10/9/2010 às 9h8 - Atualizado em 10/9/2010 às 12h39

Traficantes usavam gírias sobre aipim para vender drogas na Serra

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução TV Vitória
A polícia apreendeu 60 buchas de maconha, 28 pedras de crack e R$ 40 em dinheiro no bairro Parque Residencial Tubarão, na Serra, na noite desta quinta-feira (9). A droga estava com Leonardo Anderson de Nazaré Freitas, de 25 anos, Guaracy Silva de Azevedo, de 18 anos, e com um adolescente de 17 anos, que foram detidos e encaminhados ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Laranjeiras.

A região onde a droga foi encontrada é conhecida pela polícia como ponto de tráfico. Em uma campana montada pelos militares no local, o menor apreendido foi flagrado vendendo droga para Guaracy. Eles aguardaram um pouco mais e constaram que Leonardo era responsável pelo chamado Bonde da Droga.

As buchas de maconha e as pedras de crack estavam escondidas em uma plantação de aipim, nas raízes da planta. Leonardo Anderson de Nazaré Freitas, um dos detidos, afirmou não ser traficante e disse que iria pegar uma caixa de bombons na plantação de aipim.
 
Gírias

O que chamou atenção da polícia é que gírias e códigos sobre aipins eram utilizadas pelos traficantes. Se eles falassem para os usuários que tinha "aipim cozido", significava que havia droga para ser vendida. Se os acusados falassem que foram "pegar o aipim", os usuários entendiam que a droga ainda estava chegando na boca de fumo.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014