“Ninjarunners” encaram maratona de subida com 256 curvas em Santa Catarina no dia 19

Mizuno Uphill Marathon2

Foto: Divulgação Mizuno Uphill Marathon

Um seleto grupo de corredores disputa, no próximo dia 19, a Mizuno Uphill Marathon, na Serra do Rio do Rastro, em Santa Catarina, considerada uma das mais belas serras do mundo. O percurso de 42,195 km, em subida, terá início em Treviso e passará por Lauro Muller, com chegada em Bom Jardim da Serra, a 1.418 metros de altitude. No total, os corredores percorrerão exatas 256 curvas. O homem e a mulher que cruzarem a linha de chegada em primeiro lugar ganharão inscrição, passagem e hospedagem para a Maratona de Amsterdã de 2015.

Já no dia anterior à prova os participantes e o público das cidades locais terão uma série de atividades preparadas pela Mizuno. A partir das 9h do sábado (18), a Expo Uphill Marathon funcionará no Ginásio de Esportes Clovis Bernardini, em Treviso – Av. Prof. José Feltrim Abatti, 713. Neste local será feita a entrega dos kits para os corredores, até às 18h. As camisetas serão cor-de-rosa, como forma de adesão da Mizuno ao movimento Outubro Rosa, campanha de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Também no ginásio funcionará um showroom montado pela marca, com a exposição e venda de produtos e uma atração especial: o Wave Sayonara Uphill, tênis feito para a prova com edição limitada.

Duas palestras prometem prender a atenção da platéia: os jornalistas Clayton Conservani e Carol Barcellos, que irão participar da prova, falarão sobre sua experiência no mundo das corridas extremas. A de Carol começa às 14h30, enquanto Clayton conversa com o público às 16h30. Ele estará acompanhado de outro corredor acostumado às mais desafiadoras competições, como é a Uphill: Bernardo Fonseca, vencedor dos 60 km do Everest deste ano, entre outras.

Outra atração para o público é o teste do  F.O.R.M. (Form Optimizer of Running Methodology). A metodologia pioneira de avaliação de postura foi trazida, até então oferecida pela Mizuno apenas no Japão, realiza o diagnóstico a partir dos dados de biomecânica relacionados aos atributos: segurança, postura, relaxamento, trajetória e balanço; analisando também a relação entre a força de reação do solo e o movimento do centro de gravidade dos corredores.

No domingo, a prova terá largada às 7h em Treviso. O tempo limite para os corredores chegarem a Bom Jesus da Serra é de 6 horas. Eles poderão ativar, pelo Facebook da Mizuno o Connect. Os atletas que aceitam o serviço têm publicados conteúdos automáticos em suas timelines, como uma foto do meio do percurso e uma na linha de chegada, além de receberem após a prova o Performance Map, com detalhes do seu desempenho na prova, como tempo líquido, distância, colocação geral e na categoria, velocidade média, pace, número de passadas, consumo de calorias e perda de água, além do mapa do percurso. Os corredores também serão presenteados após a prova com uma foto impressa.

Com informações da Mizuno.

Daniela Künsch

(1552Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.