26 jan 2015

Socialistas em crise ameaçam desfiliação em massa do partido

Publicado às 18:24 | Postado por Daniela Künsch

renato_casagrande__857913a6a1Após a saída do ex-governador Renato Casagrande (PSB) do Palácio Anchieta, a situação de alguns socialistas dentro do partido está ficando insustentável. Internamente já existem rumores de que uma desfiliação em massa estaria sendo orquestrada para os próximos dias. A insatisfação seria por conta da posição de Casagrande que vem criticando exaustivamente o atual Governo. Há lideranças importantes do partido encabeçando o movimento, que atinge vereadores, prefeitos e deputados. Com a saída do PSB, os insatisfeitos poderiam ensaiar uma aproximação com o governador Paulo Hartung (PMDB).

Assédio
Caso a desfiliação se confirme, outras legendas já são cogitadas para receber o grupo de rebelados. Entre os mais cotados estão Rede, PMDB e até o novo PL, que deve ser recriado após a fusão com o PSD. Seria um reforço principalmente para as eleições municipais de 2016.

Pane a bordo
O vereador Devanir Ferreira (PRB) teve um pequeno susto nesta segunda-feira durante embarque para Brasília no aeroporto de Vitória. A aeronave em que estava sofreu uma pane e quando já se preparava para decolar teve que retornar ao pátio. Quem também estava no mesmo voo era o ex-governador Renato Casagrande.

De carona
Ao chegar em Brasília, Devanir pegou uma carona no carro de Casagrande até a fundação João Mangabeira. Os dois tiveram tempo para discutir sobre a redução de 80% do orçamento na área do Esporte e os efeitos que a decisão pode causar ao Espírito Santo.

De olho em 2016
Após o encontro, o vereador teve reunião com o ministro do Esporte, Jorge Hilton. Na pauta, um pedido de ajuda, já que com o corte de despesa para a pasta e sem ajuda do Governo Federal o Estado pode não receber nenhuma delegação para as Olimpíadas de 2016, que acontece no Rio de Janeiro.

Baixa no Governo
E o secretário da Casa Civil, Paulo Roberto, foi exonerado do cargo nesta segunda-feira. É que ele servidor de carreira da Petrobras e só estava liberado pela estatal até o dia 31 de janeiro. Hartung já solicitou à empresa a liberação dele, mas enquanto o pedido não é atendido quem assume o cargo interinamente é o subsecretário da pasta, Roberto Carneiro.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
25 jan 2015

Os sinais da “governabilidade” na Assembleia Legislativa

Publicado às 18:00 | Postado por Daniela Künsch

assembleia_legislativa_es__25e26a0dd6Os novos deputados ainda nem tomaram posse, mas já são nítidos os sinais de que a Assembleia Legislativa voltará a ser a grande “parceira” do Poder Executivo. Não que no Governo passado não fosse, mas naquele período, apesar da maioria dos projetos ter sido aprovada conforme orientação do ex-governador Renato Casagrande (PSB), havia um clima de insatisfação e as críticas ao Palácio Anchieta eram bem comuns nos discursos na tribuna.

O exemplo mais recente de que o plenário voltará a dizer amém para as decisões do Palácio pode ser observado com a escolha do novo presidente da Casa. Um blocão de oposição à atual gestão na Casa, que já reunia cerca de 20 deputados, implodiu após a entrada no governador Paulo Hartung (PMDB) no processo para o comando da Mesa Diretora.

Bastou uma ou duas reuniões com Hartung para o grupo se desfazer e o deputado Da Vitória (PDT), que era apontado como o candidato para representar o grupo contrário a Theodorico Ferraço (DEM), jogar a toalha e tirar o time de campo. Com isso, o bloco agora mudou de lado e como em um passe de mágica rapidamente passou a apoiar a reeleição de Ferraço.

O democrata nunca afirmou que seria candidato à reeleição. Ao contrário, sempre que perguntado sobre o assunto saia pela tangente. No entanto, apesar de cachoeirense agiu como um bom mineiro. Se articulou sem alarde nos bastidores e acompanhou o movimento do blocão de camarote só aguardando o momento exato de dar o bote.

O desfecho que coloca Ferraço como quase candidato único à disputa pela presidência é só um sinal da interferência de Hartung na Assembleia antes mesmo na nova legislatura. Logo que assumiu o Governo determinou que o Orçamento preparado pela gestão anterior fosse engavetado para que um novo, desta vez avaliado pela sua equipe técnica, fosse apreciado pelo plenário. E como era esperado, a versão modificada foi aprovada por unanimidade.

A Assembleia, um poder que deveria ser independente, já foi criticada também nos oito anos que Hartung esteve no poder pelo fato de acatar todas as determinações do Governo. A história, ao que tudo indica, vai se repetir pelos próximos quatro anos. Será um vale a pena ver de novo?

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
24 jan 2015

Câmara estuda aumentar número de vereadores em Vitória

Publicado às 18:00 | Postado por Josue Oliveira

camara_vitoria__038fc8c451A polêmica sobre aumentar o número de vereadores na Câmara de Vitória já é antiga e pode voltar à pauta este ano. A ideia seria elevar de 15 para 21 a quantidade de cadeiras no Legislativo da Capital. Rumores apontam que o presidente Namy Chequer (PCdoB) não é muito favorável à proposta pela repercussão negativa que o tema pode causar. Por isso, ninguém quer colocar a cara para bater, principalmente porque as eleições estão quase chegando e há um receio da medida acabar causando uma renovação no plenário. Por outro lado, há um grupo que defende maior representatividade na Casa.

Sem gastos
O argumento dos que defendem o aumento do número de vereadores é de que apesar de mais cadeiras não haveria elevação das despesas. O orçamento será o mesmo independente da chegada dos novos parlamentares. Com isso, reduziriam os gastos em relação ao mandato de cada um dos edis.

Do contra
Em contrapartida, há vereadores que não querem nem discutir a proposta. O que se comenta nos corredores do Legislativo é que alguns já têm como certa a reeleição e não estariam dispostos a correr o risco de perder o mandato com o aumento da concorrência.

Efeito Luiza
O ex-governador Renato Casagrande (PSB) usou em suas redes sociais um famoso bordão da Internet para alfinetar o atual governador Paulo Hartung (PMDB). O socialista destacou o crescimento de 3% no PIB capixaba em 2014 e na foto postada aparece a seguinte legenda: “E diziam que a economia capixaba estava na pior. Se isso é estar na pior o que quer dizer estar bem, né?”.

Viver melhor
Em outro post, o ex-governador Renato Casagrande comemora ainda os investimentos feitos nos seus quatro anos de mandato. Para ele, os avanços ajudaram a colocar o Espírito Santo no terceiro lugar do ranking entre os estados com melhor qualidade de vida do país.

Novos voos
Após conquistar quase sete mil votos para deputado federal em Santa Maria de Jetibá, o tucano Romeu Berger quer deixar o PSDB. Ele já está conversando com outras legendas e seu objetivo é poder ser candidato a prefeito do município mais pomerano do Brasil em 2016. Está otimista!

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
23 jan 2015

Esmeraldo lidera gastos com selos na Assembleia Legislativa

Publicado às 15:53 | Postado por Daniela Künsch

jose_esmeraldo__170fb380d5Entra ano e sai ano e os deputados estaduais ainda registram gastos faraônicos com selos e outras postagens em plena era da Internet. Para se ter um ideia, foram quase R$ 140 mil só com selos e outras postagens. O deputado José Esmeraldo foi o campeão de despesas. Só em 2014, de acordo com informações do Portal da Transparência da Casa, o peemedebista gastou R$ 41,8 mil. Em segundo lugar vem o deputado Claudio Vereza (PT), que se despediu do plenário. Segundo o portal, o petista gastou R$ 34,5 mil com cartas e outros tipos de correspondências. Em terceiro lugar no ranking dos gastadores aparece o deputado Esmael Almeida, que utilizou quase R$ 18 mil da cota que tem direito para esse tipo de despesa.

Econômicos
Entre os 30 deputados, apenas sete não utilizaram nenhum recursos para postagens, segundo informações declaradas no Portal da Transparência. São eles: Aparecida Denadai (PDT), Theodorico Ferraço (DEM), Freitas (PSB), Gildevan Fernandes (PV) e Paulo Roberto (PMDB).

Haja milhas
No ano passado, o deputado Sandro Locutor (PPS) foi o que mais gastou com passagens aéreas. De acordo com o portal, foram 11 bilhetes emitidos totalizando quase R$ 18 mil para sair do Espírito Santo voando. Só em diárias pagas pelo contribuinte para ele foram R$ 11,6 mil.

Indefinição I
Enquanto o prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), não define quem será seu líder na Câmara, crescem os rumores de que o escolhido será mesmo o vereador Davi Esmael (PSB), que tem grande rejeição com o público LGBT. A previsão é de que a escolha só seja feita em fevereiro.

Indefinição II
Paralela à movimentação para escolher os presidentes das comissões, na Casa já um “balcão de apostas” para saber quem será o líder de Luciano no plenário. Nomes como o do vereador Rogerinho Pinheiro (PHS) e de Fabrício Gandini (PPS) também são cogitados para a função.

Sem pauta
Em plena seca no Espírito Santo, com os municípios de Cachoeiro de Itapemirim e Itapemirim decretando situação de emergência por conta da falta de chuva, o secretário de Agricultura do Estado, Octaviano Neto, ainda não tem uma pauta definida para discutir com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu. Pelo menos essa é a informação repassada pela sua assessoria de imprensa. A ministra estará em Vitória na próxima quinta-feira.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
22 jan 2015

Da Vitória desiste da disputa pela presidência da Assembleia

Publicado às 15:58 | Postado por Daniela Künsch

DaVitoria_18022014_media_ReinaldoCarvalhoDepois de muita articulação e ser o nome mais apontado para disputar a presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Da Vitória (PDT) decidiu jogar a toalha e renunciar a eventual candidatura à sucessão do atual presidente, Theodorico Ferraço (DEM), a pedido do governador Paulo Hartung (PMDB). Com a decisão, embora ainda não tenha anunciado oficialmente que vai concorrer à reeleição, o democrata ganha força para ficar mais um mandato à frente da Mesa Diretora. O pedetista até que tentou se aproximar de Hartung (PMDB), mas ao que tudo indica, as conversas não foram adiante e só lhe restou essa alternativa.

Dificuldade
Pesava contra o pedetista o fato de ele ter feito campanha para o ex-governador Renato Casagrande (PSB) e, quem conhece o governador Paulo Hartung, sabe que dificilmente ele daria a bênção para quem esteve no palanque adversário nas últimas eleições.

Implosão
Com a saída de Da Vitória, o blocão, que vislumbrava uma candidatura de oposição à atual Mesa Diretora, agora fica perdido e a chance de lançar outro nome fica cada vez mais complicada. A entrada de Hartung no processo de sucessão na Assembleia acaba inibindo uma eventual iniciativa para confrontá-lo.

Alternativa
Ferraço, sem sombra de dúvida, é o nome que deve receber a bênção de Hartung para ficar no cargo, embora seu temperamento explosivo em algumas situações cause uma certa preocupação no Palácio. Por outro lado, o nome do deputado Dary Pagung (PRB) já aparece como uma segunda alternativa e poderia ser o consenso entre os demais parlamentares. Até porque Pagung é discípulo e reza na mesma cartilha do governador.

Rádio oficial
A direção da Rádio Espírito Santo, a emissora oficial do Governo, não é mais de responsabilidade de Ricardo Iannotti. Sua exoneração foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira. A rádio-corredor informa que outras exonerações vão acontecer, entre elas, a do diretor da RTV, Sérgio Egito.

Troca-troca
A deputada Janete de Sá (PMN) sofreu uma baixa na equipe com a chegada dos novos parlamentares na Assembleia. Sua assessora de imprensa, Izabel Mendonça, deixa seu gabinete após três anos de trabalho. Izabel foi aprovada no processo seletivo feito pelo tucano Sérgio Majeski e a partir de fevereiro assume a comunicação do novo deputado.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
21 jan 2015

Nova chefe de polícia do Estado no combate contra a criminalidade

Publicado às 19:37 | Postado por Daniela Künsch

possecivilNesta quarta-feira (21), a nova chefe da Polícia Civil, delegada Gracimeri Gaviorno, foi empossada no cargo. A solenidade contou com a presença, claro, do governador Paulo Hartung (PMDB) que fez um discurso voltado para projetos de combate à criminalidade no Estado. Segundo ele, o desafio não é pequeno, mas que o problema pode estar com os dias contados com a inclusão do tema na pauta nacional. “Segurança não se faz apenas com polícia. Eu, que acredito na democracia, vi no último processo eleitoral uma luz importante para avançarmos”, disse. A orientação para a nova chefia é disseminar a cultura da paz, principalmente em locais historicamente dominados pelo crime.

Novo homem
Depois de passar por uma cirurgia para eliminar deformações nos ossos da face e problemas bucomaxilofaciais que não poderiam ser corrigidos apenas com aparelhos ortodônticos, o vereador de Vila Velha Arnaldinho Borgo (SDD) é uma nova pessoa. O formato do seu rosto, o seu sorriso, a sua voz, o seu perfil, tudo mudou. Dizem que as pessoas estão tendo até dificuldade de reconhecê-lo nas ruas.

Novo Rambo
O secretário de Segurança, André Garcia, está seguindo o exemplo do colega Rodney Miranda (DEM). Assim como fazia o prefeito de Vila Velha quando ocupava a pasta, ele tem acompanhado algumas ações de segurança vestindo um colete a prova de balas em áreas de risco. Na época, Rodney ganhou o apelido de Rambo, título agora cobiçado por Garcia.

Nova cara
Acabar com a poluição visual em Vila Velha tem sido uma das metas do prefeito Rodney Miranda (DEM). O assunto foi discutido, inclusive, com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD), durante sua passagem pelo Espírito Santo no início do ano. Foi ele quem liderou o movimento e comprou briga para resolver esse problema em São Paulo quando era prefeito daquela cidade.

Regulamentação
Ainda não há uma definição de como o prefeito pretende reduzir a poluição visual no município, mas os estudos já estão sendo feitos para a regulamentação das placas publicitárias em Vila Velha. O que se sabe é que do jeito que está não pode ficar, já que esse material acaba tirando a beleza da cidade.

Que situação
E a diretora da Cesan, Denise Cadete, nem bem assumiu o cargo e já enfrenta o problema da falta dágua em alguns municípios capixabas devido à estiagem. Em Guarapari, por exemplo, já tem morador “sequestrando” os caminhões-pipa da empresa para não ficar sem água durante o verão.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
20 jan 2015

Prefeito Luciano Rezende inicia aproximação com Hartung

Publicado às 18:07 | Postado por Daniela Künsch

Coletiva com o Prefeito Luciano Rezende e Secretários MunicipaisApós três anos de amizade estremecida, o prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), e o governador eleito Paulo Hartung (PMDB) tiveram o primeiro encontro oficial desde que a relação foi rompida em 2012 nas eleições municipais. Na pauta, pedidos de parceiras com o Governo nas áreas de mobilidade urbana, saúde e educação, além de solicitar apoio ao programa de “terceirização” da dívida pública. Foi uma agenda administrativa positiva para a Capital, mas o encontro representa muito mais que uma reunião de negócios. É uma aproximação política que pode influenciar no projeto de reeleição de Luciano em 2016. O primeiro passo foi dado, resta saber se a amizade será restabelecida.

Contradição
Após ser indicado para assumir a direção do Detran-ES, o delegado Fabiano Contarato afirmou que faria processo seletivo para os cargos no órgão. No entanto, o que se comenta é que alguns diretores e gerentes estão sendo nomeados pela velha prática da indicação política.

No prejuízo
Ao dar entrada na aposentaria, o deputado estadual Claudio Vereza (PT) teve uma desagradável surpresa. Descobriu que, embora tivesse contribuído, a Assembleia Legislativa não repassou ao INSS o valor descontado ao longo dos anos de mandato. Conclusão: teve que pagar R$ 17 mil do próprio bolso para conseguir se aposentar. Na sessão desta terça-feira, disse que vai entrar com ação judicial contra a Casa de Leis.

Aécio vem aí
Depois de passar pelo Estado durante a campanha presidencial, o senador Aécio Neves (PSBD) vai retornar ao Espírito Santo no próximo dia 5 de fevereiro. Ele vai acompanhar a posse do ex-deputado Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) na direção do Bandes. A visita está sendo organizada pelo vice-governador, César Colnago (PSDB).

Presidência
Com a possibilidade de disputar a presidência da Assembleia, o deputado estadual Da Vitória (PDT) está realizando visita em vários órgãos do Estado. Nesta terça-feira (20) se reuniu com o presidente da OAB-ES, Homero Mafra. Acompanhado do deputado Gilsinho Lopes (PR), ele apresentou os pontos defendido pelo blocão para assumir a Mesa Diretora.

