Botafogo bate Chapecoense, ganha a 1ª fora de casa e encerra jejum de vitórias

 Versão para impressão  

Chapecó - O Botafogo, enfim, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Depois de quatro partidas sem ganhar nenhum jogo na competição, a equipe do técnico Jair Ventura derrotou a Chapecoense por 2 a 0, neste domingo, na Arena Condá, em Chapecó, pela oitava rodada. Roger e Rodrigo Pimpão foram os autores dos gols.

Apesar da derrota diante de seus torcedores, a Chapecoense continua na zona de classificação da Copa Libertadores, em quinto, com 13 pontos. Já o Botafogo, que conquistou sua primeira vitória fora de casa no Brasileirão, chegou aos 12 e se garantiu na sétima posição.

A Chapecoense aproveitou o apoio da torcida, começou pressionando e quase abriu o placar aos oito minutos: Apodi recebeu dentro da área, passou por Igor Rabello e bateu rasteiro para a defesa de Gatito Fernández. Quem marcou, porém, foi o Botafogo. Aos 28, Bruno Silva recebeu de Rodrigo Pimpão e tocou para Roger na saída de Jandrei. O atacante completou para o gol aberto.

A Chapecoense ameaçava uma reação no segundo tempo, mas, logo aos oito minutos, quando Arnaldo cruzou e Luiz Otávio furou, a bola bateu no joelho de Rodrigo Pimpão e entrou. Depois, o time carioca passou a apostar no contra-ataque e criou duas boas oportunidades com Bruno Silva, defendidas por Jandrei. Sem criatividade, os catarinenses apostaram nas bolas aéreas, sem sucesso.

O time catarinense volta a campo na quinta-feira, contra o Flamengo, no Rio de Janeiro. Na quarta, por sua vez, o Botafogo faz o clássico com o Vasco, no Engenhão. Os dois jogos são válidos pela nona rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE 0 X 2 BOTAFOGO

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Victor Ramos e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e Seijas (Neném); Osman (Niltinho, depois Túlio de Melo), Wellington Paulista e Arthur Caíke. Técnico: Vágner Mancini.

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Montillo). Técnico: Jair Ventura.

GOLS - Roger, aos 28 minutos do primeiro tempo; Rodrigo Pimpão, aos oito do segundo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Lindoso e Gatito Fernández (Botafogo).

RENDA - R$ 252.020,00.

PÚBLICO - 11.603 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

 Versão para impressão  

MAIS LIDAS

Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016