| 8/7/2011 às 13h57 - Atualizado em 8/7/2011 às 18h16

Falta de água em Vila Velha, desperdício na Serra e população sofre com transtornos

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução TV Vitória
Enquanto centenas de bairros da Grande Vitória estão sem água, na Rua Pastor Antônio Magalhães, em Boa Vista, na Serra, um vazamento na rede de distribuição da Cesan provoca uma verdadeira inundação na via.

Segundo um morador da região, o reparo já foi feito por duas vezes, mas o problema continua. "É um desperdício. Eles fizeram o trabalho, mas ficou do mesmo jeito. Tem que fazer outro jeito de consertar para ficar direito", disse o sorveteiro Luiz Cláudio Nascimento.

Do outro lado, a situação é contrária. O que é jogado fora em Boa Vista na Serra, falta no bairro Boa Vista I, em Vila Velha. "A gente não está lavando roupa, as louças estão todas sujas. E está faltando água até para beber, inclusive, até água mineral não tem mais", contou a dona de casa Ana MAria Franco.

Foto: Reprodução TV Vitória
Com baldes, garrafas pet e carrinhos de mão, adultos e crianças faziam fila para pegar água em um poço artesiano. "A gente liga para a Cesan e não consegue falar. Carro-pipa não aparece, não dão satisfação nenhuma para nós. Só fala que não tem retorno, mas o talão de água continua chegando. E aí? Vamos ter desconto? Não, né?", questionou a dona de casa Angélica Rodrigues.

Uma cabeleireira busca água para ter condições de trabalhar. "As clientes que forem no salão terão que lavar a cabeça com água de poço. A gente vai fazer o que? E eu também não posso perder dinheiro, então estou me sacrificando carregando água. Agora isso é certo? Não é. Eles teriam que tomar uma providência. Tem senhoras aqui que nem podem pegar peso e estão carregando água. Isso é uma falta de compreensão", disse Sandra Rocha.

Solidariedade é o que não falta. Quem tem água ajuda as pessoas que precisam. "As pessoas precisam e a gente tem. Não vamos guardar uma coisa que a gente está sabendo que a população precisa então, eu e meu esposo estamos contribuindo", contou Noemy Sotell.

Em outra casa que tem poço artesiano, a distribuição de água tem horário marcado. "Eu não tenho disponibilidade para ficar o dia todo, então eu marquei de 10h às 11h e depois das 16h às 17h. Eu gosto de fazer uma boa ação e eu estou vendo a dificuldade que as pessoas estão passando sem água", afirmou a dona de casa Marlene Corrêa.

Um moradora do bairro denuncia a alta do preço da água mineral na região. "Não estamos achando. Quando falam que já abasteceu, eu chego lá e já acabou. Meu filho está na fila para ver se consegue um galão por R$ 18. Uma menina falou que ontem estava a R$ 25, isso quando acha", comentou Aparecida Cispin.

Restabelecimento

A Cesan informou que deve ser concluído na tarde desta sexta-feira (8) os trabalhos de reparo na adutora que rompeu e que abastece a cidade de Vila Velha. O abastecimento será restabelecido no município em até 36 horas após a conclusão do serviço. Em Vitória, Viana e Cariacica, o abastecimento está sendo normalizado.

Alguns bairros do município de Vila Velha podem ter o abastecimento de água normalizado a partir deste sábado (9). É o que afirma a assessoria de imprensa da empresa. Segundo a Cesan, a previsão é de que os trabalhos de reparo na adutora que rompeu sejam concluídos no final na tarde desta sexta.

Se a previsão for confirmada, ainda nesta noite os bairros mais próximos da estação que passa por reparos podem receber água normalmente. Ainda de acordo com a empresa, os bairros localizados em regiões mais altas ou mais distantes da estação devem ter o abastecimento normalizado até domingo.

O abastecimento de água foi parcialmente restabelecido na Grande Vitória depois que o rompimento de duas adutoras paralisou o sistema na madrugada desta quarta-feira (06). Na tarde do mesmo dia os técnicos da Cesan localizaram o problema e as equipes trabalham 24 horas para a realização dos serviços.

Foram afetados os municípios de Vitória, exceto a zona norte até as pontes da Passagem e Camburi; Vila Velha, exceto a região de Barra do Jucu, Terra Vermelha e Ponta da Fruta; Cariacica, exceto as regiões de Nova Rosa da Penha, Itanhenga e Jardim Botânico; e Viana, na região compreendida entre os bairros Vila Bethânia e Flamengo. Em Vitória, Viana e Cariacica, o abastecimento está sendo normalizado.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014