Blog Corrida de Rua vai levar time de corredores para a Dez Milhas Garoto e Garotada

Há quatro anos, a Mantle Brasil “veste a camisa” do Blog Corrida de Rua e desenvolve um uniforme exclusivo para a participação na Dez Milhas Garoto. Em 2018, o projeto de cobertura do evento está ainda mais especial. Um time de corredores, que representa as diversas categorias da prova, vai vestir a camisa do blog para encarar os 16km e contar a experiência de participar da maior corrida de rua do Espírito Santo.

A frente da camisa tem a cor vermelha com ilustrações do Convento da Penha e da Terceira Ponte, cenários do percurso de 16 quilômetros, que terá largada na Praia de Camburi, em Vitória, e chegada na Fábrica da Chocolates Garoto, em Vila Velha. A cor amarela estampa as mangas da camisa que traz nas costas as logomarcas dos parceiros: Mantle, O2 Fit, Ponto 1 Academia, Bianca Passos Nutricionista e Jornal On Line Folha Vitória.

Integrantes do time – Essa será a minha 7ª participação na Dez Milhas Garoto. E todos os que foram escolhidos para compor o time do Blog Corrida de Rua são uma inspiração para mim. Nos dias 1 e 2 de setembro, vamos vestir a camisa feita especialmente para esse projeto. O objetivo é, através da história de cada um deles, inspirar pessoas e trazer novos adeptos para esse esporte que a cada dia cresce no país, muda hábitos e salva vidas de doenças e males.

O primeiro a entrar “em campo”, ou melhor, no asfalto, será Pedro Henrique Künsch, 9 anos, que na véspera da Dez Milhas Garoto participa da Garotada, onde vai correr 400 metros que podem influenciar o seu futuro na corrida.

Na madrugada de domingo, horas antes da largada oficial da Dez Milhas Garoto, o ultramaratonista Elcio Alvares Neto começa a dobrar o percurso. Ele vai fazer os 16km no sentido inverso – da Fábrica da Garoto até a Praia de Camburi. Depois, o atleta se alinha ao nosso time para a largada oficial dos 16km de Vitória até a Glória.

Com a força dos braços e da mente, o paratleta Marcos Vinícius Barcellos será o primeiro a largar oficialmente abrindo o percurso sobre uma cadeira de atletismo.

Logo atrás, estará a advogada Héllen Fante, campeã da categoria “Atleta Capixaba” no ano passado, que em busca do bicampeonato tem grandes chances de representar o Blog Corrida de Rua no pódio.

Braz Marino, corredor veterano, que só esteve ausente de quatro das 28 edições da Dez Milhas Garoto, vai levar no peito o orgulho e o peso das suas 24 medalhas e esbanjar experiência ao longo do percurso. E é por cima da camisa do Blog Corrida de Rua que ele vai colocar a 25ª medalha!

O jornalista e estreante na Dez Milhas Garoto, Edu Kopernick, dará cada passada com a força de um pai que cumpre uma promessa feita à filha.

Eduardo Sampaio, exemplo de superação, vai somar mais 16km no caminho – com centenas de quilômetros – que já percorreu em busca de qualidade de vida.

Daiane Souza, representante da categoria “Funcionário Garoto”, será a anfitriã do nosso time na chegada à fantástica Fábrica de Chocolates Garoto, onde ela “corre” na produção do Serenata de Amor, guloseima genuinamente capixaba e carro-chefe da marca.

Por fim, eu, Daniela Künsch, autora do projeto de cobertura da maior corrida de rua do Espírito Santo, vou vestir a camisa do time que idealizei e cruzar a linha de chegada após absorver ao longo do percurso a alegria e o vigor de Pedro, a força de Elcio, a superação de Marcos Vinícius, a determinação de Hellen, o orgulho de Braz, o entusiasmo de Edu, a inspiração de Eduardo e a energia de Daiane!

