| 1/7/2012 às 19h46 - Atualizado em 2/7/2012 às 19h27

Domingo tenso em Jardim Carapina um dia após tiroteio e homicídio

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Reprodução TV VitóriaA tarde do domingo (31) foi aparentemente tranquila no bairro Jardim Carapina, na Serra, um dia após o assassinato de um jovem e o ferimento de três pessoas por bala perdida. Mas apesar da aparente tranquilidade o clima ainda está tenso no lugar.

Ainda com medo, os moradores preferem o silêncio como medida de segurança e não falam sobre o ocorrido na tarde do sábado, quando um jovem foi perseguido pelas ruas do bairro e acabou sendo executado. Na tentativa de fuga o alvo dos assassinos invadiu o quintal de uma casa, onde foi morto. O crime assustou os moradores da Rua Presidente Dutra.

A vítima da execução ainda não foi identificada pela polícia, mas testemunhas disseram que se tratava do irmão de Fábio Pereira, conhecido como Baianinho, que foi assassinado na última terça-feira (26) durante uma tentativa de assalto a uma padaria no bairro.

Segundo a polícia o rapaz executado no sábado pode ter ido ao bairro para vingar a morte do irmão, mas também acabou morto.  A polícia também considera a hipótese de briga de gangues que disputam o tráfico de drogas na região.

 O crime aconteceu dois dias depois que a Polícia Militar anunciou a ocupação de Jardim Carapina, com o objetivo de inibir a criminalidade, mas a presença da polícia na região não impediu que bandidos aterrorizassem a comunidade.

 O comando da 1ª Companhia do 6º Batalhão da PM informou que policiamento no bairro foi aumentado após o ocorrido. Ainda segundo a PM, os crimes aconteceram quando viaturas circulavam por outras áreas do bairro, que tem cerca de 15 mil habitantes. O reforço policial será mantido por tempo indeterminado, se acordo com a polícia.

  

  

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014