14/5/2012 às 15h25 - Atualizado em 14/5/2012 às 15h28

Devido às chuvas, Espírito Santo decreta estado de atenção

Estadão Conteúdo
Redação Folha Vitória

São Paulo - Três casas desabaram na madrugada desta segunda-feira no município de Guarapari, no Espírito Santo, deixando 8 pessoas feridas. De acordo com a defesa Civil do Estado, o desabamento das casas ocorreu devido à chuva que atinge todo o estado desde às 23h do último domingo. O volume de chuvas no estado é recorde para o m~es de maio, com 171,8mm de chuvas no intervalo de 24 horas.
O antigo recorde aconteceu no ano de 1967 com 135,5mm de chuva.

Vila Velha, Cariacica, e a capital do estado, Vitória são as cidades mais atingidas, conforme informações disponibilizadas pela Defesa Civil. A Defesa Civil de Vila Velha informou que os principais pontos de alagamento na cidade estão localizados nos bairros da Grande Cobilândia, e ainda em Aribiri, Nova América, Vila Batista, Itapoã, Paul e São Torquarto.

Agentes da prefeitura de Vila Velha estão desde a madrugada desta segunda-feira nas ruas da cidade para verificar e minimizar os impactos da chuva. Ainda segundo a Defesa Civil de Vila Velha, além das oito pessoas desalojadas há três desabrigadas. O órgão definiu uma escola municipal, localizada em Parque das Gaivotas, como abrigo para as famílias que perderam, ou podem perder, suas casas.

Já na capital do Espírito Santo, Vitória, a Defesa Civil diz que foi registrado alagamento de aproximadamente seis das principais avenidas da cidade. Por volta das 14 horas desta segunda, a água já tinha baixado e os estragos, reduzidos. O coordenador de Defesa da cidade, Julio César Cruz, informou que a cidade está em estado de alerta, já que a previsão é de chuvas para o resto da semana.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014