25 nov 2014

Exonerações em Vila Velha criam mal estar entre Rodney e PMDB

Publicado às 17:44 | Postado por Josué de Oliveira

rodney_miranda__be359cb32bApós a demissão em massa e a exoneração de secretários anunciada pelo prefeito Rodney Mirada (DEM) na semana passada, o clima ficou tenso entre o democrata e deputado federal Lelo Coimbra (PMDB). É que o ex-secretário de Transporte Romário de Castro, por exemplo, era indicação do PMDB e foi dispensado sem aviso prévio. Da mesma forma o de Esporte, Alexandre Salgado, que embora não tenha sido indicado pelo partido foi um dos que trabalharam na campanha de Lelo em Vila Velha. Nos bastidores, o que se comenta é que o objetivo seria reduzir a participação do PMDB e aumentar espaço do PSB no Executivo canela-verde.

Novo secretário
O burburinho ganha força principalmente pelo fato do vereador de Vila Velha Andinho Almeida (PMDB) ter ficado de fora da Secretaria de Ação Social, um desejo antigo do parlamentar. O escolhido para a função deve ser o socialista Joel Rangel. Caso se confirme, seu substituto na Câmara será o subsecretário de Espores, Ricardo Pires (PSB).

Descontração
Gaiato que não perde a piada compara a reforma administrativa de Rodney à compra das armas não letais usadas pela guarda municipal. É que após reclamação de vereadores, algumas demissões foram revistas. Ou seja, a reforma no início deu um choque (de ordem), mas só durou cinco segundos (tempo de duração do choque do armamento).

Insatisfação I
Durante discurso na Assembleia Legislativa, o deputado estadual José Esmeraldo (PMDB) não poupou críticas ao prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS). O parlamentar reclamou que seu pedido de obras no forte São João não foi atendido e que a prefeitura mandou uma “técnica de costura” para averiguar a situação do bairro. Está bem chateado!

Insatisfação II
Peritos estiveram na Assembleia nesta terça-feira na expectativa de pressionar os parlamentares para votar projeto que beneficia a categoria. Não conseguiram porque a sessão caiu por falta de quórum em menos de uma hora após o início dos trabalhos. Antes de irem embora, no entanto, vaiaram a deputada Janete de Sá (PMN) que presidia a Mesa.

O Hospital é nosso
Moradores de Mantenópolis já estão na contagem regressiva para a reabertura do hospital da cidade, fechado desde 2012. O documento, que vai ampliar o número de leitos do município, foi assinado pelo prefeito Maurício Alves dos Santos nesta terça-feira. Os recursos para a reforma devem vir do Ministério da Saúde.

unnamed

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
24 nov 2014

Disputa acirrada pelo comando do Sebrae no Espírito Santo

Publicado às 18:26 | Postado por Josué de Oliveira

deputado-roberto-carlos-8d9fb5de69A superintendência do Sebrae no Espírito Santo está disputada por diversas lideranças políticas capixabas. Entre elas o deputado Roberto Carlos (PT), o presidente da Aderes, Pedro Rigo, e o ex-secretário José Eugênio. Os três tem como padrinhos para a vaga o ex-prefeito João Coser, o ex-coordenador da campanha de Dilma no Estado, Tarcísio Vargas, e o governador eleito Paulo Hartung (PMDB), respectivamente. A informação que circula nos bastidores é de que com o impasse foi necessário fazer um grande acordo para abrigar todos interessados.

Sem disputa
Embora seja um cargo federal, o Espírito Santo também tem direito a voto por meio das entidades. Após a conversa, o que ficou definido é que José Eugênio ficaria na superintendência do órgão. Para não haver insatisfação, Roberto Carlos e Pedro Rigo teriam aceitado ficar com diretorias da entidade.

Haroldo x Duque
O coordenador da transição do governador Paulo Hartung (PMDB), Haroldo Correa, e o secretário estadual da Fazenda, Maurício Duque, estiveram na Assembleia nesta segunda-feira. Haroldo voltou a atacar o Palácio ao dizer que não deve ter crescimento econômico em 2015. Duque rebateu dizendo que atualmente há R$ 1,1 bilhão em recursos livres no caixa do Governo.

Sem preconceito I
O projeto que garante o direito de travestis e transexuais usarem o nome social na Assembleia Legislativa foi rejeitado pelos deputados estaduais durante sessão realizada nesta segunda-feira. A proposta foi rejeitada principalmente com apoio da bancada evangélica. O deputado Cláudio Vereza (PT), autor da matéria, ficou frustrado.

Sem preconceito II
Apesar da polêmica, todos disseram que a decisão de barrar a matéria não foi baseada por princípios religiosos, mas sim na inconstitucionalidade. O deputado Esmael Almeida (PMDB) lembrou que o projeto teve parecer contrário da Procuradoria da Assembleia.

Dia do padeiro
Integrantes do Sindicato da Indústria de Massas Alimentícias e Biscoito do Espírito Santo (Sindimassas) entregaram mini panetones aos deputados estaduais nesta segunda-feira. A ação foi para tentar sensibilizar os parlamentares a aprovarem projeto que cria o “Dia do Padeiro” no Estado. A matéria foi um pedido do então deputado Glauber Coelho, que morreu vítima de um acidente de carro.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
23 nov 2014

A diferença entre Hartung e Casagrande após mandatos no Palácio

Publicado às 18:00 | Postado por Josué de Oliveira

casagrandexhartungA guerra declarada entre as equipes de transição do atual Governo e a do próximo já dá sinais de como será o ano político em 2015 com a nova administração. Além disso, também mostra as posturas do governador Renato Casagrande (PSB) e do seu sucessor Paulo Hartung (PMDB) durante os seus finais de mandatos.

Quando deixar o Palácio Anchieta e passar a faixa para seu agora adversário, Casagrande já anunciou que não vai dar trégua para o futuro Governo, apontando as possíveis falhas e adotando um estilo mais agressivo, embora faça questão de dizer que não fará oposição pela simples oposição.

A mágoa por não ter sido reeleito ele deve canalizar nas críticas previstas contra Hartung. O recado já veio um dia após o resultado das urnas, em outubro. Naquela ocasião, afirmou que estará a postos para apontar os erros administrativos e as deficiências éticas da futura administração.

A postura do governador de partir para o ataque vai de encontro a da que foi adotada por Hartung quando deixou o Palácio Anchieta em 2010. O peemedebista saiu de cena e garantiu que não seria um “palpiteiro”, mas estava disposto a contribuir para o Espírito Santo caso fosse solicitado.

Mesmo tendo sido eleito por arranjos políticos comandados pelo próprio Hartung, foram poucas as vezes que Casagrande buscou conselhos do então aliado. Diante desse cenário, Hartung cumpriu a promessa e passou a se dedicar à iniciativa privada e realizando palestras para empresários, apesar de que nunca ficou de fato longe da política, visto que seu escritório diariamente recebia a presença de lideranças políticas atrás de pedidos de orientação.

Agora, com os dois em lados opostos, o Espírito Santo poderá vivenciar um cenário político bastante acirrado como por um bom tempo não estava acostumado a ver. A troca de acusações já começou e a tendência é ficar ainda mais evidente a partir no ano que vem. A guerra está declarada!

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
22 nov 2014

Helder ataca prefeitos que “ainda não desceram do palanque”

Publicado às 18:00 | Postado por Josué de Oliveira

helder_salomao__cd008c2ee1Sem citar nomes, o ex-prefeito e deputado federal eleito Hélder Salomão (PT) utilizou as redes sociais para fazer um desabafo. O petista afirmou que após dois anos de mandato, alguns prefeitos “não desceram do palanque e continuam tentando jogar a culpa nos seus antecessores, criam factóides, mas não conseguem mostrar resultados satisfatório para a população”. Embora não tenha citado nomes, o desabafo chega em um momento que prefeitos da Grande Vitória anunciam cortes de pessoal e redução de secretaria para economizar recursos, inclusive o próprio prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia, o Juninho, com quem ele nunca teve uma relação muito amistosa.

Conselho
Hélder afirma que ao invés de reclamar e buscar culpados, ele buscou governar com planejamento e parcerias com a sociedade. “Os prefeitos que não acordarem logo, podem não ter mais tempo de reverter o placar desfavorável”, disse. É para refletir…

Haja encontros
Tem sido cada vez mais constantes os encontros entre o governador eleito Paulo Hartung (PMDB) e o vice, César Colnago (PSDB). Os dois estão sendo visto juntos com muita frequencia em um shopping de Vila Velha onde Hartung mantém seu QG. Além do Palácio da Fonte Grande, Colnago é cotado para assumir uma secretaria no próximo Governo.

Flagrante
Durante a “ronda” que vem fazendo no município, o prefeito de Vila Velha, Rodney Miranda (DEM), ficou surpreso ao se deparar com colchão e até restos de aparelhos de TVs jogados próximos ao canal no bairro Pontal das Garças. O democrata lembrou que a prefeitura de Vila Velha disponibiliza o serviço de Cata-Móveis e o serviço deve ser agendado pelo telefone 0800 283 9059. Cada um fazendo sua parte…

Mais convocação
Além do secretário da Fazenda, Maurício Duque, os deputados estaduais vão ouvir diretores dos presídios do Espírito Santo. Na Assembleia, há várias denúncias de possíveis irregularidades no complexo penitenciário. A convocação deve acontecer na próxima segunda-feira.

Sem retorno
Embora vários diretores tenham sido convocados para prestar esclarecimentos, nenhum deles ainda confirmou presença. Nos corredores da Assembleia Legislativa, dizem que ninguém está respondendo aos deputados em final de mandato. A própria Casa anda um tanto quanto vazia. Conseguir quórum é tarefa difícil.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
21 nov 2014

Prefeitura de Vitória também vai cortar pessoal para enxugar despesa

Publicado às 17:36 | Postado por Josué de Oliveira

prefeitura_de_vitoria_pmv__0aca025a40Depois das prefeituras de Vila Velha e Cariacica, chegou a vez dos servidores comissionados da prefeitura de Vitória passar pela guilhotina. Mas o prefeito Luciano Rezende (PPS) vai esperar passar o Natal e as festas de final de ano para dar início ao processo de demissão. Os cargos começam a ser extintos a partir do ano que vem e a expectativa é de que o corte atinja 20% dos cargos de cada secretaria até o final do mandato. Ao todo, 50 pessoas devem ser demitidas. Com isso, a previsão do Executivo é economizar até R$ 5 milhões.

Clima tenso
Não convidem para a mesma festa os coordenadores das equipes de transição dos governos Hartung e Casagrande. Haroldo Correa e Guilherme Pereira andam trocando farpas e acusações. Até o encontro para discutir assuntos ligados à troca de Governo foi cancelado nesta sexta-feira.

Na bronca
Servidores da Assembleia estão insatisfeitos com o procurador-geral do Ministério Público do Espírito Santo, Eder Pontes. Dizem que ele justifica o pedido do 13º no tíquete-alimentação no órgão dizendo que os funcionários da Assembleia e Tribunal de Contas recebem o benefício. Só que isso não acontece, já que o salário extra no Legislativo é pago no mês de aniversário do servidor para não sobrecarregar a folha.

Falando nisso
A Associação Recreativa dos Servidores da Assembleia Legislativa (Arsal) já estaria se movimentando para agilizar a liberação do abono da Natal. A previsão é de que o valor seja definido em R$ 2 mil. Isso se Papai Noel for mesmo generoso.

Turistas
Dois vereadores de Anchieta estão na mira da Câmara Municipal. Eles foram vistos pescando no Pantanal bem no horário das sessões. O Legislativo informou que, caso não apresentem justificativas, terão o ponto cortado. Mas será que tem justificativa para pescar no horário do expediente?

