PDT na bronca

PDT na bronca

Não foi do PDT a decisão de não ocupar a vaga de secretário de Esportes no governo Casagrande. Todas as tratativas se deram entre o deputado Marcelo Santos e o chefe da Casa Civil, Davi Diniz. O PDT está cuspindo marimbondos com a decisão tomada à revelia da executiva estadual. “Desprestigia o PDT”, afirmou um alto dirigente da sigla. “Esperava maturidade de Casagrande para não prejulgar nada antes da Justiça”, alfinetou.

O motivo do recuo

Marcelo Santos recuou do convite porque, se assumisse o cargo na Sesport, a vaga dele na Assembleia ficaria com Luiz Durão – hoje preso sob suspeita de estupro de uma adolescente de 17 anos. A prisão preventiva foi mantida nesta quinta pelo desembargador Ewerton Schwab Filho.

Afinando os bigodes

Com o presidente do PDT no ES, Sergio Vidigal, em viagem de férias, a executiva do partido só se reunirá para discutir o caso na semana que vem. E depois vai buscar o governador Renato Casagrande para “afinar os bigodes”.  

(162Publicações)

Alex Pandini é jornalista, tem 48 anos e mais de 25 de experiência em comunicação, com destaque para assessoria e consultoria política e telejornalismo. Atualmente, responde pelo quadro De Olho no Poder, no Jornal da TV Vitória/RecordTV, e desde julho assina a coluna Bastidores do Jornal Online Folha Vitória.

Comentários (1)

  1. Álvaro Roberto Vieira de Assis

    É impressionante que os ares de mudança não sopram no espírito santo. Será que essa velha política ainda não entregue queremos mudanças? Deputado Marcelo Santos agiu dignamente. Era o que se espera de todos, inclusive dos políticos.

    Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *