Vila Nova vence e conquista Copa Vila Velha Verão 2018

A final da Copa Vila Velha Verão 2018, que aconteceu na última sexta (26), na arena da Praia da Costa, em Vila Velha, contou com algumas das principais jogadoras de futebol de areia do país e realmente mostrou que o Espírito Santo continua sendo um celeiro na modalidade. E num jogo de altíssimo nível, decidido apenas no último período, o Vila Nova conseguiu vencer o Geração pelo placar de 4 a 1. O Vila Nova mostrou desde o início que estava disposto a deixar o título dentro de casa. E, logo nos primeiros minutos de partida, a atacante Thais, do Vila, roubou uma bola no campo de defesa e, no início da arrancada logo finalizou, colocando a bola nas redes, sem chance para a goleira Deborah, do Geração.

Equilibrado, o jogo seguiu com o Geração buscando de todas as formas os gols, principalmente com a bola nos pés da atacante Fernanda Sabaini, eleita a melhor jogadora da competição. Mas todas as ações ofensivas da equipe de Vitória esbarraram em noite brilhante da goleira Adelayne, do Vila, eleita a melhor do torneio na posição, que, com defesas incríveis, em lances cruciais da partida, acabou garantindo o título para o Vila Nova. O Geração ainda tentou usar a goleira-linha Dani, no último período, mas a noite era realmente do Vila Nova, que acabou vencendo a partida pelo placar de 4 a 1, com gols de Tuanny (2) e Thais (2). Fernanda Sabaini ainda descontou para o Geração.

Nas premiações individuais, Tuanny (Vila Nova) terminou na artilharia da competição, com 7 gols. E, por unanimidade, Fernanda Sabaini (Geração) foi eleita a melhor jogadora do torneio, e Adelayne (Vila Nova) a melhor goleira da competição.

Agora, segundo o treinador do Vila Nova, o professor Luciano Tadino, que também é treinador da seleção brasileira de Fut7, a equipe volta todas as suas atenções para seu calendário esportivo, que segue com o futebol de campo, na disputa do Campeonato Brasileiro.

Já o Geração busca se organizar com outras equipes do Estado, e também do Brasil, para tentar dar sequencia em suas atividades, construindo um calendário de competições para a temporada. Para Carlos Henrique, treinador do Geração, é preciso ajustar o caminho entre o futebol de areia que é praticado e aquele que está organizado em todo país, seja no feminino ou no masculino. “Em qualquer esporte, só é possível ter uma modalidade forte se existirem clubes e projetos esportivos desta modalidade muito fortes também. E a única forma disto acontecer é fortalecendo justamente esta turma, que precisa de espaços organizados e oficiais para esta prática esportiva. Como fazer isso? Talvez a criação de uma Liga seja oportuna para o momento, assim como outras modalidades já fizeram. Mas não como força paralela! E, sim, como força complementar ao que se tem na modalidade hoje”, finalizou.


Viu algo interessante no mundo do esporte?  
Envie sugestão para:

[email protected]

Facebook_icon.svgfoto-instagram-esboco-do-logotipo-da-camera_318-56004

Lívia Albernaz

(646Publicações)

No blog Louca por Esportes, você vai ver de tudo sobre esportes: desde o mercado do futebol até as promessas capixabas nos demais esportes, mostrando que o Espírito Santo é um celeiro de bons atletas. Personagens, curiosidades e muita informação para quem é apaixonado por esporte. Lívia Albernaz, que assina o blog, é jornalista e atualmente trabalha em assessoria de comunicação na área de esportes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *