23/12/2013 às 20h9 - Atualizado em 23/12/2013 às 20h9

ES cria contas para depósito de doações às vítimas das chuvas

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Divulgação/ Governo do EstadoO Governo do Espírito Santo criou, nesta segunda-feira (23), três contas correntes para doações em dinheiro destinadas à ajuda humanitária nos municípios afetados pelas fortes chuvas que seguem castigando o Estado nesta semana.

Banestes, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil estarão aptos a receber recursos de pessoas que desejam ajudar aos capixabas afetados de alguma forma pelas consequências desses eventos naturais extremos.

“É um dos maiores volumes de chuva que o Espírito Santo já enfrentou e todo o tipo de ajuda é bem-vinda e, por isso, estamos abrindo mais essa frente de atuação. O mais importante é preservar vidas”, destacou o governador.

As contas correntes para recebimento de doações para as vítimas das enchentes são:

BANESTES
AGENCIA: 0271
CONTA: 23.765.589

BANCO DO BRASIL
AGENCIA: 3665-X
CONTA: 150.000-7

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência 0167-8
Operação 06
CONTA: 10.004

Centro Operacional para atendimento demandas

O Governo do Estado também criou um centro operacional na sede do Corpo de Bombeiros, na Enseada do Suá, em Vitória, para o atendimento de demandas. No local, representantes de todas as secretarias do Estado ficarão de plantão durante os dias 24 e 25.

Prejuízos

O montante necessário para a recuperação de todo o Espírito Santo ainda não foi divulgado. Na tarde desta segunda-feira (23), o governador Renato Casagrande (PSB) informou que este cálculo deverá ser realizado nos próximos dias.

“Reuni a minha equipe e pedi que todas as secretarias façam esse levantamento, para que a gente possa calcular o tamanho real deste prejuízo. Os dados também serão repassados ao governo federal, para que possa nos ajudar”, disse o governador.

O cálculo total dos prejuízos deverá ser divulgado nas próximas semanas.

Rede Social

O Corpo de Bombeiros do Espírito Santo pede para que a população curta a página da corporação no Facebook. Na rede social, os bombeiros informam sobre as operações que estão sendo realizadas em todo o Estado. “A rede social é muito importante porque ajuda a desmentir muitos boatos. A população pode pedir ajuda, além de acompanhar as ações que estão sendo realizadas por toda a nossa equipe”, disse o comandante do Corpo de Bombeiro, coronel Edmilton.

Para curtir a página do Corpo de Bombeiros no Facebook basta clicar aqui: https://www.facebook.com//bombeiromilitares?fref=ts

Mais de 40 barragens com intervenções

Em todo o Espírito Santo, 43 barragens já sofreram algum tipo de intervenção para evitar inundações. As informações são do secretário estadual de Agricultura e Pesca, Ênio Bergoli.

As principais medidas que os produtores rurais devem adotar neste momento são:

• Rebaixar o nível de água em meio metro nas barragens com área inundada menor do que 15 hectares, e em um metro naquelas com área inundada igual ou superior a 15 hectares.
• Em caso de chuvas de grande intensidade ou longa duração, a água nos monges deve ser liberada imediatamente.
• Evitar medidas que ampliem o escoamento superficial nas áreas acima do barramento, como capina de lavouras.
• Limpar periodicamente as caixas secas nas estradas internas e nos carreadores das propriedades.

A Seag informa que os agricultores devem procurar esclarecimentos sobre o manejo das barragens nas unidades do Idaf e Incaper localizadas em todos os municípios do Espírito Santo.

De acordo com o secretário, cerca de 30% da produção de hortaliça de todo o Estado foi dizimada pelas chuvas.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014