Fachada cobogó – iluminação natural e muito bom gosto em projeto residencial

Essa é a  Casa Clara localizada em Brasília. Quem assina são os arquitetos Eduardo Sáinz, Lilian Glayna do escritório 1:1 Arquitetura Design. Um projeto de metragem ligeiramente reduzida – 123.0 m2 de área – e de personalidade forte. O volume da casa está delicadamente apoiado no terreno inclinado, a vista do interior é livre, com soluções funcionais e a iluminação natural é uma característica forte, já que o cobogó compõe a fachada como elemento principal. É o material de destaque na forma, garantindo a privacidade dos moradores, com faces que são ora fechadas, ora abertas e também mistas. O controle da insolação e alta temperatura da tarde brasiliense também é controlado pelo cobogó, que permite apreciar o maravilhoso por do sol pelos espaços vazios. Para apresentação da casa, os registros de Edgard Cesar, nos mostram detalhes incríveis e que chamam a atenção pela criatividade dos autores. Confira:Casa_Clara_-_Um_a_um_-_21 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_20 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_7Segundo os arquitetos, a família que mora dentro é também reduzida, um casal, um filho e dois gatos. As demandas foram comuns; 2 quartos, 1 banheiro, cozinha integrada e mais outras pequenas demandas. A demanda mais importante é uma metragem pequena e de fácil construção.Casa_Clara_-_Um_a_um_-_17 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_12 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_10

A casa privilegia o conforto térmico, iluminação natural, ventilação cruzada, ambas claramente identificadas na solução formal.

Casa_Clara_-_Um_a_um_-_8 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_2

O terreno é de esquina, tendo assim duas fachadas vulneráveis quanto à privacidade; uma parede fica solta, bloqueando a vista dos curiosos para o interior da casa, e na outra fachada o cobogó faz o papel de Muxarabi, escondendo as atividades dos moradores de olhos curiosos, atividades tão próprias de uma casa, a solução da casa é honesta, em sinergia com o contexto e com os moradores.

Casa_Clara_-_Um_a_um_-_16 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_1

A casa clara é também uma lição de design interior, austero e brasileiro. Todas as soluções adotadas são claras. O mobiliário é privilegiado com cadeiras do Sergio Rodrigues,  poltronas de Zanine Caldas, banco de Leo Romano, sofá e poltronas do Estúdio Bola, o aparador, estante e marcenarias ficaram a cargo do estúdio virgula zero.

Casa_Clara_-_Um_a_um_-_5 Casa_Clara_-_Um_a_um_-_19

A fonte deste post é o Archdaily – maior plataforma de arquitetura do Brasil.

Anne Carpe

(281Publicações)

No comando do Art et Décor, programa pioneiro nos segmentos de arquitetura e decoração, Anne Carpe é jornalista, mas antes de tudo, se aventurou no curso de design de interiores para desbravar o mundo da criação. Atenta as tendências, notícias e a tudo que se refere ao novo, ela conseguiu somar o jornalismo e a paixão pelo design em um espaço de comunicação. Faz parte do time da TV Vitória/Rede Record desde o inicio de 2013. Trabalhou como repórter dentro dos jornais da programação, participou da produção e execução de importantes séries e hoje atua como editora-chefe e apresentadora do programa Art et Décor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>