TV aberta: o principal meio de comunicação do país, por Hilton Madeira

Hilton Madeira  é Diretor de Marketing da Record TV

Por mais que novas mídias apareçam, mais a TV aberta se consolida como o principal meio de comunicação do país. E não sou eu quem diz isso! São os números, principalmente os de faturamento e os de cobertura geográfica. Não desmerecendo nenhum outro veículo ou meio, mesmo porque fazemos parte do mesmo mercado, mas a supremacia da TV aberta é inigualável. Comercialmente falando, para um anunciante que queira atingir a massa, ele deverá estar, obrigatoriamente, na TV aberta. A marca ou o produto que queira ser percebido e ter resultado positivo não pode estar fora da TV aberta.

E mais especificamente neste contexto, não pode estar fora da Record TV. Estamos passando por um momento bastante promissor, com inúmeros fatores positivos que justificam  a presença da emissora em quaisquer planos de mídia, independentemente do porte do anunciante: sua ampla cobertura geográfica e seu alcance extremamente abrangente, suas inúmeras oportunidades comerciais, sua influência exercida perante a sociedade, a visibilidade gerada aos anunciantes, sua flexibilidade comercial, o fato de ser uma das maiores vitrines comerciais do país e a capacidade de oferecer uma grade de programação diversificada capaz de atender aos diferentes tipos de público.

Tais atributos fazem da Record TV uma das principais opções aos anunciantes que buscam, acima de tudo, associar a sua marca a uma emissora de prestígio, credibilidade e com potencial para contribuir, e muito, no processo de construção e de consolidação de suas marcas.

Artigo original publicado na revista Marcas Ícones 2018. Acesse!

(124Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *