Último recurso de Pedroni para assumir prefeitura de Fundão começa a tramitar no TSE

Depois de ter o recurso de embargo de declaração negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), a defesa de Anderson Pedroni (PSD), que tenta reverter o indeferimento do registro para que ele seja diplomado prefeito de Fundão, apresentou recurso especial ao órgão colegiado na noite da última quinta-feira (24), que começará a tramitar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao fazer o balanço do primeiro turno das eleições, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, prometeu dar prioridade aos casos de indeferimento de registro que possam alterar o resultado das eleições e acarretar na realização de novos pleitos. Por isso, a defesa tem a expectativa de que o julgamento ocorra antes do dia 16 de dezembro, data de diplomação. “Estou com a esperança de que a gente vai sair vitorioso lá [TSE]. A gente acredita na Justiça, que vai dar resultado positivo e que a vontade do povo será favorecida. A gente teve 80% dos votos da cidade. O povo tem orado, acreditado nisso. Mas não vou desistir mesmo. Sei que é difícil lá em cima [TSE], mas vemos vários prefeitos serem liberados. Vou até o fim”, declarou Pedroni à coluna.

Relembre

Primeiramente, Pedroni teve a candidatura impugnada no início de setembro, por um juiz eleitoral de 1º grau que se baseou na rejeição das contas dele como prefeito, pelo Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE-ES), e na subsequente cassação do mandato, pela Câmara Municipal. Apesar de ter recorrido da decisão, concorreu às eleições de 2 de outubro com o registro indeferido. Um dia depois do pleito, o TRE-ES manteve o indeferimento do registro do candidato do PSD, que recebeu a confiança de 8.564 eleitores na cidade, sendo o mais votado. A esperança agora consiste numa decisão do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES) que, em 4 de outubro, anulou a cassação do mandato de Pedroni – que havia servido de base para a decisão do TRE-ES.

Almoço de prata

Os deputados Sergio Vidigal (PDT), Amaro Neto (SD) e Marcelo Santos (PMDB) almoçaram juntos na Enseada do Suá, em Vitória, nesta sexta-feira (25). Apesar de terem perdido as últimas eleições municipais, eles prometem trabalhar para que os compromissos assumidos por Audifax Barcelos (REDE), Luciano Rezende (PPS) e Juninho (PPS) sejam cumpridos.

Marinha

O deputado federal Lelo Coimbra (PMDB) irá promover, na próxima segunda-feira (28) uma palestra sobre terrenos de marinha e seus possíveis impactos para Vila Velha. O evento acontecerá a partir das 17h na Câmara Municipal.

Agradecimento

A vice-prefeita da Serra, Lourência Riani (PT), promoveu um evento na noite desta sexta-feira para agradecer e comemorar pelos quatro anos de mandato. Givaldo Vieira (PT) e João Coser (PT) estavam presentes. Com a reeleição de Audifax, a nova vice-prefeita da Serra é Márcia Lamas (PSB) – mãe do deputado estadual Bruno Lamas (PSB).

Fidel

A morte de Fidel Castro dividiu a opinião do mundo. Uns lamentaram, outros até comemoraram. Perly Cipriano (PT), que concorreu à Prefeitura de Vitória nas últimas eleições, declarou que Fidel sempre fez parte de sua vida e que a Revolução Cubana inspirou a juventude a acolher e proteger os perseguidos políticos das ditaduras militares nas Américas. Outros consideram Fidel um ditador sanguinário.

(2164Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *