9/6/2009 às 15h2 - Atualizado em 9/6/2009 às 15h2

Após deixar reality show "A Fazenda", Barbara Koboldt solta o verbo

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução/Record
Bárbara Koboldt esteve ao vivo no programa Hoje em Dia, da TV Record. A participante do reality show "A Fazenda" contou aos apresentadores Celso Zucatelli, Chris Flores e Ana Hickmann como foi a decisão de sair, quais os momentos mais difíceis, entre outros detalhes. "Para mim, lugar marcado só existe na sala de aula", diz a apresentadora, ao relembrar o episódio com Dado Dolabella, logo no início da entrevista.

"Disseram que eu era distante, e por isso não sabia os lugares marcados na mesa de refeição", completa ela, magoada, mas sorrindo. "Inconscientemente, o ego ali predomina, mas no geral eles todos estão muito chatos", dispara. Segundo ela, o músico Pedro é mais legal. Mas ela concorda que o Violão tenha sido retirado da sede. "O instrumento virou remedinho para os músicos", desabafa. "Para mim, o mais esperto é o Dado. E Théo, que esquentou com poucas coisas. Ele é ator, deveria ter dado uma 'desmunhecada' para evitar a confusão. Com Luciele também foi uma bobagem, um quer ensinar o outro".

Ao ser questionada sobre quais pessoas gostaria de manter uma relação amigável após o término do programa, ela responde que Miro "é um amor". Citou também os nomes de Fabio e Dado. Já com as meninas, ela não foi tão generosa. "Oi e tchau, no máximo. Não existia diálogo, conversa, não combinam comigo. Na verdade, ninguém combinava comigo ali dentro. Não tenho a coragem deles, o poder da interpretação que eles têm. Impossível não interpretar, sendo ator".

"Eles são fortes, corajosos, estão doidos pra acordar cedo, disputar e ganhar esse um milhão. Sou pequena, não tenho coragem, quase tive um ataque em uma prova de carroça. A corda que foi cortada na prova, eu acertei quase todos - então, devo ser vidente, pois acertei exatamente todas as decisões de cada um, não acreditei nessa coisa de 'eu não sabia da corda que estava cortando'. As pessoas não têm energia criativa, não agem do jeito que realmente querem, Carlinhos é o único que realmente se coloca como deveria ser", conta a modelo e estilista.

"Por favor, eu quero ir embora hoje, e quero que vocês levem a sério", disse ela aos produtores pelas câmeras dos estábulo. No momento da saída, Babi tentou interferir e convencer a amiga a ficar - o que não aconteceu. Ela arrumou seu baú, se despediu de todos com carinho e deixou o campo antecipadamente. "Não existem ali pessoas para te dar um conselho, mas para repetir como papagaios. Babi quer interpretar intensa e falsamente, em situações totalmente desnecessárias", solta. "E não sei o que Babi e Miro estão fazendo um com outro. Ele estaria mais feliz se estivesse romantizado, e não acredito muito nisso".

Para Barbara, a fazenda está "cheia de gente boba, que gosta de judiar dos outros". Ela disse que, quando alguém não está de acordo com o que 'acham correto', não precisavam excluir, desrespeitar e machucar quem é diferente e tem outras aspirações. Perguntada sobre o que gostaria de fazer se retornasse à fazenda, respondeu prontamente: "queria sacudir um pouco mais, responder mais alto, mas não consigo. Tenho medo de bois, vacas, mas tenho mais medo ainda do ser humano, pois eles muitas vezes são mais rudes que os bichos". Também disse que gostaria de ver a Gretchen entrando na casa.

"Vou fazer um vestido para Danni Carlos, ela tem uma voz que arrepia, farei um vestido para ela. Vou continuar com as minhas costuras, sem sombra de dúvida. Vou torcer pelo Miro, pois cumpre com as obrigações dele, se dispõe e ajuda muito", completa a eliminada.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014