Professor de Educação Física envia “nudes” para Conselho e tem registro suspenso no ES

Um professor de uma academia de Vila Velha teve o registro profissional suspenso por seis meses pelo Conselho Regional de Educação Física (CREF1) por suposta prática de ato obsceno. Segundo a entidade, o professor teria enviado para o e-mail do CREF1 uma foto expondo seu órgão sexual, juntamente com o comprovante de pagamento da anuidade do conselho.

O profissional ainda poderá ter seu registro cassado e também responderá criminalmente pelo ato. O caso foi encaminhado para o 5º Distrito Policial da Praia do Canto, em Vitória.

Nesta quinta-feira (08) seria realizada uma audiência, onde seria apresentada a defesa do denunciado. No entanto, o professor apresentou um atestado médico, por meio de seu representante legal, e a audiência foi remarcada para o dia 13 de julho.

Ainda de acordo com o CREF1, a denúncia por infração disciplinar ocorreu porque o denunciado transgrediu os preceitos do Código de Ética do Profissional de Educação Física, bem como adotou conduta incompatível com o exercício da profissão.

Segundo a entidade, ao enviar a foto, o professor feriu o artigo 4º, inciso I, do Código de Ética Profissional, o qual afirma que o exercício profissional em Educação Física deve estar pautado pelo respeito à vida, à dignidade, à integridade e aos direitos do indivíduo.

Para o conselho, o acusado demonstrou desconhecer as normas éticas do Sistema CONFEF/CREFs e os preceitos estabelecidos no Estatuto do CREF1.

Daniela Künsch

(1324Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.