Petiscos para pet: quando e quanto dar?

Que nossos bichinhos adoram comer, não é novidade pra ninguém. Além das rações, se você gosta de dar uns petiscos pro seu amiguinho, sabe que ele fica todo feliz e pedindo por mais. A ideia de agradar nossos filhotes parece ser somente sinônimo de amor, mas como sempre, é preciso tomar cuidado com alguns detalhes.

Para não deixar seu pet com aquele olhar pidão irresistível, vamos entender e ver algumas opções saudáveis.

Dar muito petisco faz mal?

Tudo em excesso pode afetar a saúde, tanto a dos nossos pets como a nossa. Petiscos industrializados possuem substâncias como conservantes, corantes, proteínas e flavorizantes (responsáveis por acentuar o sabor). As quantidades variam de marca para marca, mas em excesso pode sim prejudicar o seu pet.

A quantidade aceita, porém, depende do tamanho e peso do animal. Cães grandes, por exemplo, podem consumir uma quantidade maior do que os menores. O indicado é que as porções fiquem entre 2 para os menores e 10 para os maiores.

Quando oferecer os petiscos?

Muitos adestradores dizem que o momento ideal de agradar seu animal é quando ele fez algo positivo. Urinar no lugar certo, obedecer um comando, bom comportamento de um modo geral, pois isso pode facilitar que o pet repita essas atitudes.

Isso vale ao contrário também. Se o tutor desatento, simplesmente pelo ato de mimar, acabar oferecendo petisco em momentos aleatórios e indesejáveis, estará reforçando o mal comportamento. Isso vale muito quando alguém oferece um petisco para o animal, principalmente cães, que estão latino demais.

Outra maneira positiva de dar petisco é com brincadeiras estimulantes.

Seu cachorro ou gato anda muito sedentário? Que tal colocar um petisco dentro de uma bolinha, ou em cima de algum lugar, levando-o a se exercitar e garantir o petisco por contra própria? Brincar é uma ótima forma de unir tudo isso em uma única atividade.

O que dar?

Opções de petiscos industrializados é o que não falta no comércio. Porém, se você prefere economizar ou investir em algo mais natural, saiba que pode estar guardando ótimos petiscos na sua geladeira agora mesmo. Frutas, legumes, e até frango cozido (na água, sem osso) pode ser uma alternativa bacana.

Frutas: opções saudáveis para os pets

Petiscos recomendados:

  • Banana
  • Maçã
  • Cenoura
  • Melancia
  • Couve-Flor
  • Manga
  • Abóbora

O que é proibido para os pets:

  • Chocolate
  • Cebola
  • Pimenta
  • Abacate
  • Carambola
  • Uva
  • Macadâmia

Mesmo o recomendado, é importante lembrar de retirar sementes e caroços, além de limpar o alimento antes de oferecê-lo ao animal. Corte com cuidado e dê como petiscos!

Se você se interessou pelos petiscos caseiros, recomendamos que confira receitas saudáveis no Cachorro Verde, site da Médica Veterinária Sylvia Angélico.

Equipe Petblog

(151Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *