| 21/5/2011 às 12h36 - Atualizado em 23/5/2011 às 19h11

Policial militar é morto com tiro na cabeça quando fazia segurança em posto de Fundão

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução TV Vitória
Um soldado da Polícia Militar foi assassinado com um tiro na cabeça em um posto de combustível no Centro de Fundão, onde trabalhava como segurança particular. O filho de Euzebio José Alves Scopel estava com ele no momento do crime.

O soldado fazia parte do batalhão de Aracruz. O carro usado pelos assassinos para realizar o crime foi localizado. Era um táxi que havia sido roubado momentos antes do homicídio.

O carro estava parado em um ponto que fica a poucos metros da cena do crime. O taxista foi rendido por dois homens armados e colocado no porta malas. Após matarem o policial os criminosos abandonaram o veículo em uma borracharia às margens da BR-101.

O dono do táxi e mais uma outra pessoa foram detidas para prestarem esclarecimentos. Após o crime o Centro do município foi praticamente tomado pela Polícia Militar. Várias viaturas realizaram rondas. Militares a pé percorreram ruas em busca de algum suspeito. Até o Batalhão de Missões Especiais (BME) foi acionado. Uma cena que, apesar da crescente violência no município chamou atenção dos moradores.

“Desde os 10 anos de idade que eu moro aqui e se continuar assim, nós vamos virar o que?”, disse o vendedor Dalvino Broetto.

Na manhã de sexta-feira (21) a pequena cidade de fundão parou para acompanhar o trabalho da polícia que resultou na prisão de 12 pessoas e a apreensão de um adolescente. O grupo era é acusado de tráfico de drogas, porte de arma e receptação e adulteração de veículos.

Na operação policial foram apreendidas espingardas, maconha, celulares e munição. A possibilidade da morte de Scopel ter sido uma represália de criminosos que agem na região não é descartada.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014