Falando nisso…
O deputado Gilsinho e o secretário da Casa Civil, Paulo Roberto, foram vistos almoçando em um restaurante de Vitória. O ex-deputado é o responsável pela articulação entre a Assembleia e o Executivo para a escolha do novo presidente do Legislativo.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
19 jan 2015

Elcio volta a ser líder do Governo na Assembleia Legislativa

Publicado às 19:17 | Postado por Daniela Künsch

elcio_alvares__2068411b93Embora não tenha sido reeleito, o deputado Elcio Álvares (DEM) mantém seu prestígio junto ao Palácio Anchieta. Na legislatura passada foi líder do governador Renato Casagrande (PSB) e agora retorna ao posto como indicado do governador Paulo Hartung (PMDB) para representá-lo na Casa nos próximos 30 dias. A fidelidade de Elcio ao peemedebista é antiga. Foi por isso, inclusive, que deixou o posto no ano passado para apoiar a candidatura de Hartung ao Governo do Estado. Em 2007 e 2008 o democrata também foi líder de Hartung e depois que deixar a Assembleia será responsável pela direção da Banestes Seguradora.

Novo visual
A voz do deputado estadual Euclério Sampaio (PDT) continua a mesma, mas os seus cabelos… quanta diferença. Na pausa no recesso dos parlamentares, o pedetista chamou atenção por ostentar os fios mais escuros. Foi um dos comentários da sessão.

Descontração
Na sessão em meio ao recesso, o clima entre os deputados era de descontração. O deputado Vandinho Leite (ainda o PSB) chamou atenção por aparecer na tribuna mais alto. Respondeu dizendo que tinha usado o “banquinho” da colega Luzia Toledo (PMDB).

Cargo para Roberto
A movimentação de petistas para arrumar um cargo para o deputado estadual Roberto Carlos (PT) no Governo Federal continua grande, principalmente após ter perdido a vaga na diretoria do Sebrae-ES. Rumores apontam agora para uma possível indicação para a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa).

Presidência
A eleição para presidente da Assembleia Legislativa foi um dos assuntos tratados na sala do cafezinho nesta segunda-feira. O chamado “blocão” de oposição à reeleição do presidente Theodorico Ferraço (DEM) vem ganhando força. Nesta segunda-feira, por exemplo, a deputada eleita Eliana Dadalto (PTC) engrossou o discurso no grupo que pretende lançar chapa contrária à atual.

Obras
Operários começaram, finalmente, as obras da calçada da Assembleia Legislativa. O valor total para deixá-la nos padrões da “Calçada Cidadã” será de R$ 530 mil. A reforma atinge também a fachada, escadaria e reparos para evitar vazamentos que causam grande reclamação de servidores.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
18 jan 2015

Rose se articula para lançar candidatura ao Goveno em 2018

Publicado às 18:00 | Postado por Daniela Künsch

roseNas últimas eleições, a deputada federal Rose de Freitas (PMDB) bateu o pé, lutou internamente e conseguiu viabilizar sua candidatura ao Senado. Conseguiu se eleger com o discurso de ser a única candidata municipalista. De fato, ela realmente tem uma base forte no interior do Estado graças às emendas que consegue destinar às cidades de fora da Grande Vitória.

A relação conturbada que tinha com o governador Paulo Hartung (PMDB) e também com o presidente do seu partido, Lelo Coimbra, foi, aparentemente, contornada. Os dois, inclusive, protagonizaram durante a campanha uma cena quase impossível de se ver em tempos anteriores: Lelo e Hartung pedindo votos para ela se eleger no Senado, embora o governador dividisse seus pedidos para o candidato derrotado João Coser (PT).

Superados os conflitos internos, Rose agora vive batendo de porta em porta ao lado de Lelo e Hartung nos ministérios da presidente Dilma Rousseff (PT) tentando conseguir recursos para demandas antigas dos capixabas. Foram mais de 10 reuniões durante peregrinação na semana passada. E olha que ela nem assumiu o mandato no Senado ainda.

Para Hartung, claro, é muito mais vantajoso ter os três senadores rezando em sua cartilha. Mas Rose, assim como o próprio governador, não dá ponto sem nó. Nos bastidores, no entanto, já existem rumores sobre suas reais intenções.

