Categoria Ana Paula Vescovi

Instituições fiscais federativas – pertinência

A atual crise fiscal dos Estados é grave e se manifesta nas crescentes dificuldades de caixa para pagar a servidores, fornecedores e credores. Ela corre após 20 anos do plano de refinanciamento das dívidas estaduais com a União e 15 anos após a instalação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o que significa retrocesso de duas décadas na gestão das finanças estaduais. O refinanciamento de dívidas – ... leia mais

Desenvolvimento e liderança empresarial

Em sua história, o Estado do Espírito Santo passou por momentos de crises agudas, como na erradicação dos cafezais no final dos anos 60 ou, já nos anos 90, quando passou por crise institucional e das finanças públicas. Nos anos 60, a principal atividade econômica do Estado – o café – foi reduzida a um terço, por decisão federal imposta aos capixabas. Houve a desorganização urbana, por conta da ... leia mais

Os juros e o Banco Central

Ana Paula Vescovi* Desde abril de 2013 o Comitê de Política Monetária do Banco Central (COPOM) aumentou a taxa básica de juros (SELIC) por três vezes consecutivas, o que a levou de 7,25% para 8,5% ao ano. Pelos sinais emitidos pela autoridade monetária, esse ciclo de alta ainda permanecerá por algum tempo e a SELIC poderá voltar a dois dígitos no Brasil. Num primeiro momento, a medida parece contrária ... leia mais

A desindustrialização brasileira

Ricardo Ferraço (*) Ana Paula Vescovi (**) Em recente vinda ao estado do Espírito Santo, o professor Edmar Bacha nos brindou com uma discussão de extrema importância para o Brasil: o futuro da indústria. O professor acaba de publicar um compêndio com 17 artigos sobre o tema, contraponto análises e visões de diversos autores. Embora tenha se tornado mais intenso, o debate sobre desindustrialização se ... leia mais

O significado do “Pibinho”

Ana Paula Vescovi (*) O IBGE divulgou recentemente os dados sobre o crescimento da economia brasileira em 2012. Contrapondo-se às melhores estimativas do governo e do mercado, o Produto Interno Bruto do Brasil – indicador que mede o fluxo de produção de bens e serviços – cresceu modestos 0,9% comparativamente ao ano anterior. Esse é o mais baixo crescimento da economia brasileira desde 2009 (-0,6%), ... leia mais

Portos brasileiros: mudanças à vista!

Ana Paula Vescovi (*) O novo viés do governo federal nos últimos dois anos parece ser o pragmatismo. Ou seja, houve o abandono de amarras ideológicas que impediam o estreitamento das relações público-privadas, especialmente na infraestrutura. Após anos de esforço do governo para alavancar investimentos públicos (a baixíssima execução do PAC descortinou as limitações desse modelo) o atual governo deu ... leia mais

O novo modus operandi na Política Econômica no Brasil

Ana Paula Vescovi (1) De modo gradual, o desenho da política econômica adotada pelo governo federal nos últimos dois anos vai se definindo. Pontuo a seguir o que percebo como características. i) O diagnóstico é confuso. O Objetivo central trata de atenuar o efeito cíclico da crise internacional com medidas compensatórias e com estímulos de curto prazo para o mercado doméstico; Defendem-se políticas de ... leia mais

Reforma do ICMS, para quê e para quem?

Ana Paula Vescovi* À parte a elevada carga tributária, há graves distorções no sistema tributário brasileiro: complexidade; cumulatividade; alto custo de recuperação de créditos; competição fiscal desordenada e insegurança jurídica; tributação excessiva em produtos específicos; elevados incentivos à elisão e, por consequência, elevados custos de transação para contribuintes e fiscos. Por esses e ... leia mais

A Federação em Crise

Ana Paula Vescovi Alguns fatos ocorridos nos últimos meses expõem as fraturas do federalismo brasileiro e a crise de relacionamento entre estados e entre estes e o governo federal, em especial na questão tributária. Os mais notórios fatos foram: a disputa pelos recursos dos royalties; a declaração de inconstitucionalidade das atuais regras de divisão do Fundo de Participação dos Estados (FPE), pelo ... leia mais

A face do Novo Espírito Santo

Ana Paula Vescovi Em dez anos, o estado do Espírito Santo sofreu profundas transformações, as quais, com certeza, ainda sequer foram plenamente percebidas e incorporadas pelos capixabas. As mais observáveis passam pelas mudanças na estrutura produtiva, decorrentes dos vultosos investimentos em ampliação de setores tradicionais e em novos setores que vieram aqui se instalar. Mas também reside na ... leia mais