26/2/2013 às 13h42 - Atualizado em 27/2/2013 às 14h31

Taxista executivo é preso com arma após arrombar carro e assaltar aposentado em Vitória

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Reprodução TV VitóriaUm rapaz de 20 anos foi preso suspeito de arrombar um veículo e assaltar um aposentado, que caminhava no calçadão na Enseada do Suá, em Vitória. Rafael Pereira Tavares, de 20 anos, teria usado uma arma para render a vítima. “Ele vinha na minha frente e, quando percebeu que as pessoas não estavam próximas, ele deu a volta, apontou a arma e pediu o cordão. Eu tirei o cordão, entreguei a ele e ele saiu andando no sentido contrário bem devagar”, contou a vítima que não quis se identificar.

O suspeito fugiu, mas as imagens feitas pelo videomonitoramento da prefeitura ajudaram a localizar o suspeito. Ele havia saído da Avenida Americo Buaiz em direção à Camburi. O adesivo colado na traseira do veículo também ajudou a identificar o carro. As câmeras não registraram o flagrante, mas foram essenciais para os guardas municipais renderem o suspeito. “A gente já tinha as características dele já sabíamos mais ou menos como era o carro porque, em outubro, a gente já tinha a suspeita do Rafael, mas não tinha nada para provar e encaminhá-lo para a delegacia. Quando a gente visualizou e a vítima passou as características, a gente tentou parar o veículo, mas ele se evadiu do local. Nós continuamos acompanhando ele de viatura e via videomonitoramento. Também tivemos apoio do pessoal da Guarda Municipal que trabalha na Praia de Camburi, que fez a contenção do trânsito lá. Conseguimos parar o veículo e fazer a abordagem”, comentou a inspetora Renata Zanatelli.

Rafael estava com um revólver calibre 32, munição e o cordão de ouro roubado do aposentado. De acordo com a Guarda Municipal de Trânsito, Rafael trabalhava como taxista executivo. Os guardas municipais envolvidos na ocorrência disseram que o suspeito já praticava furtos e roubos na região e era procurado há cinco meses. O local é bem movimentado, principalmente pela manhã, quando muitas pessoas praticam esporte. O calçadão fica em uma área nobre e perto do mar. O local atrai turistas e moradores, que preferem se prevenir, a ter que deixar de lado o prazer em caminhar. “Eu fico sempre atento. Seja ciclista, motociclista, pode estar vestido de freira que eu vou desconfiar”, disse o militar Valter Costa.

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014