Calendário de Corridas para o 2º semestre no Espírito Santo

O segundo semestre de 2018 começa com o calendário de corridas cheio de opções de provas para correr no Espírito Santo. Há eventos para todos os perfis de corredores – dos 5km aos 30km, no asfalto, na floresta, na trilha ou na montanha, na Região Metropolitana da Grande Vitória ou no interior do Estado.

Para abrir o semestre, neste domingo (01), a Corrida dos Bombeiros, única com percurso ida e volta na Terceira Ponte, principal cartão postal da capital capixaba, reúne mais de 3 mil participantes para o percurso de 10.5km, entre Vitória e Vila Velha.

No Sul do Estado, a Meia Maratona de Cachoeiro de Itapemirim realiza sua 1ª edição e se torna mais uma opção de prova de 21 quilômetros no calendário capixaba.

Os amantes das longas distâncias têm um encontro marcado com a natureza no dia 08 de julho, na Reserva Vale, em Linhares, no norte do Estado, onde acontece a Meia Maratona do Verde e das Águas, com percursos de 21km, 10km e 5km.

No dia 15 de julho, a 4ª Corrida Amofit, com 7km de percurso, acontece em Marataízes, litoral sul do Estado. Já no dia 22 de julho, a Corrida da Laranja coloca os corredores na disputa de dois percursos: 5km e 12km, em Jerônimo Monteiro.

Os adeptos do Trail Run vão encarar um mega desafio em um dos mais lindos cartões postais do Sul Capixaba, com a estreia da etapa do Insanity Mountain Frade e Freira, em Cachoeiro de Itapemirim. As opções de distância são: 7km, 15km e 30km.

Para fechar o mês de julho, uma das provas mais desejadas pelos corredores capixabas: A Corrida Santa Lúcia, que oferece o kit mais recheado de brindes! O percurso é de 8km pelas ruas de Vitória.

E aí, está esperando o quê para escolher os seus próximos desafios de 2018? Confira o calendário de provas mais completo e atualizado do Espírito Santo, escolha o evento que mais se encaixa no seu perfil de corredor e inscreva-se. Bora correr!


julho

agosto

setembro

outubro

novembro

dezembro

Daniela Künsch

(1525Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.