Dicas da Nutri que Corre: 7 tipos de leite (vegetal) sem lactose!

Hoje muito se fala das alergias e intolerâncias que o leite de vaca apresenta em algumas pessoas. Outras não fazem uso pela difícil digestão. Por isso, hoje vamos dar dicas de outros “leites” que podem ser ricos em vitaminas e sabor.

Primeiro, quero deixar bem claro que chamamos de leite essas bebidas que irei citar, pois a aparência é bem próxima ao leite de vaca, porém, realmente só pode chamar de leite o líquido produzido pelos mamíferos e é assim chamado “leite” apenas para comércio.  Ou seja, acaba sendo “suco” e não “leite”. Nenhum desses produtos tem ou chega próximo ao verdadeiro leite humano (no caso as mamães que amamentam) ou leite dos animais.

Vamos falar um pouco sobre cada e ensinar a fazer em casa:

O mais famoso: o leite de soja! Rico em fibras, proteínas e principalmente vitaminas do complexo B. O uso do leite de soja por crianças deve ser supervisionado, pois a soja pode ter um efeito negativo sobre o desenvolvimento hormonal na criança. Para fazer em casa, use 1 xícara de soja e 1 e 1/2 litro de água. Escolha os grãos da soja e lave bem. Deixe de molho de um dia para outro. Escorra a água e lave novamente. Bata no liquidificador com 1 e 1/2 litro de água. Coe em um pano de prato. Coloque em uma panela e leve ao fogo, quando levantar fervura deixe em fogo baixo por 10 minutos. Espere esfriar e coloque na geladeira.

Outras versões para não enjoar: aprenda a fazer em casa!!

Leite de arroz é o mais encontrado nos supermercados e nas lojas especializadas e substitui bem o leite em sua forma pura, por exemplo, para ser tomado no café da manhã com cacau ou café. O leite de arroz é rico em carboidratos e muitas vezes os fabricantes colocam espessantes, por isso devemos estar atentos aos rótulos. Diferente dos outros leites, o de arroz não é tão nutritivo, sendo um substituto melhor apenas para os intolerantes à lactose. Para prepara-lo basta seguir esses passos: leve ao fogo por 15 minutos 1 litro de água e 5 xícaras (chá) de arroz cru. Se preferir pode colocar uma pitada de sal. Depois bata no liquidificador, apenas para quebrar o arroz. Em seguida e coe num pano de prato.

Leite de aveia – assim como o leite de arroz, tem sido comercializado cada vez mais pelos supermercados e lojas especializadas. Pode ser consumido com café, cacau, batido com frutas ou em preparações. Rico em vitamina E, cálcio, selênio, zinco, magnésio e ferro, sendo um alimento de alto valor nutricional. É rico em fibra solúvel e insolúvel. A solúvel ajuda a diminuir a absorção de açúcar e gordura no intestino e a insolúvel ajuda a regular o trânsito intestinal. Fazer esse leite é simples: coloque duas xícaras (chá) de aveia de molho em 4 xícaras (chá) de água por 1 hora. Bata a mistura no liquidificador e coe num pano de prato.

Leite de oleaginosas como avelãs, amêndoas, castanhas – são encontrados em lojas especializadas, mas também podem ser feitos facilmente em casa, são ótimos para receitas doces. Além de ter um bom teor de proteína, o leite de amêndoas é rico em vitaminas e minerais, antioxidantes e gordura monoinsaturada, isso tudo, sendo uma ótima fonte de energia para o corpo. É também rico em fibras, que o torna um superalimento para substituir o leite. Para essa receita você vai precisar de 1 copo de amêndoas crua e 4 copos de água (se gosta do leite mais consistente, coloque menos água; quem gosta de menos consistente, coloque mais água). Lave as amêndoas, deixe de molho de um dia para o outro com água cobrindo ou guarde na geladeira por mais dias. Escorra a água que ficou de molho, retire a película (opcional) e bata no liquidificador com a água. Coe em um pano fino.

Leite de coco – é o mais fácil de ser encontrado e substitui muito bem o leite em receitas de bolo, por exemplo. Pode ser um ótimo substituto ao leite para preparação de sobremesas, peixes e massas. Ele é rico em nutrientes que garantem um bom funcionamento do organismo, como o ferro, ácido fólico e selênio. É também rico em fibras, o que garante a saúde intestinal. Se você quiser fazer seu próprio leite de coco, bata no liquidificador 1 copo de polpa de coco com 5 copos de água quente, e depois coe com um pano de prato.

Algumas outras opções que ainda não são tão procurados, porém ricos em nutrientes:

Leite de inhame – é o mais barato entre os leites vegetais, para fazer em casa é muito simples, basta ferver um inhame médio durante dois minutos, jogar a água fora e bater no liquidificador com 100ml de água filtrada. Ele pode ser usado em diversas preparações doces e salgadas, ou batido com frutas ou cacau e tomado em forma de vitamina.

Leite de quinoa – é considerado um alimento completo pela Organização Mundial da Saúde, pois é composto por todos os nutrientes necessários ao nosso organismo. Pode ser encontrado em pó, pronto para consumo, ou pode ser feito em casa. Duas colheres de sopa do grão, 200ml de água

Leite de amaranto – tem as mesmas características nutricionais da quinoa e também pode ser facilmente feito em casa.

##Receita de bolo fit com leite de coco caseiro

Ingredientes:
2 ovos;
200 ml de leite de coco caseiro
4 colheres de sopa de adoçante culinário;
2 colheres de sopa de óleo de coco;
1 xícara de farinha de arroz;
1 xícara de coco ralado sem açúcar;
1 colher de sobremesa de fermento em pó.

Modo de preparo: Coloque os ovos, adoçante, leite de coco e o óleo de coco no liquidificador e bata bem até obter uma mistura homogênea. Acrescente a farinha de arroz e o coco ralado. Bata mais um pouco até a massa ficar mais consistente. Por último adicione o fermento em pó e misture levemente sem bater. Unte uma assadeira média com óleo de coco e despeje a mistura. Leve ao forno por 30 a 40 minutos a 180 graus ou até assar. Quando esfriar, desenforme e sirva.

Daniela Künsch

(1534Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.