4/1/2012 às 16h26 - Atualizado em 4/1/2012 às 18h15

Cães e gatos podem ser castrados de graça na Serra a partir da próxima semana

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

ReproduçãoA Prefeitura da Serra vai abrir um novo serviço na área de saúde: é o Centro de Controle de Natalidade Animal que será inaugurado no próximo dia 12. A intenção é promover o controle populacional de cães e gatos e reduzir o índice de abandono dos bichinhos. O primeiro cão a passar por cirurgia de castração já está com atendimento agendado para o dia 18. A previsão é que sejam realizadas entre 80 a 100 cirurgias por mês.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Ambiental em Saúde, a zootecnista Ana Paula Magalhães, os agentes comunitários de saúde terão um papel importante neste processo porque estão em contato direto com os moradores nos bairros onde atuam. Eles farão o cadastramento dos animais a serem castrados nos territórios selecionados, de acordo com critério  epidemiológico.
 
A disponibilidade do serviço obedecerá a alguns critérios. O público alvo são cães e gatos da Serra (machos e fêmeas), entre seis meses e 07 anos de idade, vacinados e em bom estado de saúde. Terão prioridade os bairros onde o levantamento epidemiológico apontar maior situação de risco, de acordo com dados levantados sobre  população animal nos bairros, número de agressões, entre outros fatores. Há na Serra muitos animais semi-domiciliados, que têm acesso a rua sem acompanhamento do dono.
 
Cães e gatos adotados diretamente da Vigilância Ambiental da Serra virão em seguida no critério de prioridade e poderão passar pelo procedimento. Essas duas categorias (animais semi-domiciliados e adotados no setor) ficarão com 80% das vagas de agendamento. O restante das vagas (20%) será destinada à população em geral que buscar espontaneamente o serviço.
 
O novo serviço, em conjunto com o trabalho de orientação sobre posse responsável de animais, deverá ter um papel importante na redução do índice de abandono de animais no município.
 
De acordo com dados da Vigilância Ambiental da Serra, a  população de cães e gatos do município é estimada em cerca de 73 mil animais, sendo que aproximadamente 20% destes são animais errantes (de rua). Dos 80% restantes, grande parcela são semi-domiciliados, ou seja, tem acesso a rua sem acompanhamento do proprietário, representando o grande vilão do crescimento populacional desenfreado.
 
“A divulgação das informações sobre o Programa de Controle de Natalidade de Cães e Gatos do Município da Serra visa à conscientização da população Serrana sobre a posse responsável de animais de estimação. A castração de cães e gatos é somente um dos pilares de sustentação do projeto Posse Responsável, que inclui também: responsabilidade para com o animal a partir do momento em que se adquire o mesmo até o final de sua vida, cuidados veterinários ao animal doente, alimentação adequada, abrigo em espaço adequado, carinho e vacinação anual”, explica a veterinária Danieli Rankel Fernandes. Hoje é grande o número de pedidos de recolhimento de cachorros nas ruas da cidade.
 
A coordenação da Vigilância Ambiental ressalta que cachorros e gatos somente são retirados das vias públicas se estiverem doentes, agressivos ou debilitados. A médica Veterinária, Virgínia Emerich, explica que o critério para a retirada dos animais acontece para não estimular o abandono dos bichos por seus donos.

“Nós avaliamos que não é cabível o recolhimento de animais domésticos, pois constatamos que muitas pessoas adquirem um animal e quando não os querem mais simplesmente os abandonam”.
 
Centro de Controle de Natalidade Animal
Onde fica: Sede da Vigilância Ambiental, na ES-010, s/nº, Jardim Limoeiro
Inauguração: Dia 12 de janeiro, às 9 horas
Mais informações:
Centro de Controle de Natalidade: 3281-9643 (das 7h30 às 12h30)
Setor de Controle Animal: 3281-9288, das 7h30 às 17h30

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014