Família é feita refém e bandidos fazem a 'limpa' dentro de casa em Vila Velha

As cinco vítimas haviam acabado de chegar em casa, por volta da meia-noite, quando foram rendidas por dois criminosos. Elas foram amarradas e colocadas na sala por mais de meia hora

 Versão para impressão  
Vítimas foram mantidas reféns por mais de meia hora
Foto: TV Vitória

Uma família viveu momentos de terror, na madrugada deste sábado (08), em Ataíde, Vila Velha. Dois bandidos invadiram uma residência e renderam cinco pessoas, sendo um casal, duas crianças e um amigo da família. 

As vítimas haviam acabado de chegar em casa, por volta da meia-noite, quando foram rendidas pela dupla, que estava a pé. "Você não está esperando. É uma coisa que acontece de repente. Você se sente a mercê da bandidagem, de chegar na sua casa e fazer o que quer, revirar tudo, procurar as coisas e você falar que não tem e eles insistirem", desabafou a dona da casa.

As cinco pessoas foram mantidas como reféns durante mais de meia hora e a todo momento sofriam ameaças. Elas foram amarradas e colocadas na sala enquanto os criminosos faziam uma "limpa" na casa. 

"Pedi para poder pegar os meus filhos, porque um correu para um lado e um correu para outro, assustados. Eles mandaram eu colocá-los sentados e imediatamente vieram e começaram a amarrar todo mundo", contou a mulher.

Ao todo, os bandidos levaram duas televisões, dois notebooks, um videogame, relógio, cordões de prata, óculos de grau, mais de R$ 800, o carro da família e até uma linha de pipa das crianças. Apesar das ameaças, ninguém se feriu.

"Na hora em que ele me pegou para jogar dentro do quarto, eu dei um tranco e falei 'é agora'. Mas eu tenho fé em Jesus e não aconteceu nada", disse o amigo da família.

A dona da casa acredita que os criminosos conheciam a família, pois sabiam exatamente onde estava cada material. "Eles vieram mesmo focados no que queriam. Então, para mim, isso pode ter sido alguém que conhece a rotina da minha família", afirmou.

O caso será investigado pela Polícia Civil. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho da polícia deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.

TAGs

  • ameaças
  • assalto
  • familia rendida
  • reféns
  • roubo
  • violencia
 Versão para impressão  
Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016