Enchentes
O vereador Osvaldo Maturano (PROS) está em clima de lua de mel com o prefeito Rodney Miranda (DEM). Dia desses na Câmara ele elogiou a ação da prefeitura na limpeza do canal de Aribiri, na altura dos bairros Garoto e Aribiri. Os bairros fazem parte do reduto eleitoral do parlamentar e essa era uma demanda antiga das comunidades da região.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
20 nov 2014

Extinção de cargos indicados por vereadores será revista em Vila Velha

Publicado às 18:22 | Postado por Josué de Oliveira

prefeitura_de_vila_velha__51309492dbA reforma administrativa promovida pelo prefeito Rodney Miranda (DEM) continua rendendo polêmica em Vila Velha. Dessa vez o mal estar foi causado porque muitos dos cargos comissionados que foram extintos eram indicações feitas pelos vereadores do município. No pacote da demissão em massa estavam incluídos até a mulher e filho de parlamentar. Para conter a crise entre os poderes, Rodney se reuniu com os vereadores e prometeu rever as exonerações. O ato mantendo os cargos em suas devidas funções deve ser publicado no Diário Oficial nesta sexta-feira.

O outro lado
Procurada pela Coluna, a prefeitura limitou-se a dizer, por meio da sua assessoria de imprensa, que o decreto sobre a reforma administrativa traz um período para que elas sejam de fato efetivadas. “Todas as exonerações ainda estão sendo avaliadas tendo em vista este prazo”.

Divergências I
A relação dos vereadores de Vila Velha e o secretário de Administração e Planejamento Pedro Ivo não é das melhores. Após as exonerações, o novo chefe da pasta teria dito que haveria corte de pessoal independente de quem fossem as indicações.

Divergências II
O assunto se espalhou, causou um alvoroço e chegou ao ouvido do prefeito Rodney Miranda, mas houve uma tentativa de minimizar o mal estar dizendo que ele foi mal interpretado. Vereadores reclamaram com o democrata e o clima voltou a ficar mais tranquilo.

De negro para negro
Sessão solene na Câmara de Vitória em comemoração ao “Dia Nacional da Consciência Negra” vai homenagear o deputado Roberto Carlos (PT). Os autores da solenidade são os vereadores Wanderson Marinho e Namy Chequer. Eles dizem que é um “dia pra refletir sobre o passado, e reunir forças pra lutar por uma vida sem discriminação”. O evento acontece na próxima quarta-feira (26), às 19 horas, no plenário do Legislativo.

Articulação
Ainda nem assumiu o mandato, Marcus Vicente já está se articulando para trazer recursos para o Estado. Ele se reuniu com o ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi, tratando de contratos para trazer recursos para os capixabas. Na próxima quarta-feira (26), terá outra audiência com o ministro. Dessa vez vai acompanhado do prefeito Marcelo Coelho e do deputado estadual eleito Erick Musso. Vão tratar de três convênios para Aracruz. Pela cara da presidente Dilma Rousseff (PT) na foto, o encontro foi bastante agradável.

MV

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
19 nov 2014

Quase R$ 9 mil para adoçar cafezinho dos deputados

Publicado às 19:53 | Postado por Josué de Oliveira

assembleia_legislativa_es__25e26a0dd6A Assembleia Legislativa do Espírito Santo contratou uma empresa para fornecer açúcar suficiente para adoçar o “cafezinho nosso” de cada dia dos deputados estaduais em um período de 12 meses. O valor do contrato será de R$ 8,7 mil reais, pagos com o orçamento da Casa. A contratação foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (19). Vale lembrar que esse valor é somente para o açúcar do cafezinho. A mordomia inclui ainda lanche durante as sessões e biscoitos para abastecer alguns setores da Casa. E o contribuinte que paga esse preço amargo…

Emancipação
Tramita na Assembleia projeto do Executivo que anexa o distrito de Alto Gironda ao município Vargem Alta, que atualmente pertence a Cachoeiro de Itapemirim. A localidade tem grande atuação econômica voltada para o setor de mármore e granito e o pedido já era antigo, mas só agora o Governo resolveu atender a demanda. Será que o presidente Theodorico Ferraço (DEM) vai gostar?

