8/4/2014 às 11h13 - Atualizado em 8/4/2014 às 13h6

Professores cruzam os braços e se preparam para protesto em Vitória

Redação Folha Vitória
Redação Folha Vitória

ReproduçãoApós uma assembleia que teve início na manhã desta terça-feira (08), professores da rede pública estadual decidiram entrar em greve e prometem parar o trânsito nesta terça-feira (08). Eles se concentram na Praça Getúlio Vargas e devem sair em caminhada até o Palácio Anchieta, em Vitória.

Veja a galeria de fotos do protesto dos professores. Clique aqui.

De acordo com informações da Guarda Municipal de Trânsito, aproximadamente 500 pessoas já estão na praça e mais pessoas continuam saindo do auditório do hotel, onde a assembleia aconteceu.

Início dos protestos

O primeiro dia de protestos organizados pelos professores da Grande Vitória causou revolta na categoria, por conta da forma como manifestantes foram tratados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os docentes foram às ruas pedir mais valorização da classe. O ato começou no início da manhã do dia 17 de março.

Os manifestantes e a Polícia Rodoviária Federal entraram em conflito. A polícia exigia que os professores ocupassem apenas uma faixa da via, o que não foi obedecido. Com a recusa do grupo, a polícia usou spray de pimenta e gás lacrimogêneo.

Protesto reúne mais de 5 mil em frente à Ales

Mais de 5 mil professores da educação pública se reuniram em frente à Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) no dia 18 de março, em um protesto pela valorização da categoria.

A manifestação teve início na avenida Carioca, em Vila Velha. Os professores atravessaram a Terceira Ponte e, em seguida, foram para o Horto Mercado, em Vitória, onde se reuniram com profissionais de diversos municípios capixabas.

Os manifestantes interditaram a avenida Americo Buaiz, na Enseada do Suá, que só foi liberada por volta das 11h40, após a entrega de uma pauta de reivindicações aos deputados estaduais.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014