Um dos símbolos do ES – 'FRADE E A FREIRA'

Às margens da BR 101, de Vitória para o sul, uma bela paisagem aparece – vez em quando – na estrada. Muito antes do município de Itapemirim já conseguimos avistar este monumento natural que é, sem dúvida, um grande símbolo do nosso estado. O Frade e a Freira. Seu ponto mais alto tem 683 metros de altitude. A formação curiosa está inserida no município do Itapemirim, mas está nos limites dos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Rio Novo do Sul e Vargem Alta.

É no km 400 da BR-101 que fica seu acesso. Da BR até o ponto em que conseguimos chegar de carro, a estrada de chão é obrigatória. Ela costuma estar bem patrolada, sendo possível subir com um carro comum (mas a chuva pode mudar esta situação).

Este nome – Frade e Freira, foi dado à formação por conta de seu formato que lembra a imagem de um frade e uma freira  como se estivessem um de frente para o outro. Por conta disso surgiu uma lenda. Ela conta que um frade e uma freira se apaixonaram e como suas vidas deveriam ser dedicadas a servir à Deus não puderam se render a esse amor. Como forma de permanecerem unidos os dois foram transformados em pedra de forma que este amor pudesse ser eternizado.

foto tirada de cima do frade com o litoral do ES ao fundo

costas do frade em primeiro plano e a freira de frente para ele

Hoje o ‘Frade e a Freira’ é o local ideal para os aventureiros, para os ecoturistas e para quem quer curtir um clima de montanha com a família. É possível chegar de carro até certo ponto e depois, seguir caminhando por poucos minutos até as costas do Frade. Que visual se tem de lá…Belo!!! Lá em cima, bem próximo as costas do Frade há uma pousada. A única por ali – Pousada Chalés do Frade. Algumas pessoas optam por fazer a caminhada até as costas dele desde o nível da BR. É uma boa caminhada em meio a toda a natureza que rodeia o monumento. Eu estive lá, fui de carro até onde foi possível e o resto você confere no video:

[VIDEO]http://www.youtube.com/watch?v=4hjwTqin1T8&context=C41dd805ADvjVQa1PpcFPOGFRIZv4NWp3ffdgGRjbunmRK-SQ10CU=,center[/VIDEO]

Pousada Chalés do Frade – Itapemirim / ES

BR 101 – KM 400

(28) 9901-1959 / 8113-0402

www.chaledofrade.com.br

A REGIÃO RURAL…

Nas regiões entre o mar e a montanha do município, Dioge – assessor de cultura de Itapemirim que me acompanhou por todo o dia que estive por lá – me levou para conhecer um projeto que eu não poderia deixar de citar. É o Projeto Moda Bom Será que tem este nome em referência a sua localidade – Bom Será. O Moda Bom será é um grupo formado por 11 mulheres – em sua maioria ex-trabalhadoras rurais e cortadoras de cana – que hoje trabalham como bordadeiras do projeto. Com o objetivo de incentivar o artesanato e as referências locais, elas fazem camisetas, blusas, bolsas, toalhas onde são bordados símbolos como o próprio Frade e a Freira, o Monte Aghá, a cultura da cana, peixes como o peixe-frade e o atum que são importantes na economia do município. Conheci a Olga Semprini que é a instrutora de artesanato e produção do grupo. A intenção é realmente desenvolver ali um pólo de produção que atraia empresas (como a Chevron que já é parceira do projeto), turistas e própria comunidade para conhecer e adquirir essa produção artesanal feita por este grupo.

[email protected]

Além de Bom Será, deu tempo de passar em uma região chamada por Fazenda Velha. Em Fazenda Velha pude conhecer um pouco da agroindústria do município. Sabores de Itapemirim é a marca das delícias produzidas pela marluce, Maura, Marisete e Sandra. Biscoito polvilho, biscotos recheados, bombons, doces cristalizados, cocada, pé de moleque, brevidade, casadinho, bolos…Eu sei…Um perigo!!! Além de ter a porta da propriedade aberta para quem quiser aparecer para sair da dieta, elas estão toda sexta-feira na feirinha da Vila de Itapemirim e toda quarta-feira na feirinha de Itaipava.

Sabores de Itapemirim – (28) 9886-8141 / 9918-7586

elogoali

(845Publicações)

Leticia Vieira é jornalista, radialista, formada também em marketing e Pós Graduada em Gestão em Assessoria de Comunicação. No mercado há mais de 10 anos, está na Rede Vitória desde 2013.

Comentários (3)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *