28 ago 2014

Empresário preso por matar portuário vai continuar na cadeia

Publicado às 15:36 | Postado por eduardo.santos

Se depender do Tribunal de Justiça, o empresário Eurico Ferreira Júnior vai passar mais um tempo na prisão. Nesta quarta-feira (27), os desembargadores que integram a 1ª Câmara Criminal do TJ negaram, por unanimidade, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do suspeito de matar o portuário Marcelo Costalonga, 44 anos, durante uma briga de trânsito, na Serra. A vítima foi morta com golpes de chave de roda na cabeça, em 31 de janeiro deste ano.

Marcelo chegou a ficar 11 dias internado com traumatismo craniano, mas não resistiu. Eurico foi preso em flagrante e ao depor à Polícia Civil não demonstrou arrependimento. Segundo a assessoria de imprensa do TJ, o desembargador Willian Silva proferiu o voto afirmando que a manutenção da prisão do empresário se justifica para a garantia da ordem pública, já que maneira usada por Eurico para matar Marcelo demonstra a periculosidade do suspeito.

O desembargador considera ainda como fútil, o motivo do assassinato decorrente de uma briga de trânsito. Os desembargadores Carlos Henrique Rios do Amaral e Hermínia Maria Azoury acompanharam o voto do relator. O empresário Eurico Ferreira Júnior já foi pronunciado pelo juiz da 3ª Vara Criminal da Serra e vai ser submetido ao júri popular. A data do julgamento ainda não foi marcada pela Justiça.

Eurico e Marcelo teriam se envolvido em uma ocorrência de trânsito. O empresário, porém, perseguiu o portuário até o trevo do Bairro Barcelona. A Polícia Civil apurou que assim que desceram do carro, os dois passaram a discutir. O suspeito pegou uma chave de roda que estava no veículo e desferiu vários golpes na cabeça da vítima.

Populares conseguiram conter o suspeito, que foi preso em flagrante. A mulher de Marcelo presenciou o crime e entrou em desespero ao ver o marido sendo agredido. O portuário foi socorrido e levado para o Hospital Metropolitano, em Laranjeiras, onde morreu. O ser preso, Eurico disse que não estava arrependido e que faria tudo de novo.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
22 ago 2014

Tio de delegado é assassinado em comunidade quilombola no Norte do Estado

Publicado às 13:03 | Postado por eduardo.santos

A comunidade quilombola de Córrego de Angelim, no distrito de Braço do Rio, em Conceição da Barra, no Norte do Estado, vive um clima de medo e insegurança por causa do assassinato de um mais antigos moradores do local. Oraldo dos Santos, 82 anos, foi morto durante um assalto à casa onde morava, na noite da última quarta-feira (20). Os moradores acreditam que o crime foi praticado pelos mesmos bandidos que, na terça-feira (19), assaltaram uma outra residência de onde levaram dinheiro, vários pertences e uma caminhonete S-10.

Testemunhas contaram que o assassinato de Oraldo foi praticado por dois homens. Os assassinos chegaram à casa da vítima de moto. Os bandidos fugiram levando os pertences da residência no Golf GTW 3050. Nas buscas feitas pela Polícia Militar, o veículo de Oraldo foi encontrado na sede de Conceição da Barra, perto da caminhonete levada de um morador da comunidade quilombola, na terça-feira.

O encontro dos dois carros no mesmo local reforça a hipótese de que os mesmos bandidos praticaram os dois crimes. Oraldo dos Santos era tio do delegado Gilson Rocha, que durante muitos anos atuou na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Delegacia Patrimonial e nos DPJs de Cariacica e da Serra. A Polícia Civil está investigando o homicídio.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
19 ago 2014

Idoso é preso, em Cariacica, 26 anos após matar ex-mulher

Publicado às 15:23 | Postado por eduardo.santos

Ao procurar a Polícia Civil para denunciar o neto de ter furtado seus relógios, um idoso de 88 anos acabou preso, na última sexta-feira (15). De acordo com informações do delegado Rafael Rocha Corrêa, o homem é suspeito de matar a ex-mulher com 11 facadas, crime ocorrido em 1988, na cidade de Jabaquara, no Estado da Bahia. As investigações apontam que o crime foi cometido por causa do fim do relacionamento do casal. O idoso estava morando no Bairro Nova Esperança, em Cariacica.

No depoimento à polícia, o idoso alegou que foi traído pela mulher. Quando à denúncia de que o neto havia furtado os relógios, o delegado informou que a denúncia não procede, por isso sequer foi aberto o inquérito policial. Como o idoso estava com mandado de prisão em aberto, ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana, cabendo à Justiça decidir se ele vai ficar preso, já que passou dos 70 anos e pode ser beneficiado pela lei que prevê que pessoas acima dos 70 anos respondam processos em liberdade.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
15 ago 2014

Produtora rural morta dentro de casa em Brejetuba

Publicado às 16:23 | Postado por eduardo.santos

A polícia faz um alerta aos proprietários rurais do interior do Estado em época de colheita. Isso porque, criminosos podem se infiltrar em meio aos trabalhadores rurais. Uma das maneiras de evitar a contratação de pessoas suspeitas é exigir a documentação e pedir para fazer um levantamento da ficha na delegacia. Isso poderia evitar uma tragédia como a ocorrida na noite de quarta-feira, na localidade de Córrego Jacutinga, na zona rural de Brejetuba, na Região Serrana do Estado.

A produtora rural Paulina Amorim da Silva, 43 anos, foi assassinada com golpes de machado e teve o rosto desfigurado, na sala da casa onde morava, quando assistia televisão. O crime foi praticado pelo meeiro, Ivanildo Alves de Neiva, 37, que foi preso quando tentava fugir, usando a moto da vítima, para Minas Gerais. O suspeito era foragido da Justiça e respondia a processo por assassinato.

O crime foi motivado porque Paulina repreendeu Ivanildo que tinha saído de moto para ir à sede do município onde ingeriu bebida alcoólica. Ele aproveitou o momento em que a produtora rural estava sozinha em casa para cometer o crime. Ele foi preso em um matagal e encaminhado para a Delegacia de Conceição do Castelo onde foi autuado em flagrante por assassinato.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
15 ago 2014

Soldado da PM pode ser indiciado por briga em boate de Vila Velha

Publicado às 0:01 | Postado por eduardo.santos

O delegado Paulo Ricardo Cassaro, da 2ª Delegacia Regional de Vila Velha, assumiu o inquérito policial que apura o atentado sofrido por uma vendedora de 30 anos dentro de uma boate, em Vila Velha, na noite de sábado (9). Ele informou que tem 30 dias de prazo para finalizar a apuração e encaminhar o documento para a Justiça. “Por se tratar de um crime hediondo, o prazo é diferente dos demais procedimentos”, afirma o delegado. Nos próximos dias, Cassaro vai tentar colher provas que ajudem a entender o que aconteceu.

O delegado não descarta a hipótese de indiciar um soldado da Polícia Militar, que segundo a vítima, teria impedido que as pessoas que estavam na boate prestassem socorro a ela. “Temos indícios de que a acusação feita pela vendedora procede, é verdadeira. Se ficar comprovado que o policial contribuiu, de alguma forma, para o crime, ele pode ser indiciado, talvez como coautor da tentativa de homicídio. Por isso, as investigações vão continuar. O policial não prestou depoimento aqui, na delegacia. Mas já foi ouvido na corregedoria da corporação”, explica Paulo Cassaro.

Nathália da Silva Santos, 23; Marcela Marques Moreira, 21; e Cínara Basileu, 24 anos, foram autuadas em flagrante por tentativa de homicídio. Das três, Nathália e Marcela permanecem presas no Centro de Detenção Provisória Feminina (CDPF) de Viana. As famílias das duas mulheres presas quebraram o silêncio e afirmam que elas eram perseguidas e provocadas pela vítima. O que teria gerado toda a confusão é o fim de um casamento. A vendedora é ex-mulher do irmão de Marcela. Depois do fim da relação, a vítima passou a acusar a irmã de Marcela de traição, e sempre que encontra a ex-cunhada ou a irmã dela, acaba em confusão.

Além do inquérito policial que está sendo apurado pelo delegado Paulo Ricardo Cassaro, o policial militar, apontado como amante de uma das três mulheres suspeitas da tentativa de homicídio, está respondendo a um procedimento na Corregedoria da Polícia Militar. A mãe da vendedora esteve no órgão na última terça-feira (12) e prestou depoimento às portas fechadas durante cerca de 3 horas. A filha dela recebeu mais de 100 pontos pelo corpo na briga, na boate. Segundo o coronel Ilton Borges, corregedor da PM, o soldado está há pouco tempo na corporação. O procedimento na PM pode ser concluído em até 60 dias.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
12 ago 2014

Ladrão de carro que agia no Sul do Estado é preso no Rio de Janeiro

Publicado às 16:15 | Postado por eduardo.santos

Um suspeito de roubo cometido em Guaçuí, no Sul do Estado, fugiu para o Estado do Rio de Janeiro, mas acabou localizado graças à investigação da Polícia Civil capixaba. Com a ajuda de policiais civis e militares do estado vizinho, o assaltante de 22 anos acabou localizado na cidade de Bom Jesus de Itapaboana. Segundo o delegado Adhemar Pereira Fully, contra o suspeito havia uma mandado de prisão em aberto por causa do roubo de um carro, em março de 2013, no bairro Morro do Cristo. O homem preso é um velho conhecido da polícia. Em uma tentativa de roubo de carro, a vítima reagiu e ele fugiu. Com a prisão, o bandido foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro.  As informações são da assessoria de imprensa da Polícia Civil.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
5 ago 2014

Em três dias, dois assassinatos em Mantenópolis assustam os moradores

Publicado às 16:23 | Postado por eduardo.santos

Em apenas três dias, dois assassinatos registrados no município de Mantenópolis, no Noroeste do Estado, deixaram os moradores assustados. Em dos crimes, um homem foi executado com quatro tiros na cabeça. No outro, um produtor rural foi executado dentro de um bar. O que chama a atenção dos populares é o fato dos homicídios terem sido registrados na zona rural, considerada por muitos como pacata.

Segundo a Polícia Militar, na madrugada de segunda-feira (04), um homem ainda não identificado foi morto com, pelo menos, quatro tiros na cabeça, em uma estrada de terra que liga o distrito Central de Minas à sede do município. Os policiais afirmam que o crime tem característica de execução, já que a vítima estava com as mãos amarradas para trás. A Polícia Militar informou ainda que o local é deserto, mas um morador da região chegou a ouvir os tiros e o barulho do motor de um carro se afastando em alta velocidade.

O outro homicídio registrado em Mantenópolis, na sexta-feira (01), segue sendo investigado pela Polícia Civil. O produtor rural Antonio Martins Ferreira foi morto com sete tiros disparados por dois homens não identificados. A vítima estava em um bar quando os criminosos chegaram e, sem dizer nada, abriram fogo. Os criminosos fugiram a pé. Mas os policiais não descartam a hipótese de que um carro pode ter dado cobertura aos assassinos. Nos dois crimes, não há pistas dos suspeitos.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
4 ago 2014

Motorista se envolve em acidente e é preso por embriaguez ao volante no interior

Publicado às 16:22 | Postado por eduardo.santos

Um homem de 37 anos, sem carteira nacional de habilitação e com sintomas de embriaguez, foi preso pela Polícia Militar após se envolver em um acidente, na tarde de sábado, no Bairro Santa Helena, em São Gabriel da Panha, no Noroeste do Estado. Os policiais militares foram acionados por populares que relataram sobe um acidente. Os militares encontraram apenas um veículo capotado, mas o motorista não estava no local. Pouco depois, ele se apresentou à polícia. Devido ao estado de embriaguez e por não apresentar a documentação que permite dirigir, o homem recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia Regional de Barra de São Francisco.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
22 jul 2014

Secretaria de Segurança vai implantar delegacia em Terra Vermelha

Publicado às 12:50 | Postado por eduardo.santos

A região da Grande Terra Vermelha vai ganhar uma delegacia de Polícia Civil que vai atender os bairros situados além do Rio Jucu, em direção a Guarapari. O anúncio foi feito pela secretário de Segurança Pública André Garcia, em entrevista ao jornal Espírito Santo No Ar, na TV Vitória, nesta terça-feira (22). Segundo o secretário, com a implatação do distrito policial, moradores de bairros como Barra Jucu, Ponta da Fruta, Interlagos, entre outros, não vão precisar se deslocar até a Delegacia de Novo México, a mais próxima da região 5, para registrar as ocorrências.

“Estamos registrando uma redução no índice de crimes contra o patrimônio. Eu acredito que isso se deve a implantação do Patrulha da Comunidade. Mas para aumentar ainda mais esses indicativos, a população precisa registrar as ocorrências de roubos e furtos”, afirmou o secretário.

O apelo de André Garcia não encontra respaldo na opinião de muitos comerciantes na Grande Vitória. No último dia 18, a TV Vitória mostrou uma reportagem em que os moradores de Ponta de Fruta reclamam da insegurança e dos constantes assaltos. Uma das vítimas relata ter sido assaltada quatro vezes e perdeu a esperança de ver os bandidos na cadeia. Na reportagem, a orientação da Polícia Militar é que, após o crime, a vítima tem que registrar o boletim de ocorrência na delegacia mais próxima.

“Isso é importante até mesmo para nortear o policiamento do Patrulha da Comunidade. Com os registros, nós sabemos onde está o problema”, avalia o secretário de Segurança. “Esse problema de falta de uma delegacia para atender a demanda da região cinco, nós esperamos resolver logo. Estamos com o projeto de implantar uma delegacia naquela região, vai ser em Terra Vemelha”, anunciou Garcia.

O secretário afirmou ainda que o índice de assassinatos, embora tenha aumentado de 823 para 870, registrado no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, a tendência de queda continua. “É verdade que houve um aumento no número de mortes, mas este mês já estamos registrando uma redução. Eu acredito que a queda vai acontecer. É bom registrar que temos prendido um grande número de homicidas no Estado, que é um dos maiores índices do País, finaliza Garcia.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
26 jun 2014

Funcionária da Prefeitura de Afonso Cláudio é presa por falsificação de documentos

Publicado às 16:26 | Postado por eduardo.santos

Funcionária da Prefeitura de Afonso Cláudio há 28 anos, sendo que 17 anos presta serviço à Polícia Civil, Marlene de Souza Leal, 46 anos, está correndo o risco de perder o emprego depois de ser presa em flagrante por falsificação de documentos públicos. Ela recebeu voz de prisão dentro da Superintendencia de Polícia Prisional (SPP) quando levava formulários para a confecção de carteiras de identificação com falsificações.

De acordo com o delegado Danilo Bahiense, Marlene afirmou que havia dois anos que falsificava formulários cobrando R$ 50,00 por cada documento. A documentação iria parar nas mãos de foragidos da Justiça, estelionatários, entre outros.”A Secretaria de Segurança tem convênio com algumas prefeituras para facilitar a retirada de documentos. Quando ela fazia a entrega dos formulários, os peritos constataram que havia lotes com pedidos de documentos de identificação para três pessoas diferentes, mas com a mesma impressão digital. E a impressão é de um foragido da Justiça. Eu a chamei em minha sala e dei voz de prisão”, disse o delegado.

Apesar de Marlene garantir que estava há dois anos no esquema, o delegado Danilo Bahiense que a funcionária da PMAC estava falsificando documentos há muito mais tempo. “Existem quadrilhas agindo em vários estados brasileiros com documentos falsos e pra ter acesso a isso, os bandos precisam da conivência de alguém. Essse documentos são usados para os suspeitos contraírem empréstimos consignados e até para a retirada de passaporte na Polícia Federal”, finaliza o delegado Danilo Bahiense.

Uma equipe da SPP está tentando localizar os suspeitos que seriam beneficiados pelas falsificações comandadas por Marlene Leal. Ela foi autuada em flagrante por falsificação de documentos públicos na forma qualificada, cuja pena pode chegar a 56 anos de prisão. A servidora pública foi encaminhada para o Centro de Detenção Provisória Feminina de Viana.

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2013