Meu filho engasgou, e agora?

por Daliana Lopes



Crianças podem engasgar com objetos levados à boca ou mesmo durante a alimentação. É muito importante saber identificar um episódio desses para tomar as providências adequadas.

As causas mais frequentes de engasgo (obstrução de vias aéreas por corpo estranho) em crianças menores de 1 ano são devido à:

– Aspiração de leite regurgitado;

– Aspiração de objetos como moedas, botões, peças pequenas de brinquedos, chicletes, balas, etc..

Como saber se seu filho engasgou?

Fique atenta a esses sinais:

– Dificuldade respiratória de início súbito;
– Tosse, chiado;
– Náusea;
– Agravamento da dificuldade respiratória, cianose, (cor arroxeada) e perda de consciência.

O que você deve fazer?

Em primeiro lugar, tente manter a calma!

TAPOTAGEM ENGASGO
Para bebês até um ano de idade realizar a seguinte técnica:

– Efetuar cinco palmadas nas costas da criança (entre as escápulas). A criança deve estar apoiada no seu antebraço, com a face voltada pra baixo, mantendo a cabeça mais baixa que o tronco;

– Logo depois virar a criança e realizar 5 compressões torácicas na altura da linha mamilar, no esterno (osso entre os mamilos);

– Se a criança retornar a chorar ou tossir, suspender a ação, caso a criança continue inconsciente, somente parar com as manobras quando o serviço de Emergência chegar ao local;

No caso de engasgo em  crianças com mais de 1 ano de idade, você pode realizar a manobra de HEIMLICH:

Woman Performing the Heimlich Maneuver on a Boy (10-12) --- Image by © Royalty-Free/Corbis

Woman Performing the Heimlich Maneuver on a Boy (10-12) — Image by © Royalty-Free/Corbis

– Posicionar-se em pé ou ajoelhado atrás da criança, com os braços diretamente abaixo das axilas, abraçando-a em torno do abdômem;
– Manter suas pernas levemente afastadas para amparar uma possível queda da criança;
– Colocar sua perna dominante entre as pernas da criança;
– Fechar uma das suas mãos em punho contra o abdome da criança e colocar acima do umbigo (entre o umbigo e a porção inferior do esterno, osso que separa o tórax).
– Agarrar o punho fechado com a sua outra mão;

 

– Exercer cinco rápidas compressões no local, para dentro e para cima, na direção da cabeça;
– Verificar se a criança expeliu o objeto ou alimento;
– Se a resposta for negativa continuar as compressões abdominais até que o corpo estranho saia pela boca;
– Uma vez expelido o corpo estranho, a vítima voltará a respirar normalmente.

Sempre em caso de engasgo chame um serviço de Emergência, mesmo que a criança volte a respirar, pois a mesma necessita ser examinada por um profissional de saúde.

 

HEIMLICH 3

Priscila Moura

(318Publicações)

Priscila Moura é mãe de um casal e tenta equilibrar as aventuras da maternidade, vida pessoal e carreira. Atualmente, é sócia em uma empresa focada no público mãe e coordena a FanPage Francisquice.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *