Festa de Corpus Christi de Castelo completará seu CINQUENTENÁRIO em 2013!

Ig Matriz Nossa Senhora da Penha - Sede - Castelo

2013 é um ano de grande importância para o município de Castelo. A cidade é referência do turismo religioso e seu maior símbolo é a Festa de Corpus Christi que, em 2012, recebeu quase 70 mil visitantes!!! O ponto alto são os famosos e criativos tapetes que chegam a ocupar 1,5km das principais ruas e avenidas da cidade. A bela Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha localizada na sede, é o palco deste grande evento que, neste ano, completa seu CINQUENTENÁRIO!!! O evento acontecerá nos dias 29 e 30 de maio.

No meu tour pelo município também tive o prazer de conhecer o Santuário de Aracuí, outro símbolo do turismo religioso na cidade.

Santuário de Aracuí: monumentos que expressam a fé


Monumentos em mármore e granito do Santuário


Um aglomerado de diversos tamanhos e formas de monumentos em mármore e granito formam o Santuário Imaculada Esposa do Espírito Santo de Deus, mais conhecido por Santuário de Aracuí. Aracuí é o nome do distrito onde está localizado, no município de Castelo, sul do Espírito Santo. O local é referência no turismo religioso e tem uma história muito curiosa. Foi por lá que começou meu tour por Castelo acompanhada pela Ávila Rodrigues, turismóloga da Secretaria de Turismo de município.

Os grandes monumentos em mármore, a imagem de Cristo em um tablado de madeira e a imagem da Imaculada estão em meio a uma natureza preservada, árvores e trilhas que fazem do ambiente um lugar tranquilo, propício às demonstrações de fé e momentos de reflexão.

[VIDEO]https://www.youtube.com/watch?v=m1dAMuVB7Po,center[/VIDEO]

Parque Estadual Mata das Flores

Nas proximidades do Santuário há uma trilha pertencente ao Parque Estadual Mata das Flores onde é desenvolvido um trabalho pedagógico voltado para a educação ambiental. Ano passado, o local recebeu mais de 5 mil alunos. O parque, administrado pelo Iema (Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), têm uma area de aproximadamente 800 hectares e é um importante remanescente florestal da Mata Atlântica que abrange, desde as terras quentes de Castelo, até as terras mais altas e frias dos parques de Forno Grande e Pedra Azul. O frescor da floresta, a riqueza da flora com bromélias e orquídeas, o verde abundante, tudo ali é muito saudável. Possui, além de outras atrações, jequitibás, com mais de 3 mil anos, que para serem abraçados são necessários dez adultos de mãos dadas. Sua fauna é bem rica com pássaros (gaviões, corujas, pega-macaco, caracará, urubus e corujas), como também possui inúmeros mananciais, onde se pode desfrutar um ar puro, além de animais como quatis, lontras, lagartos, tamanduás, veados, pacas, tatus, entre outros animais da Mata Atlântica. A riqueza da flora com suas bromélias e orquídeas deixa a reserva ainda mais bela.

(Fonte: IEMA www.meioambiente.es.gov.br / Descubra Castelo www.descubracastelo.com.br )

Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha

[VIDEO]https://www.youtube.com/watch?v=IMVDcJrQbxk,center[/VIDEO]

A famosa celebração de Corpus Christi de Castelo


Festa Corpus Christi 2012 / Acervo Secretaria Municipal Turismo / Foto: Hugo Casagrande Andrade


Evento máximo do calendário católico do município, a celebração de Corpus Christi ocorre quarenta dias depois do domingo de Páscoa. A festa teve inicio na década de 60, época em que havia o costume de erguer altares em determinados pontos da cidade e ornamentar as ruas com folhas de árvores e toalhas rendadas para a passagem da procissão dos fiéis.

A Irmã Vicência, da Ordem das Irmãs da Caridade, teve a idéia de confeccionar um pequeno tapete com desenhos geométricos em frente à Capela de Nossa Senhora das Graças, na Santa Casa de Misericórdia. Em 1964, o vigário paroquial, Frei José Osés, mobilizou esforços para que o tapete fosse confeccionado no centro da cidade. A partir de então, gradativamente, outras ruas foram sendo enfeitadas e passaram a fazer parte do cortejo religioso.

A festa ganhou notoriedade nacional em função da grande beleza de seus tapetes, que atualmente ocupam cerca de 1,5 km das principais ruas e avenidas do município. Utilizando todos os tipos de materiais, como pedras, borra de café, palha de arroz, tampinhas de garrafa, CDs, materiais recicláveis e muitos outros, na véspera da festa os moradores passam a noite confeccionando os tapetes e passadeiras que, anualmente, são visitados por mais de 60 mil turistas e fiéis.

(Fonte: Prefeitura de Castelo www.castelo.es.gov.br )

elogoali

(845Publicações)

Leticia Vieira é jornalista, radialista, formada também em marketing e Pós Graduada em Gestão em Assessoria de Comunicação. No mercado há mais de 10 anos, está na Rede Vitória desde 2013.

Comentários (3)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *