Como proteger a árvore de Natal dos gatos?

Quem tem gato em casa já está acostumado com as acrobacias desses animais. Os felinos estão sempre subindo e escalando em todos os locais possíveis, o que torna comum encontrar coisas da casa pelo chão – misteriosamente. Neste período antes do fim do ano, a árvore de Natal pode se tornar o novo alvo de exploração do seu pet, já que a altura e os enfeites pendurados chamam naturalmente a atenção dos felinos.

Existem alguns cuidados que podemos tomar para evitar um desastre total ou até mesmo que seu gatinho possa se machucar em uma queda e garantir seu Natal em segurança.

 

Escolhendo a melhor árvore

No Brasil, as árvores sintéticas são muito mais comuns do que os pinheiros ou outras árvores similares. Porém, se você costuma montar suas árvores naturais, é a hora de reconsiderar. Os galhos de verdade são mais afiados e podem machucar o seu gato – e até mesmo as crianças. Além disso, utilizar árvores sintéticas impede também o risco de envenenamento por fertilizantes.

Agora entre as sintéticas, o ideal é escolher uma que tenha base mais firme possível. Quanto menor a árvore, menor será o risco e o tombo, caso ocorra. Você pode enrolar papel alumínio no tronco, pois gatos não gostam de arranhar alumínio, e isso pode fazer com que desista da escalada.

Outra dica importante é dar espaço para sua árvore. Evite deixá-la perto de outros móveis, mantendo-a isolada no chão. Isso irá diminuir o risco de seu gato ter a ideia de saltar até ela, o que pode diminuir seu interesse.

 

Montando a árvore gradativamente

Gatos são animais instintivamente curiosos. Isso quer dizer que, se de um dia para o outro, acordar com uma árvore cheia de penduricalhos na sala, é claro que ele vai querer descobrir o que é desvendando-a ele mesmo.

Considere montar apenas a árvore primeiro. Deixe-o conviver com a mesma vazia, e caso tente explorá-la, o desastre pode ser menor. Aos poucos, vá colocando os primeiros enfeites, e a cada dia, mais e mais. Dessa forma poderá ser que o animal mal repare a diferença ou simplesmente não se importe com ela.

O mais importante é evitar quedas bruscas e que seus animais se machuquem. Procure estar por perto nos momentos em que ele estiver interessado, e tentar ensiná-lo a não chegar muito perto da árvore sempre é válido.

Assim, no dia de Natal, sua árvore estará linda e inteira. E seus gatinhos, sem nenhum tombo.

Equipe Petblog

(165Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *