2 fev 2011

As previsões da numerologia para os nascidos no dia 02

Publicado às 7:00 | Postado por Folha Vitória

Reflexão

Aprendemos desde crianças a valorizar aquilo que tem preço. Valorizamos a marca das roupas, do carro, avaliamos os outros pelos trajes e aí por diante… Mas será que nos sentimos bem, nos satisfazemos com isso? Se aprendêssemos a avaliar o conteúdo das pessoas e descartássemos o rótulo, descobriríamos que existem verdadeiros diamantes em sua forma bruta.

Na estação do metrô de New York fizeram uma experiência para provar que muitas pessoas valorizam rótulos e não dá importância aquilo que realmente tem valor.  O texto foi obtido da redação “momento espírita e comentado” por Willian Hazlitt, diz mais ou menos assim: “Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer. Eis que o sujeito desce na estação do metrô de New York, vestindo jeans, camiseta e boné. Encosta-se próximo à entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo, para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos em que tocou foi praticamente ignorado pelos passantes”.

Ninguém sabia, mais o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas, num instrumento raríssimo, um stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares. Detalhe: alguns dias antes, Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custaram à bagatela de mil dólares. A experiência do metrô foi gravada em vídeo e mostrou homens e mulheres de andar ligeiro, copos de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço. Indiferentes ao som do violino. A iniciativa realizada pelo jornal The Washington Post era de lançar um debate sobre valor, contexto e arte.

Para que não nos esquecêssemos da essência, que por vezes fica despercebida e desvalorizada, uma empresa de cartões de crédito vem investindo a algum tempo em propagandas, onde depois de mostrar vários itens, com seus respectivos preços apresenta uma cena de afeto, de alegria e informa: Não tem preço. É isso que precisamos aprender a valorizar, aquilo que não tem preço, porque não se compra. Não se compra a amizade, o amor, à afeição. Não se compra carinho, dedicação, abraços e beijos. Não se compra, raios de sol, nem gotas de chuva. A canção do vento que passa sibilando pelo tronco oco de uma árvore é grátis.

A criança que corre espontaneamente ao nosso encontro e se pendura em nosso pescoço, não tem preço. O colar que ela faz contornando-nos o pescoço com os braços não está à venda em nenhuma joalheria. E o calor dura enquanto durar a nossa lembrança. O ar que respiramos, a brisa que embaraça nossos cabelos, o verde das árvores e o colorido das flores nos são dado por Deus, gratuitamente. Devemos pensar nisso e aproveitar mais, tudo que está em nosso alcance, sem preço, sem patente registrada. Usufruamos dos momentos de ternura que os amores nos ofertam, intensamente, entendendo que sempre a manifestação do afeto é única, extraordinária, especial. Fiquemos mais atentos ao que nos cerca, sejamos gratos por aquilo que nos é ofertado e sejamos felizes desde hoje, enquanto o dia nos sorri e o sol despeja luz em nosso coração apaixonado pela vida. Portanto: “oriente sua mente e mude a sua vida e seus atos”.

Aniversariantes do dia

Os nativos desta quarta-feira são os aquarianos (21/01 a 19/02).  Tem como governante do signo o planeta Urano. Seu guardião é o Arcanjo Uriel. Quem nasce numa quarta-feira, independente do signo, recebe as influências do planeta Mercúrio que favorece os contatos, a escrita e as comunicações de uma forma geral. Nas questões amorosas e nos relacionamentos sociais a sua inconstância é evidente e raramente deixam que uma relação avance muito além de um determinado período.

Para a numerologia, quem nasce no dia 02, são pessoas diplomáticas, gostam do trabalho em equipe, apreciam as artes, musicais, dança e a fartura. Deve evitar a subestimação de suas qualidades. A autodisciplina vai garantir sucessos na vida profissional, contudo devem estar atentos as influências das relações interpessoais. Destacam-se profissionalmente como: músicos, pintores, dançarinos, escriturários e tudo que é ligado às artes. Parabéns a todos.

A lua hoje é nova (23h32m) – Período de introspecção, indefinição, da busca de novos caminhos e não propício para decisões. Esta é a fase ideal para conhecer pessoas e se relacionar sem compromisso.

Santo do dia: A igreja católica comemora hoje o dia da Apresentação do Senhor e Nossa Senhora das Candeias.

Simples soluções: Para preparar quiabo sem baba. Os quiabos devem ser cortados e colocados em uma tigela com água e limão por 15 minutos. Depois, lave ligeiramente e cozinhe.

Você sabia: Que o porco é o único animal que se queima ao sol além do homem?

Pensamento do dia: “Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando… Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu…”. (Luiz Fernando Veríssimo)

YURI ATHAYDE – Massoterapeuta e professor de terapias alternativas. Contato: Tel. (027) 30322616 – espacoastral@folhavitoria.com.br – Colaboração de Leia Rassele. 

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
  • 02/02/11 - 19:31, Dôra comentou:

    Olá Yuri:
    Muito bem colocada a sua Reflexão: NÃO TEM PREÇO. Realmente, se todos nós soubéssemos o valor que cada um tem, representa. Nenhum sentimento, tem preço. A natureza está aí de forma que podemos contemplá-la e usufruir de seus benefícos sem nada ter que pagar. Os bons sentimentos, é o que acho de grande e total importância, também não tem preço. Jamais haverá preço para o amor, o carinho a amizade que temos em relação aos outros. E o que é ainda mais real: a VIDA que recebemos. Devemos cuidar de nós dos que estão à volta e saber cultivar e aplicar esses sentimentos tão bem descritos nesta Reflexão. Enfim, tudo aquilo que temos em nosso ser de melhor, NÃO TEM PREÇO!
    Um forte abraço,
    Dôra

  • 02/02/11 - 20:55, fatima comentou:

    Por incrivel que pareça,tudo o que existe de melhor naõ tem preço. o amor, um abraço, uma amizade etc. tudo aquilo que compramos se deteriora e acaba com o passar do tempo. o certo mesmo é valorizar o amorr, vamos nos amar uns aos outros pessoal, que é isso que interessa e nos faz feliz.

  • 07/02/11 - 10:15, ailson jose comentou:

    A reflexão é muito boa. Não tem preço.

Faça seu comentário

*O e-mail não será divulgado no seu comentário

Alterando sua foto

Para a sua foto aparecer em seus comentários, é só seguir os passos abaixo:

- Faça um cadastro no site Gravatar (link: www.gravatar.com), com upload da foto.
- Ao comentar nas postagens, preencha o campo com o mesmo e-mail que você cadastrou no Gravatar.

4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2013