18/11/2010 às 12h19 - Atualizado em 18/11/2010 às 12h28

Motoristas do Transcol recusam proposta e decidem fazer greve na GV

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Divulgação/ Governo do Estado
Após a realização de assembleias no clube Náutico Brasil, em Vitória, para reivindicarem aumento salarial, motoristas e cobradores do Sistema Transcol decidiram iniciar uma paralisação. Na reunião, eles protestaram por um reajuste salarial de 30%, plano de saúde integral, reajuste de R$ 4 no ticket alimentação, além de equiparar o salário de fiscal com o de motorista.

Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Edson Bastos, a maioria entre os 1,5 mil trabalhadores presentes na assembleia votou a favor da greve. "Mais de mil votou a favor da greve. A proposta do patrão não está boa, ficou resolvido que os trabalhadores recusaram a proposta e vamos para a greve", afirma o sindicalista.

Apesar da decisão, Bastos afirma que a greve dos rodoviários será legal. "Vai ser uma greve legal respeitando o que manda a lei de greve. 30% da frota vai estar funcionando. Nós vamos colocar o edital e podemos começar a greve 72 horas depois". No entanto, de acordo com fontes extra oficiais, a greve terá início a partir da meia noite desta sexta-feira (19).

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014