O amor como planta que regamos, alimentamos..

amor-planta-regamos É preciso cultivar o amor. Se o amor é frágil, não se pode expor às rajadas do acaso: deve-se mantê-lo; deve-se cultivá-lo para que se desenvolva. Cada um dos envolvidos deve constantemente recomeçar a conquista do outro.
Esta conservação do amor reveste formas diversas… As mulheres desejam por regra compartilhar das preocupações do homem e fazerem parte da sua vida, serem levadas a sério. Quando um homem apenas espera da sua mulher a sopa e as pantufas… é de temer que murche como uma flor numa cave, e que já não experimente alegria em viver com esse par.

Aprender a amar é aprender a viver com o outro e para o outro. Despertar e estimular esse amor é o milagre do amor conjugal; e é por isso que o bom amor conjugal conduz a uma forma muito elevada de perfeição… O amor verdadeiro.

O amor verdadeiro limpa as lágrimas de quem as deixa cair, consola quando o outro necessita. Leva esperança quando o outro se sente fragilizado. Traz a luz quando não sabe o caminho a seguir. Consola o coração quando está aflito. O amor verdadeiro abala as estruturas do orgulho. Rompe qualquer fronteira, até as impostas pela morte. O amor verdadeiro reacende a chama da fé. Leva calor humano. Destrói a tristeza. Cuida das feridas de quem caiu no meio do caminho. O amor verdadeiro estende a mão, sem se importar com títulos. Não se prende a matéria, nem se preocupa com as cicatrizes que o tempo lhe fez. O amor verdadeiro semeia alegria. Está presente em versos. E também em gestos. Constrói lares. O amor verdadeiro atravessa a noite e amanhece para um novo dia. Não espera as estrelas para brilhar. O amor verdadeiro não depende do poeta. Ele nasce dentro de cada um e espalha-se quando fazemos um pequeno gesto. Quando vencemos os nossos receios e seguimos um rumo. Quando as pedras no caminho não impedem a nossa caminhada. Quando vencemos o preconceito. Quando não nos perdemos no meio do egoísmo e buscamos realizações. O amor verdadeiro muda a atmosfera de um ambiente. Quebra os ciclos negativos. Faz a harmonia reinar. Faz o rancor perder a sua força e o perdão mostrar a sua importância. O amor verdadeiro faz-nos cativar o outro. Envolve-nos com uma cúpula de luz. O amor verdadeiro atravessa os espinhos e chega as flores. Ensina-nos a ser perseverantes e otimistas. O amor verdadeiro está dentro de cada um de nós. E é possível mostrá-lo. Basta ter vontade. O amor verdadeiro a todos transforma….

(508Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *