Patrulha Escola passa a atender todas as escolas estaduais da região metropolitana

Uma novidade será uma nova plataforma para o registro de ocorrência online e que possui um sistema próprio no qual o policial poderá acessar pela internet em qualquer lugar

 Versão para impressão  
O termo de ampliação da Patrulha Escolar foi assinado nesta sexta-feira (19)
Foto: ​Pedro Dutra/Secom

As escolas estaduais da região metropolitana vão contar com reforço na segurança. O atendimento da Patrulha Escolar atenderá todas as 159 escolas da região metropolitana, beneficiando mais de 122 mil estudantes dos municípios da Grande Vitória

O termo de cooperação técnica que amplia a atuação da Patrulha Escolar foi assinado pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e a Secretaria de Estado da Segurança Pública, por meio da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), nesta sexta-feira (19).  

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues, anunciou que futuramente a Patrulha Escolar será contemplada com uma Companhia de Polícia Especial e disse que a patrulha foi institucionalizada, porque a corporação entende que o projeto tem que se perpetuar. 

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, enfatizou que esta iniciativa é muito importante. “O professor passa instrução para os nossos filhos, nossos pequenos cidadãos que ainda vão se desenvolver na vida, que vão ser comandantes gerais, soldados da Polícia Militar, médicos, engenheiros. Nós devemos preparar os nossos filhos para que sejam bem recebidos pelos nossos mestres, pois foi assim que eu aprendi no Colégio Militar em Recife, respeitar os professores sempre”. 

O novo quadro da Patrulha Escolar será composto por aproximadamente 40 policiais militares, ligados diretamente ao Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM), tendo como comandante o Cel. Alexandre Ofranti Ramalho, com possibilidade de acréscimo no decorrer do convênio e nas futuras renovações para atuação no Sistema de Segurança Escolar (Sise) e ações preventivas de segurança junto às escolas. 

Além disso, 12 viaturas serão disponibilizadas para que os policiais possam realizar as visitas às escolas e todas as equipes terão um aparelho celular para facilitar a comunicação entre a escola e os militares. Os profissionais que atuam na Patrulha Escolar são policiais militares que realizam patrulhamento preventivo das unidades escolares da rede estadual de ensino, atuando na orientação dos procedimentos a serem adotados em relação aos casos de ocorrências relacionados à violência, fluxo de atendimento para acompanhamento dos casos de ato infracional e orientações gerais.

Com a renovação, a partir de agora, também serão disponibilizados três pedagogos para compor a equipe. Dois vão atuar no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Pública em Cariacica e um na Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP) em Vitória. 

De 2010 a 2016, foram realizados 29.305 atendimentos preventivos realizados e 811 atendimentos repressivos. Sendo somente em 2016, 5.522 atendimentos preventivos realizados e 112 repressivos. 

TAGs

  • bullying
  • estudantes
  • patrulha escolar
  • patrulhamento
  • policiais militares
 Versão para impressão  

MAIS LIDAS

Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016