Anitta desabafa ao dizer que ainda enfrenta preconceito no Brasil: -Eu vim do nada, vim da favela

A cantora disse, durante uma entrevista, que é ela quem gerencia sozinha a sua equipe, sem ninguém investindo nela. Afirmou ainda que não pensa em sair do Brasil

 Versão para impressão  
Ela disse que fez tudo sozinha para alcançar fama internacional Foto: Reprodução/Instagram

Após se lançar internacionalmente, Anitta confessou durante o Conversa com Bial, na noite da última quinta-feira, dia 15, que ainda sofre preconceito no Brasil, apesar de ter uma carreira já consolidada. Segundo a cantora, esse preconceito se deve ao fato dela cantar funk, além de ser uma mulher autoconfiante, que não tem problema de dançar e rebolar sensualmente e assumir que já realizou plásticas:

- Aqui no Brasil, ainda existe muito preconceito comigo por conta do ritmo que eu canto, por ser muito jovem, nova, por fazer plástica e assumir, por dançar, rebolar e ser sensual. Fazer sucesso com um ritmo popular, que ainda é ligado a falta de instrução, educação, inteligência, respeito, etc. E também o fato de eu vender a autoconfiança. Eu vendo autoestima para as mulheres e as pessoas confundem isso com se achar, com a prepotência. E não tem nada a ver uma coisa com a outra, você pode ser humilde e ter autoestima. É difícil as pessoas entenderam essa diferença.

Para conseguir alcançar fama internacional, Anitta explicou que faz tudo sozinha e gerenciando sua equipe, sem ninguém investindo nela. Deixando claro que não pensa em morar fora do Brasil, a cantora, que revelou ter aprendido espanhol em apenas cinco aulas, ressalta que não será fácil se consagrar internacionalmente e que a expectativa que os fãs brasileiros criam a assusta um pouco:

- Eu precisava primeiro quebrar esse preconceito no Brasil. Para conseguir o mercado lá fora, é muito competitivo, muito caro. Eu vim do nada, vim da favela, não tenho ninguém injetando milhões de dólares em mim. Quem faz o meu dinheiro para investir na minha carreira sou eu. Eu não tenho nenhuma pessoa milionária lá fora me ajudando. Isso não acontece. Eu preciso da força do meu país e para isso eu precisava provar que eu consigo fazer as coisas sozinha. É lutar contra o preconceito basicamente. Fui planejando essa quebra de barreiras e rótulos até que eu tivesse força suficiente para o país me dar essa grandeza. Me assusta um pouco porque ao mesmo tempo o Brasil se orgulhosa, fica muito feliz, também gera muita expectativa. Mas não vai ser rápido, assim como não foi no Brasil.

Fazendo parcerias internacionais, Anitta causou polêmica quando participou da música Switch, de Iggy Azalea. Nas redes sociais, surgiram os rumores de que as duas viviam em rixa, já que o clipe que gravaram juntas acabou vazando antes da divulgação oficial e azedou a relação entre elas, levando até Iggy a apagar algumas fotos com a brasileira:

- Eu não acredito em competição, acho isso uma coisa burra. Acho que quem compete se limita ao limite do outro. Eu acredito numa união, cooperação.

E se engana quem pensa que Anitta só faz o tipo sensual. Ao declarar que não tem tempo para namorar e nem fazer sexo, a cantora, que diz continuar solteira, mostrou um lado romântico:

- Nenhum dos dois dois. Eu priorizo sempre o amor. Não costumo fazer sexo por fazer não. Só que eu trabalho muito, então a pessoa que vai ter um relacionamento comigo, ela vai ter com o Brasil inteiro, né? É um pouco apavorante para quem está chegando. Além de sair em outros idiomas, também, né?

Bial relembrou que Anitta já contou para ele que os homens possuem um pouco de medo em se relacionar com ela. Agora, a morena acredita que não é ela quem coloca esse medo nos crushs:

- Eu acho que é mais medo da minha vida, do que vem junto, do que se descobre, do que de mim de fato. Sou uma pessoa super normal, prática, eu acho.

E confessou que para o relacionamento dar certo, não deixa os crushs pesquisarem sobre sua vida.

- Quando eu me relaciono com alguém, eu combino que não existe Google. Porque ele é muito injusto com pessoas anônimas versus famosas. Na adolescência, falei muita besteira, já era famosa. Como que apaga? Não apaga. Eu estou ferrada.

O apresentador questionou em que idioma o crush do momento fica sabendo as coisas sobre ela. Anitta confessou que o boy magia habla português. Quem será?

TAGs

  • anitta
  • cantora
  • carreira
  • entrevista
  • funk
 Versão para impressão  

MAIS LIDAS

Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016