11/5/2011 às 16h30 - Atualizado em 11/5/2011 às 16h30

Eleita as pernas mais bonitas, Juju conta que corpão é fruto de bullying na escola

R7
Redação Folha Vitória

Foto: R7
Eleita a dona das pernas mais belas que já passaram pela história da revista VIP, Juliana Salimeni, mais conhecida como Juju Panicat, é um exemplo de corpão sarado.

Diante da eleição, com mais de 13 mil votos, o R7 entrevistou a assistente de palco do Pânico na TV (Rede TV!) para saber qual o é segredo de suas pernas - e do resto do corpo!

Descobrimos, entre outras coisas, que a silhueta malhada, que faz milhares de marmanjos babarem, é fruto do bullying sofrido na escola. Leia, abaixo, os principais trechos da entrevista.

Qual é o segredo das suas pernas, consideradas pelos leitores da VIP como as mais bonitas que já passaram pela revista?
Musculação pesada, quatro vezes por semana, por cerca de 1h30, e tenho uma alimentação super-regrada.

O que você come?
Tenho uma dieta de atleta. Como frango, batata, clara de ovo, produtos integrais e salada.

Nunca se permite uma friturinha, um copo de refrigerante?
Jamais. Não consigo. Quando quero comer algo diferente, vou ao japonês.

Toma algo para 'ganhar' massa?
Bastante suplemento alimentar, como proteínas, porque só com dieta e exercícios físicos não funciona.

Concorda com a opinião dos homens? As suas pernas realmente são um ponto forte?
O fato de eu ser uma mulher grande, mas mesmo assim feminina, é o que chama atenção. As mulheres sempre dizem que querem ter um corpo como o meu, pois, apesar de musculosa, tenho formas. Os homens não gostam de mulheres muito musculosas.

Passa cremes anti celulite? Faz drenagem linfática?
Não faço drenagem, porque não tenho problema de inchaço. Cremes também não passo, porque transpiro muito e me incomoda. Uso apenas óleo no banho, para hidratar a região.

Você tem estrias e celulites?
Celulites não, mas estrias, sim. Como eu era muito magra e cresci demais, a pele estica e daí não tem jeito. Fiz tratamento [para as estrias], mas ainda tenho algumas nos glúteos.

Você era magra demais?
Muito. Comecei a fazer musculação e dieta [para ganhar massa] aos 16 anos. Odiava ser magra, era muito zoada na escola.
 
Então você ganhou esse corpão por causa do bullying?
Total. Eles [os alunos] me zoavam. Eu tinha as pernas finas. Até que falei: "chega. Vou mudar isso".

O que faz para valorizar as pernas?
Não uso calça, por que aperta e não gosto. Aposto em vestidos e saias.

E no inverno? Não sente frio?
Ah, uso legging. E, se vou sair à noite, um sobretudo mais comprido. Balada é sempre quente.

E salto alto? Eles valorizam as pernas...
Não suporto. Uso para trabalhar e olhe lá. No dia a dia, é tênis e sapatos baixos.

O que diria às mulheres que admiram você e seu corpo?
O que sempre digo: precisa ter disciplina. Não é fácil. Tem de seguir a dieta à risca, deixar de comer o que gosta, ir aos treinos sempre. Não adianta pensar que poderia estar fazendo algo melhor. É uma obrigação e ponto.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014