Data marcada
O secretário Maurício Duque já tem data marcada para prestar contas na Assembleia Legislativa. O encontro acontece na próxima segunda-feira (14), às 13h25, no plenário Rui Barbosa. Os parlamentares querem explicações sobre as finanças do Estado, já que a reunião já devia ter sido feita desde setembro.

Novos voos
Após ser exonerado da prefeitura de Vila Velha, o ex-secretário de Desenvolvimento Antônio Marcus Machado (PSDB) já pode ocupar uma nova função. Tucano de alta plumagem o aponta como uma boa opção para assumir a presidência estadual do Instituto Teotônio Vilela (ITV).

Palavra cruzada
Líder da Rede no Espírito Santo, Gustavo de Biase, vem publicando em suas redes sociais mensagens que tem deixado muita gente intrigada. Uma delas diz o seguinte: “O mundo está ficando cada vez mais cinza, sem sabor e, por incrível que pareça, com mais gente e menos pessoas”. Já outra: “O que fazemos em vida, ecoa na eternidade”. É para refletir mesmo!

Mimo para os amigos
O deputado Luiz Durão (PDT) fez a alegria dos colegas de plenário ao distribuir queijo de búfala na Assembleia Legislativa. O presente foi só para os deputados, mas teve muito servidor que ficou com água na boca. Só que infelizmente não deu para todo mundo.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
18 nov 2014

Demissão em massa também na prefeitura de Cariacica

Publicado às 16:56 | Postado por Josué de Oliveira

juninho_geraldo_luzia_junior_prefeito_de_cariacica__c2aa3fd481O prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia, o Juninho, publica nesta quarta-feira no Diário Oficial o projeto que vai permitir uma reforma administrativa no Executivo. Com a mudança, 73 cargos comissionados extintos e algumas secretarias também serão fundidas, assim como aconteceu no Executivo de Vila Velha na semana passada. A previsão de redução de gastos é de cerca de R$ 3,8 milhões por ano. As mudanças, de acordo com informações que circulam no gabinete do prefeito, serão feitas de forma gradativa até o final deste ano.

No comando
O governador Renato Casagrande foi eleito o presidente da Fundação João Mangabeira, entidade ligada ao PSB e bastante respeitada pela sua representatividade. Em entrevista à Coluna, o socialista afirmou que assumir a função é um grande desafio e a maior meta é fortalecer ainda mais a sigla para as próximas eleições.

De olho em 2016
Mesmo que afirme ter uma boa relação com o prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), Casagrande garantiu que o PSB estará na disputa pelas prefeituras nas principais cidades. No meio político já especulações que apontam Casagrande como um possível candidato, principalmente depois de possível flerte de Luciano e o governador eleito Paulo Hartung (PMDB).

Pela tangente
O governador, no entanto, diz que está focado em terminar seu mandato e que o tema ainda não está sendo discutido. “Esse assunto nós vamos discutir na hora certa. E a hora não é agora”, sentenciou.

Polêmica no chope
Parlamentares estaduais continuaram os discursos em relação ao polêmico projeto de deputada Lúcia Dornellas (PT) que libera venda e consumo de bebida nos estádios. O deputado Vandinho Leite (PSB) diz que se o Governo não vetar vai entrar com uma Ação de Inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ressaca
Gaiato que não perde a piada não entende porque o deputado Eustáquio Freitas (PSB) é contra a matéria. Ele lembra que o parlamentar é dono de uma rede de farmácia e a liberação da bebida nos estádios podia aumentar as vendas de medicamentos para a ressaca após os jogos. É… faz sentido!

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
17 nov 2014

Aprovado projeto que libera bebida alcoólica em estádios capixabas

Publicado às 17:24 | Postado por Josué de Oliveira

plenarioA semana começou polêmica na Assembleia Legislativa. Foi aprovado na Casa projeto da deputada Lúcia Dornellas (PT) que permite a venda e consumo de bebida alcoólica nos estádios do Espírito Santo. A matéria, no entanto, causou polêmica, já que nem todos são adeptos da “loira gelada” enquanto torcem pelo time do coração. A bancada evangélica foi a principal opositora da proposta. O deputado Vandinho Leite (PSB) garantiu que, embora tenha passado pelo plenário, vai pedir ao Governo que vete a proposta. Quem validou o discurso foi o colega Esmael Almeida (PMDB), mas fez questão de dizer que foi contra não por questões religiosas, mas sim pelos problemas que isso pode ocasionar.

