Agências de viagens entram na Justiça para que empresa vencedora do leilão da Avianca honre as passagens já emitidas

Em Vitória, os dois voos da companhia partindo  para Guarulhos e dois retornando foram cancelados.

A 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo está analisando petição para que a  a empresa vencedora do leilão da Avianca Brasil, marcado para o dia 7 de maio, se comprometa a honrar as passagens já emitidas pela companhia. São milhares de passagens a serem utilizadas até o final do ano, segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) e a Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), que  acabam de entrar a petição.

Em nota, as duas associações também defendem que as agências e operadoras de viagens não sejam responsabilizadas solidariamente, já que recebem, em média, apenas 10% do valor total dos bilhetes aéreos, e não têm influência sobre a suspensão de operações e o descumprimento da companhia aérea na prestação de serviço aos consumidores.

Estão habilitadas para o leilão as companhias Gol, LATAM e Azul que poderão arrematar ativos, a parte boa da Avianca Brasil, que inclui slots (autorização de pousos e decolagens) nos aeroportos de Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ) e Guarulhos (SP), além do banco de dados do Amigo, programa de fidelidade da companhia.

Com sete aviões em sua frota, a Avianca Brasil está operando voos em Congonhas, Santos Dumont, Salvador e Brasília, além de voos para Fortaleza e Salvador. Em Vitória os dois voos partindo  para Guarulhos e dois retornando foram cancelados. Com a concentração do mercado, as passagens aéreas vendidas por Gol, LATAM e Azul estão mais caras.

Pretende viajar por outra companhia? Saiba aqui como fugir dos preços altos

Fonte: Tudo Viagem

 

(962Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *