Boas marcas vêm de grandes esforços, por George Bomfim

George Bomfim é publicitário, diretor criativo da Exemplo de Propaganda e responsável pela criação de grandes marcas, como Dadalto, D&D, Supermercados Perim, Óticas Paris, Imobiliária Universal, Adcos, Transportadora Continental, Alvomac, Grand Construtora, Digital Tiger, Maely, Littig Engenharia, entre outras

Contato visual, identificação, fidelidade. A ordem é lógica, mas a ciência não é exata.

Desenvolver marcas de sucesso é uma responsabilidade tamanha, não apenas por sua representação visual, mas pelo compromisso de incorporar toda uma filosofia, posicionamento e outras peculiaridades que distinguem um projeto de negócio de seus potenciais concorrentes.

Vivemos tempos inconstantes, de especulação econômica e saturação de mercado. Mais do que nunca, a importância de ser visto e lembrado se faz necessária, assim como o bom relacionamento com o público. Por isso, é preciso também (e cada vez mais) estudo, planejamento e suor para criar marcas únicas, com personalidade e que refletem assertivamente o negócio do cliente.

Mas o trabalho não para por aí. Além de apresentar uma marca consistente, vale acompanhar sua aplicação no PDV e nas diversas peças que compõem a identidade visual da organização. É indispensável, da mesma forma, orientar o cliente a respeito da importância da sua força de vendas, ou seja, a equipe que representa sua empresa. Quando todos os envolvidos incorporam a essência da marca, ela se torna sólida, vive mais e com mais saúde. É lembrada.

Artigo original publicado na revista Marcas Ícones 2018. Acesse!

 

(124Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *