Quando o namorar começa no enamorar

Início de relacionamento tudo acontece: elogios, carinhos, atenção, beijos prolongados, noites agarradinhos e suspiros de felicidades.

E assim deveria ser por um bom tempo no interior dessa relação, ou deveria ser, estimulados diariamente para esses sentimentos se transformarem em vínculos duradouros. Mas, parece que não é bem assim que caminham os relacionamentos atuais.  Pesquisas recentes mostram que a solidão cresce na sociedade.

Os beijos mais prolongados e desejados são substituídos por mordidas nos lábios e as conexões de corpos, por conexões de “redes”.

Um dos maiores medos contemporâneos sobre namorar, entrar em uma relação mais séria está no medo do afeto, da entrega pois as pessoas estão menos tolerantes, mais cheios de razões e ocupações.

Um relacionamento requer atenção e muitos não querem ter essa disponibilidade. Querem corpo e não alma.

Antes de namorar alguém, precisamos nos enamorar primeiro, cuidar da saúde, do físico e da alma. Para assim, juntos ficarmos numa boa sintonia, e a troca ser prazerosa. Precisamos encontrar em nós o que é nosso, e o que é do outro que propõem-se agregar em nós. 

Namoro tem uma rede de benefícios, desde a cama bagunçada, aceleração cardíaca, autoestima, sorrisos nos olhos e anticorpos para a solidão.

Se namore e para namorar melhor o próximo!

(538Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *