6/2/2013 às 21h16 - Atualizado em 7/2/2013 às 17h38

Exclusivo: Assembleia Legislativa está com extintores vencidos e não possui alvará do Corpo de Bombeiros

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Reprodução TV VitóriaDepois da denúncia de que todos os terminais de ônibus da Grande Vitória estão funcionando sem alvará do Corpo de Bombeiros, a equipe de reportagem do núcleo investigativo da TV Vitória descobriu que até a Assembleia Legislativa está na mesma situação. 

No local, um dos extintores está vencido há mais de um ano. Ele deveria ter sido sofrido nova inspeção em dezembro de 2011. Pelos corredores, dezenas de equipamentos estão na mesma situação. O flagrante foi feito nesta quarta-feira (06). Enquanto isso, no plenário, deputados, representantes do Corpo de Bombeiros, do Conselho Regional de Engenharia e do Sindicato dos Donos de Bares e Restaurante participavam de uma sessão especial, convocada para discutir a segurança de estabelecimentos abertos ao público. A sessão foi convocada pelo deputado Dr.Hércules, depois da tragédia em Santa Maria.

Durante a sessão, o deputado José Esmeraldo citou a reportagem exclusiva da Rede Vitória, que revelou que todos os dez terminais do Transcol na Grande Vitória funcionam sem alvará do Corpo de Bombeiros e cobrou a instalação dos extintores.

Desde a tragédia em Santa Maria, pelo menos quatro deputados estaduais capixabas apresentaram projetos de lei que aumentam o rigor na fiscalização de casas noturnas e impõem novas exigências. Mas a preocupação dos parlamentares não parece ser tão grande com a própria Casa. A Assembleia Legislativa, um espaço aberto ao público e onde trabalham cerca de 1300 pessoas, também está sem alvará do Corpo de Bombeiros. E o pior: o local está com os extintores vencidos há mais de um ano.

"Hoje eu olhei alguns extintores e vi que eles não estão muito regulares. Também acho que não há uma rota de fuga na assembleia, que indique saídas de emergência. Vamos fiscalizar isso", comentou o deputado Dr.Hércules.

Para o deputado Gilson Lopes, que também participou da reunião, a Casa precisa dar o exemplo. Ele também afirma que o Corpo de Bombeiros não tem efetivo suficiente para uma fiscalização mais rigorosa no Espírito Santo. "O bombeiro militar é primordial. É fiscalização, prevenção, vida. Com a vida não se brinca", resumiu.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Edmilton, disse que a corporação está cumprindo todas as fiscalizações e que as vistorias têm sido feitas dentro dos prazos. Ele completou que o Governo deve ampliar o efetivo em quase 200 homens neste ano.

   

   

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014