A senadora eleita, segundo conversas que circulam em Brasília, está costurando seus planos para o futuro. A ideia seria fortalecer seu nome no Senado para que daqui a quatro anos possa disputar uma eventual candidatura ao Governo do Estado. Hartung já disse que não disputa a reeleição, apesar de poucas pessoas acreditarem nisso. Caso suas intenções se confirmem, Rose sabe que não vai ser fácil, até porque na linha sucessória do Palácio Anchieta o nome mais cogitado seria o do colega Ricardo Ferraço (PMDB), mesmo com ele sendo assediado pelo no PL, que está prestes a ser criado com a fusão com o PSD.

Mas disposição para brigar ela tem de sobra, é só lembrar das últimas eleições. Apoio do partido no interior para concorrer à vaga certamente não vai lhe faltar. No entanto, a queda de braço com Hartung ditando as regras no Governo será muito mais acirrada. Nesse cenário, a aproximação dela com Lelo e Hartung pode ir por água abaixo a voltar tudo como era antes: cada um por si…

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:
17 jan 2015

Servidores do Estado querem auxílio-alimentação de R$ 705

Publicado às 18:00 | Postado por Daniela Künsch

governo_palacio_anchieta__dab0830e90Com o corte orçamentário na casa de R$ 1 bilhão, o pagamento do auxílio-alimentação dos servidores públicos do Espírito Santo, reivindicação antiga do funcionalismo, está ameaçado. No ano passado, o então procurador-geral do Estado, Rodrigo Júdice, hoje secretário de Meio Ambiente, disse que o pagamento não poderia ser feito na administração anterior pelo fato do ex-governador Renato Casagrande (PSB) correr o risco de não cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. No entanto, declarou que a verba poderia ser liberada este ano, desde que houvesse aprovação da Assembleia na peça orçamentária. Alguns já ganham a ajuda que chega a R$ 170, mas há 18 anos não há reajuste. Eles querem receber R$ 705 já considerando as perdas inflacionárias.

Na Justiça
A briga do Sindicato dos Servidores Públicos, no entanto, já foi parar na Justiça. A direção da entidade diz que, mesmo sem previsão orçamentária, o Estado é obrigado a pagar o benefício imediatamente, conforme despacho da PGE em 2014. Apesar de reconhecer que há uma morosidade para julgar a ação, a categoria acredita que se não for por vontade administrativa, o pagamento será feito por meio de decisão judicial.

Negociação
O auxílio-alimentação foi suspenso em 2006 no governo Hartung após uma mudança no pagamento dos subsídios dos servidores. Mas eles não abrem mão da verba. Para isso, a liderança do sindicato já agendou uma reunião com a secretária de Governo, Ângela Silvares, para tentar uma solução para o impasse. Só que até agora nenhuma data foi definida.

Orçamento cortado
Um dos responsáveis pela elaboração da peça orçamentária reprovada pelo atual Governo e que sofreu corte de R$ 1 bilhão foi nomeado como subsecretário de Orçamento. Márcio Medeiros foi levado pela secretaria de Planejamento (SEP) da administração anterior pelo então secretário Guilherme Pereira.

Contradição
O que chama atenção nesse caso é que Medeiros participou ativamente da elaboração do orçamento anterior, o mesmo que foi criticado amplamente pelo governador Paulo Hartung (PMDB). E agora ele, que foi considerado como braço direito na SEP, é escolhido para compor o atual Governo justamente na área onde, na visão da atual gestão, foram encontradas diversas falhas? Alguém explica…?

Demissão, pode!
Com a troca de Governo, as exonerações de antigos servidores estão liberadas. Os novos secretários têm liberdade para dizer quem fica ou não nos cargos. Mas quando o assunto é contratação a situação fica mais difícil. Todos os nomes precisam passar pelo aval do chefe de gabinete Neivaldo Bragato e da secretária de Recursos Humanos, Sandra Bellon. São eles que decidem que entra ou não no Palácio Anchieta.

Leia mais sobre o cenário político:

300x200px Blog De Olho no Poder 300x200px Blog Esplanada

Compartilhe com seus amigos: Permalink:

4Ps Agência Digital agência digital 2007 - FOLHA VITÓRIA - Todos os direitos reservados - Anuncie - Expediente - Cadastro - Fale Conosco - Política de Privacidade - RSS