Perfil dos integrantes

Pedro Henrique Künsch, 9 anos, estudante
Categoria Garotada
Pedro Henrique Künsch começou a correr quando tinha seis anos, estimulado pelo pai, que é corredor. Essa será a sua terceira participação na Corrida Garotada. Pedro encara os 400 metros na manhã de sábado, dia 1º de setembro, na orla de Itaparica, e será o primeiro integrante do time a correr.

Elcio Alvares Neto, 38 anos, autônomo
Ultramaratonista
Elcio é faixa preta de Jiu Jitsu e começou a correr há 23 anos. Tornou-se ultramaratonista há sete. Participou de 10 edições da Dez Milhas Garoto e a primeira foi em 2008. O atleta mantém a tradição de fazer a dobra do percurso da prova e a cada edição faz, antes da largada, o percurso de 16km no sentido contrário – de Vila Velha a Vitória – e depois larga oficialmente, totalizando 32km percorridos.
O que te leva a se inscrever na Garoto? “A garantia de um dia de felicidade”.
Qual a parte do percurso você mais gosta? “A subida da Terceira Ponte quando me vejo num mar de pessoas. Todas com o mesmo propósito!”
Qual sua expectativa para a prova? “A minha expectativa é de cruzar a linha de chegada de cabeça erguida e com o sentimento de dever cumprido”.
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? Me senti honrado em vestir essa camisa.

Marcos Vinicius Barcellos da Silva, 42 anos, paratleta
Categoria Paratleta Cadeirante
Marcos é atleta de natação e está iniciando no paratriathon. Começou a correr em 2014, após ter um problema de saúde. Participou de duas edições da Dez Milhas Garoto. A primeira foi em 2014.
O que te leva a se inscrever na Garoto? A valorização da prova ao atleta com deficiência
Qual a parte do percurso você mais gosta? A subida da Terceira Ponte
Qual sua expectativa para a prova? A melhor possível
O Blog Corrida de Rua é uma fonte de informação pra você? Sim
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? Gostei!
Siga o Marcos: Instagram @marcosvinicius_es e Facebook Marcos Vinicius Barcellos


Héllen Lima Fante, 32 anos, advogada

Categoria Atleta Capixaba
Começou a correr em 2011 com o intuito de perder peso. Sua primeira participação na Dez Milhas Garoto foi em 2011 e já participou de cinco edições da prova. A parte do percurso que mais gosta é a orla da praia em Vila Velha.
O que a leva a se inscrever na Dez Milhas Garoto? “Inicialmente foi uma conquista pessoal: completar a prova. Atualmente, participa com intuito competitivo”.
Qual sua expectativa para a prova? “Tentar conquistar novamente o título de melhor capixaba e abaixar meu tempo em relação ao ano passado”.
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? É através do Blog Corrida de Rua que busca informações sobre corridas quando pretendo participar de alguma prova. Senti-me lisonjeada pelo convite, tanto por se tratar de um canal grande referência no Estado e bem-conceituado, bem como por ser conduzido por uma jornalista querida e amante das corridas como eu.
Siga a Héllen: Instagram @hellenfante | Facebook  https://www.facebook.com/hellen.fante


Daiane Souza, 32 anos, operadora industrial
Categoria Funcionário Garoto
Começou a correr há cinco anos após um início de depressão. “Decidi sair dessa e a corrida me escolheu”. Participou de quatro edições da Dez Milhas Garoto e a primeira foi em 2013.
O que te leva a se inscrever na Garoto? Prazer em saber que através dela superei meus limites.
Qual a parte do percurso você mais gosta? A ponte! Parece loucura, mas não é! Risos.
Qual sua expectativa para a prova? Concluir a prova bem e ficar entre as três primeiras colocadas na Categoria Funcionário.
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? Lisonjeada, pois admiro muito a Dani!
Siga a Dai: Instagram @Daiane Souza

 

