Proteção solar. Sim, os pets também precisam

Você sabia que os dias de sol forte também exigem cuidados extremos com os bichinhos de estimação? Exatamente! Assim como os donos, cães e gatos precisam se proteger das radiações UVA e UVB. Além do pelo do animal não ser sinônimo de proteção, existem partes do corpo que estão vulneráveis, como o focinho, abdômen, orelhas e a bolsa escrotal.

De acordo com a veterinária Tatiane Bortolato Pirani, do CentroVet Clínica Veterinária, a preocupação com a proteção dos animais deve ser a mesma que nós, seres humanos, temos, pois a pele deles também sofre como a ação dos raios ultravioletas, podendo causar até inflamação. “Por isso, a orientação é sair com os pets antes das 10 horas e após as 16 horas. E não recomendo usar roupas, pois a pelagem aquece”, explicou.

Isso, portanto, justifica a necessidade do filtro solar nos pets. “Se a pelagem for densa, pode proteger o dorso, mas é preciso dar atenção especial ao abdômen, que geralmente pigmenta como a nossa pele. Atendo muitos pacientes que chegam com o abdômen escuro e, quando pergunto se eles tomam sol, os tutores se espantam”, conta.

Outra informação importante: as raças reagem de diferentes formas, e isso exige cuidados específicos dos donos. Segundo Tatiane, os de pelagem curta e pele clara sofrem mais. E além disso, os cachorros de raças braquicefálicas, como buldogues e pugs, por exemplo, têm dificuldade de respirar com o aumento de temperatura, uma vez que os cães trocam calor pela língua quando ficam ofegantes (transpiração). Assim, quanto mais quente, mais eles sofrem!

O erro mais comum dos proprietários é passear com os bichinhos nos horários mais quentes e de maior radiação solar

A médica ressalta, ainda, que muitos proprietários de bichos de estimação costumam cometer alguns erros por falta de informação. “E o mais comum é passear com os bichinhos nos horários mais quentes e de maior radiação solar, sem o filtro e sem sapatos, lembrando que dependendo do material do sapatinho também aquece as patas”, orienta, lembrando que o veterinário é a pessoa mais indicada para avaliar qual o fator de proteção do filtro solar é o melhor para seu animal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *