chega Mais abriu o primeiro dia de desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória nesta quinta-feira (20). A agremiação do Morro do Quadro entrou na passarela do samba por volta das 21h30 contando a história do rádio no Brasil. Mesmo com fantasias simples e sem muito luxo, os foliões esbanjaram simpatia e mostraram que estavam com o samba na ponta da língua. O público compareceu e a maior parte das arquibancadas ficou lotada de foliões que curtem a folia de graça.

Ao todo, a escola entrou na avenida com três carros alegóricos para contar a história de grandes nomes do rádio brasileiro. O radialista Jairo Maia foi um dos homenageados pela agremiação azul e branco.

Carnaval de Vitória 2014: Chegou o que Faltava canta o “sonho de ser campeã”

 

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Chegou o Que Faltava. Clique aqui.

Segunda escola a entrar no corredor da folia durante o primeiro dia dos desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória, a Chegou o que Faltava animou o público que estava nas arquibancadas com o enredo “Joga-se Búzios, Cartas e Tarô. Traz seu amor de volta em 5 dias”.

A agremiação da Grande Goiabeiras entrou na avenida cantando o “sonho de ser campeã” do carnaval capixaba e retornar ao grupo de elite. Logo na comissão de frente, a escola trouxe para a avenida bastante equilíbrio, já que os integrantes faziam o balé em cima de pernas de pau.

Carnaval de Vitória: Rosas de Ouro esbanja romantismo na avenida

0627932001392953967

Veja a galeria de fotos da escola de samba Rosas de Ouro primeiro dia do Vitória Folia. Clique aqui.

A escola de samba Rosas de Ouro foi a terceira a entrar no sambódromo capixaba no primeiro dia dos desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória. A agremiação do bairro Serra Dourada IV fez sua apresentação com o enredo “Entre todas as Rosas a mais Bela Sou Eu” e conseguiu animar o público que estava na arquibancada.

Tradicional escola da Serra, a Rosas de Ouro logo no início mostrou na comissão de frente o bailado dos integrantes que representavam os primeiros imigrantes que chegaram ao Brasil. Além de muito amor, a Rosa de Ouros abusou das cores nas fantasias, que embora simples, mostraram muita criatividade do carnavalesco para representar o enredo na avenida.

Carnaval de Vitória 2014: Tradição Serrana encerra desfiles do Grupo de Acesso

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Tradição Serrana. Clique aqui.

Depois de quase 40 minutos de apagão no Sambão do Povo, a escola de samba Tradição Serrana encerrou o primeiro dia de desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória 2014. Com muita alegria e irreverência, a agremiação entrou na avenida para relembrar os antigos carnavais de Vitória. A comissão de frente encantou o público com os integrantes vestidos de palhaço e fazendo brincadeiras em plena avenida.

Para contar a saudosa folia nas ruas da Capital, a Tradição Serrana não poupou animação entre os foliões, que cantaram o samba-enredo na ponta da língua.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
20 fev 2014

Carnaval de Vitória 2014: Nas ondas do rádio, Chega Mais abre primeiro dia de desfiles com homenagem a Jairo Maia

Publicado às 22:27 | Postado por Daniela Künsch

Bruno Coelho

Veja a galeria de fotos do desfile da escola de samba Chega Mais. Clique aqui.

A escola de samba Chega Mais abriu o primeiro dia de desfiles do Grupo de Acesso do Carnaval de Vitória nesta quinta-feira (20). A agremiação do Morro do Quadro entrou na passarela do samba por volta das 21h30 contando a história do rádio no Brasil.

Mesmo com fantasias simples e sem muito luxo, os foliões esbanjaram simpatia e mostraram que estavam com o samba na ponta da língua. O público compareceu e a maior parte das arquibancadas ficou lotada de foliões que curtem a folia de graça.

Ao todo, a escola entrou na avenida com três carros alegóricos para contar a história de grandes nomes do rádio brasileiro. O radialista Jairo Maia foi um dos homenageados pela agremiação azul e branco.

Além do capixaba, a segunda alegoria trouxe como destaque um morador da comunidade que representava o ex-presidente da República Epitácio Pessoa, que fez a primeira transmissão radiofônica no Brasil.

A Chega Mais coloriu o sambódromo com muitas fantasias nas cores verde e amarelo. Uma ala formada por crianças fantasiadas de anjos e representando Nossa Senhora Aparecida emocionou quem acompanhou a apresentação dos camarotes e arquibancadas.

Apesar da animação e da disposição, a escola desfilou apenas como convidada e não vai disputar o título do carnaval do Grupo de Acesso.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2013