Braz Marino Galter, 63 anos, aposentado
Corredor Veterano
Começou a correr em 1993. Foi observando os amigos corredores, há 25 anos, que resolveu encarar o asfalto e se desafiar. E assim tudo começou. Das 29 edições da Dez Milhas Garoto, participou de 24!
O que te leva a se inscrever na Garoto? “É a melhor corrida capixaba!”
Qual a parte do percurso você mais gosta? “A travessia da Terceira Ponte. Um visual sem igual!”
Qual sua expectativa para a prova? “Completar bem, sem me preocupar em “baixar” meu tempo. Enfim, correr e me divertir. Encontrar com velhos amigos corredores.”
O Blog Corrida de Rua é uma fonte de informação pra você? Sim, pois é uma fonte de informações de respeito e conhecimento de causa, comandado por Daniela Paiva Künsch.
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? Me senti honrado! É muito bom fazer parte de um time de craques das corridas.


Edu Kopernick, 44 anos, jornalista
Estreante na Dez Milhas Garoto
Começou a correr há três meses após ter feito sua inscrição na Dez Milhas Garoto. Nunca participou de nenhuma edição da prova.
O que o levou a se inscrever na Garoto? “Minha filha Olivia, de 11 anos, correu a Garotada no ano passado. Ela gostou muito. E pediu para correr este ano de novo. No ato da inscrição, não sei por que, me inscrevi também. Acho que pode ser um começo de algo maior para a minha saúde. Veremos”
Qual a parte do percurso você mais gosta? “Nenhum! Hoje o percurso apenas parece um monstro para mim. Risos”.
Qual sua expectativa para a prova? “Chegar pelas minhas próprias pernas, sem precisar da  ambulância!”
O Blog Corrida de Rua é uma fonte de informação pra você? “Claro que é. Para nossa realidade regional, é a melhor fonte de informação disponível”.
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? “Aterrorizado! Risos. Afinal, agora não dá para não correr. Compromisso é compromisso! Mas, vamos lá”.

Eduardo Sampaio Costa Pinho, 33 anos, técnico em automação
Exemplo de superação
Começou a correr há 4 anos e meio para perder peso e melhorar a qualidade de vida. “Comecei sozinho através do incentivo de um grande amigo que me disse “Vá caminhar 15 minutos”. Fui e não parei e não pretendo parar mais”. Participou de três edições da Dez Milhas Garoto e a primeira foi em 2015.
O que te leva a se inscrever na Garoto? Foi a minha primeira corrida oficial e pretendo manter essa tradição todos os anos.
Qual a parte do percurso você mais gosta? A largada e a chegada, pois é onde geralmente a minha família fica.
Qual sua expectativa para a prova? Completar, me divertir e me superar.
O Blog Corrida de Rua é uma fonte de informação pra você? Com certeza! Tem um ótimo conteúdo.
Como se sentiu ao receber o convite para vestir a camisa do time do Blog? Muito feliz e honrado.
Siga o Dudu Facebook eduardo.sampaio.7

Daniela Paiva Künsch, 37 anos, jornalista
Autora do Blog Corrida de Rua
Começou a correr há 6 anos para continuar na luta contra a obesidade após ter sido submetida à cirurgia bariátrica. “Essa será a minha 7ª edição da Dez Milhas Garoto. A primeira foi em 2012”.
O que te leva a se inscrever na Garoto? É a corrida que me inspira, que mais me emociona tanto na largada quanto na chegada. Também é a que eu mais me dedico com treinamento”.
Qual a parte do percurso você mais gosta? A Terceira Ponte, pelo visual, e a Orla de Vila Velha (pelo desafio). A praia é o trecho onde mais estou cansada e onde eu preciso buscar ainda mais força para não parar.
Qual sua expectativa para a prova? Dar o meu melhor de todas as edições que já participei.
Siga a Dani Instagram @danikunsch @corridaderuaES Facebook Daniela Paiva Künsch.

Daniela Künsch

(1555Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.