17/8/2011 às 16h24 - Atualizado em 17/8/2011 às 17h29

Desportiva Ferroviária consegue adiar leilão do estádio Engenheiro Araripe

Redação Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução
O leilão que poderia retirar a posse da Desportiva Ferroviária do Estádio Engenheiro Alencar de Araripe foi cancelado temporariamente. O motivo da realização do leilão é uma dívida do clube com a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) de aproximadamente R$ 463 mil. O adiamento foi decidido nesta quarta-feira (17), dia em que o mesmo seria realizado conforme decisão da Justiça Estadual de Cariacica.

Segundo o presidente do clube, Robson Santana, a Desportiva enviou algumas propostas que estão sendo observadas pela Cesan, e o resultado da negociação ainda deve ser prolongado. "Vamos nos reunir novamente para decidir sobre o leilão. Conseguimos o adiamento, enviamos algumas propostas para a Cesan, e a definição sobre o assunto só deve sair em trinta ou quarenta dias", afirma Robson Santana.

A assessoria de comunicação da Cesan disse que até o momento as informações continuam as mesmas citadas pelo presidente da Desportiva.

Entenda o caso

De acordo com as informações da assessoria, em 2003, a Cesan ingressou com uma ação de cobrança por serviços prestados à Desportiva no valor atualizado em 31 de julho deste ano de R$ 435.716,82.

Concomitantemente, em 2009 a Cesan ingressou com uma nova ação devido a débitos de uma segunda matrícula (hidrômetro) que está no valor de R$ 27.996,47, atualizados em 31 de julho de 2011, referente a débitos relacionados à prestação de serviços que a empresa ganhou em juízo em está em fase de execução.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014