Emoção toma conta de amigas que irão fazer os primeiros 42km na Maratona do Rio

Contagem regressiva para a Maratona do Rio 2019. No próximo domingo (23), cerca de 30 mil corredores vão percorrer as ruas da Cidade Maravilhosa para realizar o sonho de completar os temidos 42km e buscando sentir aquela forte emoção de cruzar a linha de chegada após um longo período de preparação. Entre eles, estarão as atletas do Espírito Santo Leilane Mereles Cerri Speroto, de 33 anos, e Silvia Anderson Monteiro Bettio, de 49 anos.

A dupla de amigas vai estrear numa maratona e não contém a ansiedade. Afinal, elas são parceiras de treino na equipe Ative Treinamento Esportivo Integrado e decidiram juntas encarar esse desafio. Agora, é esperar o momento da largada e sentir aquilo que apenas quem completa uma maratona entende.

A apreensão e a confiança correm lado a lado. A emoção está estampada nas entrevistas.

Leilane Mereles Cerri Speroto, 33 anos, administradora

“Um ano após encarar mais uma meia maratona em São Paulo, diga-se de passagem a mais difícil que fiz, completei decidida que em 2019 faria uma maratona. De lá pra cá, aconteceram inúmeras coisas: lesão, problemas pessoais… Mas isso não impediu dar continuidade ao sonho de me tornar maratonista. Há seis meses iniciaram as preparações para encarar o desafio, o que requer muita disciplina, dedicação, abdicação, força, foco e fé.

A preparação não é moleza, pois, além de corredora amadora, tem trabalho, esposo, filho e muitos percalços ao longo do caminho. Agradeço imensamente a vocês, filho e esposo, por entender, apoiar e se orgulharem das minhas escolhas e meus sonhos.

Para isso, conto com minha parceira Silvia Bettio, que topou o desafio comigo e seguimos nessa jornada. Ter orientação profissional faz toda diferença nesse processo. Agradeço ainda ao meu professor Tiago Thomaz por fazer um excelente trabalho conosco. Tive também de procurar ajuda nutricional, pois minha alimentação era péssima no pré e pós-treino, complicando a recuperação muscular e até mesmo o gás para os treinos.

A preparação é intensa, parece que não vamos dar conta, mas com o tempo vamos ganhando confiança e percebendo também que 70% é a mente que comanda.

A menos de uma semana da prova, vêm os momentos de apreensão… Porém, a fé e confiança vão além. Já estão entregues a Deus a minha mente, meu corpo, cada músculo e célula, porque Ele já cuidou de tudo. Que venha a tão sonhada maratona!”

Silvia Anderson Monteiro Bettio, 49 anos, bancária

“Comecei a correr em 2008. A maioria das minhas provas era de 10km, sendo a Dez Milhas Garoto a maior quilometragem. Até que entrei na Ative Treinamento E. Integrado e passei a fazer provas de 21km, quando a minha amiga Leilane Speroto me chamou para fazer a Maratona do Rio em 2019.

Nossa aventura começou quando fizemos a inscrição no dia 10/09/18. No início de janeiro de 2019, começou a preparação física para a prova.

Como não tinha feito uma distância tão grande, não tinha ideia de como seria a reação do corpo e da mente, mas, com orientação, treinamentos e disciplina, que foram coordenados por Tiago Thomaz, e acompanhamento nutricional de Jefferson Gonçalves de Almeida, Leilane e eu conseguimos vencer cada etapa dos treinamentos, que eram compostos de rodagens, fortalecimento muscular e uma dieta nutricional.

Hoje me sinto preparada para esse desafio: minha primeira maratona!!! Estou muito feliz e confiante e que seja a primeira de muitas maratonas!

Minha família sente muito orgulho de uma mãe/esposa corredora, mas meu maior incentivador para correr uma maratona foi meu filho Angelo.

Agradeço a Deus, aos meus filhos Angelo, Matheus e Maria Eduarda, e a meu esposo Angelo por esse apoio”.

Percurso

A Maratona do Rio terá alterações no percurso este ano por conta da interdição da avenida Niemeyer por determinação judicial. A medida atende a um requerimento do Ministério Público após os constantes episódios de deslizamentos na via.

A largada, que antes era na Praia do Pontal, no Recreio, agora será no Aterro do Flamengo. Após a largada, os atletas irão em direção ao centro da cidade, relembrando um percurso histórico, que também foi explorado nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Logo, os participantes irão passar pela Marina da Glória, Monumento dos Pracinhas, Praça XV, Igreja de São José, Candelária, Pira Olímpica, Centro Histórico e Boulevard Olímpico mantendo a rotina de cartões postais da cidade, o que é uma tradição da Maratona do Rio. Na sequência, a prova volta para o Aterro, seguindo para Copacabana e Ipanema até fazer a volta no final da praia do Leblon, para retornar em direção ao Aterro, passando também pelo Leme no trajeto de volta.

Independente do percurso, a emoção será a mesma. Boa sorte para Leilane, Silvia e todos corredores que irão participar da Maratona do Rio! Tragam as medalhas e um sentimento indescritível na bagagem.

Matheus Thebaldi

(86Publicações)

Acompanhava as pessoas nas corridas e ficava impressionado com tamanho fôlego e com tanta disposição até a chegada. Mal corria na esteira. Foi quando fiz uma prova para concurso em 2009 e a mesma exigia o famoso TAF, tendo que correr 2,4km em 12 minutos. Comecei a treinar e não parei mais. Não passei na prova, mas me tornei um viciado em corrida de rua, tendo já feito, inclusive, três maratonas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *