20/1/2013 às 17h26 - Atualizado em 21/1/2013 às 18h29

Comerciante reage assalto em Vila Velha e é executado com tiro no peito

Folha Vitória
Redação Folha Vitória

Reprodução TV VitóriaO comerciante Leny Cristo, de 38 anos, foi morto com um tiro na madrugada deste domingo (20) após reagir a um assalto dentro do bar de sua propriedade no bairro Cobilândia, em Vila Velha. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital Antônio Bezerra de Faria, no mesmo município.

Bigode, como era conhecido, levou um tiro no peito. O crime aconteceu por volta das 4 horas da madrugada. De acordo com testemunhas, três homens chegaram ao estabelecimento em um carro prata e pediram uma cerveja.

Enquanto Leny foi buscar a bebida, o trio anunciou o assalto. Nesse momento, o comerciante reagiu e foi baleado. Ele ainda tentou correr para o lado de fora do bar, mas caiu na calçada. Na fuga, os assaltantes ainda conseguiram levar o celular da empresa e ainda a carteira do comerciante.

A esposa do comerciante, que com medo pediu para não ser identificada, contou que além do bar, a vítima trabalhava como fiscal em uma empresa de ônibus e nunca teve problemas com ninguém. Ela contou que essa não foi a primeira vez que o bar recebe a visita dos assaltantes. A mulher ficou revoltada com a morte do marido.

“Os vagabundos estão mais armados que a polícia. Sinto muito a morte dele. Ser morto assim do nada. Só pelo que a segurança pública olhe um pouco mais para a gente”.

 

 

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014