Brincadeira
Diante da polêmica, gaiato que não perder a piada lembrou uma situação há alguns anos quando foi distribuída cesta de Natal com várias garrafas de bebida. Assessores dos parlamentares evangélicos ficaram com presente, mas deu tanta reclamação que depois tiveram até que devolver.

Barrado
Depois de dois meses tramitando na Casa, o governador Renato Casagrande (PSB) vetou o projeto do deputado Rodrigo Coelho (PT) que redistribui o ICMS para municípios. Foram tantos debates, emendas, brigas, obstruções e pedido de vistas nas comissões e acabou sendo rejeitado pelo Executivo.

Tumulto
O clima esquentou entre os deputados Euclério Sampaio (PDT) e Vandinho Leite (PSB). O socialista exigia a recontagem de quórum após o presidente ter declarada aberta a votação, o que não é permitido. O pedetista não perdeu a chance e acusou o colega de não conhecer o regimento interno.

Sem surpresas
O secretário de Saúde Tadeu Marino esteve na Assembleia nesta segunda-feira para prestar contas da gestão à frente da pasta. A expectativa era de que ele fosse colocado contra a parede por aliados do governador eleito Paulo Hartung (PMDB), mas Marino deixou a reunião bastante satisfeito.

Mais convocação
Quem agora está na mira dos deputados é o secretário da Fazenda, Maurício Duque. A Comissão de Finanças também quer ouvir sua prestação de contas. Segundo o deputado Paulo Roberto (PMDB), Duque foi convocado em setembro, mas até agora não apareceu para o encontro.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
16 nov 2014

Auxílio-moradia gera polêmica e divide opiniões

Publicado às 18:00 | Postado por Josué de Oliveira

eder_pontes_ministerio_publico__61d594109eNão é de hoje que as mordomias de magistrados e autoridades políticas causam polêmicas entre o cidadão comum que é obrigado a trabalhar para pagar esses benefícios que beiram ao absurdo. A mais recente discussão foi motivada pelo pedido de auxílio-moradia dos membros do Ministério Público Estadual.

Promotores e procuradores de Justiça, embalados pela onda dos juízes e desembargadores, também resolveram pedir o valor de R$ 4,4 mil por mês para contribuir, vejam só, com o aluguel das suas casas. A maioria, com salários fora da realidade dos trabalhadores brasileiros, não consegue pagar a própria moradia?

Para se ter uma ideia, só no Espírito Santo o Judiciário capixaba vai desembolsar R$ 1,5 milhão para bancar a mordomia, que é legal, embora haja uma ampla discussão sobre a sua moralidade, principalmente em uma época em que há dificuldade financeira nas contas do Estado.

A polêmica divide até os próprios membros do Ministério Público e os poderes constituídos. Nem todos os que têm direito no órgão solicitaram o benefício e, os que fizeram, foram criticados pelos próprios colegas.

Até o governador Renato Casagrande quebrou o silêncio e criticou o pagamento extras na conta dos servidores. Mesmo diante da polêmica, o chefe do MPES, Eder Pontes, um dos que não abrem mão do auxílio, sai em defesa e garante que se é de direito, tem que ser cumprido.

A discussão, na verdade, esbarra em uma situação curiosa e foge da legalidade ou moralidade. Pontes, por exemplo, tem rendimentos superiores a R$ 25 mil por mês. Será que com esse salário não conseguiria viver em uma moradia paga com o próprio salário?

Se quem ganha salário mínimo de R$ 720, por exemplo, consegue essa proeza, porque os membros do MPES não conseguem, mesmo ganhando infinitamente mais que os trabalhadores comuns? Fica a pergunta no ar…

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:

4Ps Agência Digital agência digital 2007 - FOLHA VITÓRIA - Todos os direitos reservados - Anuncie - Expediente - Cadastro - Fale Conosco - Política de Privacidade - RSS