9/12/2013 às 9h51 - Atualizado em 9/12/2013 às 9h51

Saída de Sabrina Sato da Band deflagra crise no humorístico "Pânico"

BANG Showbiz
Redação Folha Vitória

BANG ShowbizApós o anúncio não oficial da saída de Sabrina Sato do programa 'Pânico na Band' para integrar o time de apresentadores da Record, não se falou em outra coisa que não fosse na crise pela qual passa o humorístico da Band.

A emissora estaria sofrendo uma grave crise financeira e, segundo o colunista Leo Dias, todos os integrantes do programa estariam insatisfeitos com o canal. Há poucos dias chegou-se a comentar na imprensa que todos os apresentadores e diretores da Band teriam sofrido reduções em seus salários, exceto o 'Pânico'.

Porém, de acordo com essa mesma coluna, o próprio Emílio Surita, líder do time de humorístas, teria confirmado em seu programa de rádio na Jovem Pan que teve seu salário reduzido também.

Esse problema de caixa na emissora estaria desmotivando todos os apresentadores, que também sentiram na pele uma redução na verbas que cada programa recebe, fator que afeta diretamente a produção de alguns quadros.

Não se sabe até o momento se foi esse ou não o motivo para a saída de Sabrina Sato do canal. Especula-se que a japa ganhava cerca de R$ 300 mil na Band, além de ser o principal alvo das maiores ações de merchandising do humorístico. Na Record, ao que tudo indica, o salário de Sabrina - que terá um programa só pra ela em 2014 - pode ter triplicado.

Quem se deu bem com tudo isso foi Nicole Bahls. Sabendo de uma possível - e também natural - baixa no time de humoristas, Allan Rap, diretor do programa, vinha há muito tempo preparando a modelo para se tornar uma substituta de Sabrina.

Nicole se tornou fixa no palco da atração e por diversas vezes foi comparada a Sabrina. Elegante, ela sempre agradeceu aos elogios, porém nunca assumiu publicamente que essa sempre foi a intenção do programa.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014